• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-16042020-133922
Documento
Autor
Nombre completo
Ana Luiza Lima Sousa
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 1999
Director
Tribunal
César, Chester Luiz Galvão (Presidente)
Jardim, Paulo César Brandão Veiga
Latorre, Maria do Rosário Dias de Oliveira
Pierin, Angela Maria Geraldo
Westphal, Márcia Faria
Título en portugués
Prevalência da hipertensão arterial referida, percepção de sua origem e formas de controle em área da metropolitana de São Paulo-SP (1989-1990)
Palabras clave en portugués
Hipertensão Arterial
Modelos Etiológicos
Resumen en portugués
Objetivo. Estudar a prevalência da hipertensão arterial, a percepção de sua origem pela população segundo os modelos etiológicos, as formas de controle e a correlação entre os modelos e formas de controle. Material e Métodos. Utilizou-se banco de dados primário gerado por inquérito domiciliar de saúde (1989-1990), com 10199 entrevistas. Foi analisada a prevalência da morbidade referida, os modelos etiológicos, uso dos serviços e de medicação, e a correlação entre o modelo de percepção e estas formas de controle. Na análise estatística foi utilizado o teste qui-quadrado, regressão logística e freqüências absolutas e relativas. Resultados. A população de hipertensos maiores de 20 anos foi constituída de 1681 indivíduos. A prevalência da hipertensão foi de 18,0%. Foi maior no sexo feminino e indivíduos com menor escolaridade. Prevaleceu o modelo de percepção endógeno. As mulheres apresentaram mais este modelo (p< 0,00001). A maioria não usava os serviços de saúde (63,8%) e 44,0% não usavam medicação. As mulheres procuraram mais pela assistência (p = 0,00002) e apresentavam mais uso de medicamentos (p = 0,00006). O modelo de percepção esteve associado com o uso de serviços, mas não ao de medicamentos. Conclusões. A prevalência referida reflete a taxa de detecção de casos e subestima o valor real. O modelo de percepção endógeno prevaleceu na população e isto deve ser usado para o planejamento e para estratégias de abordagem terapêutica.
Título en inglés
Prevalence rates of referred hypertension, the perception of its origin and its control forms in the Metropolitan Area/São Paulo, 1989-1990, SP, Brazil
Palabras clave en inglés
Arterial Hypertension
Etiological Models
Resumen en inglés
Objective. The objective was to study the prevalence rates of referred Hypertension, the perception of its origin by the population according to etiological models, the forms of control and the correlation between the models and the forms of control. Material and methods. A primary database was generated from a household health survey (1989- 1990) when 10199 families were interviewed. This data base was used to analyse referred morbidity prevalence, the etiological models, service and medication uses and, the association between the perception model and these forms of control. Chi Square tests, logistic regression and absolute and relative frequency were the statistical methods used. Results. The hypertensive population over 20 years of age was composed of 1681 persons. The prevalence of hypertension was 18%. It was greater within the female group and people with less formal education. The endogenous perception model predominated. Woman presented this model more then man (p = 0,00002) and used more drugs (p = 0,00006). The perception model was associated to the use of services, but not to the use of drugs. Conclusions. The referred prevalence reflects the rate of case detection but underestimates its actual value. The endogenous perception model prevailed in the population and this ought to be used in planning and for strategic therapeutic approach.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
DR_407_Sousa_1999.pdf (19.40 Mbytes)
Fecha de Publicación
2020-04-16
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.