• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-19022020-102827
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Luiz Lorenzi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Wunsch Filho, Victor (Presidente)
Colacioppo, Sergio
Mendes, Rene
Santana, Vilma Sousa
Souza, Jose Maria Pacheco de
Título em português
Riscos ocupacionais para câncer de cabeça e pescoço: estudo caso-controle em sete cidades latino-americanas
Palavras-chave em português
Câncer Ocupacional
Estudos de Casos e Controles
Neoplasias de Cabeça e Pescoço
Resumo em português
Objetivos. Conhecer a associação entre fatores de risco ocupacionais e câncer da cabeça e pescoço (CC&P) em contexto latino-americano. Material e Métodos. Estudo caso-controle multicêntrico de base hospitalar conduzido em sete cidades latino-americanas: Buenos Aires, Havana, Goiânia, Pelotas, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. A amostra compreende 2051 casos de carcinoma espinocelular de boca, faringe e laringe, confirmados por histologia, e 1813 controles, pareados por idade em intervalos qüinqüenais e por sexo em relação aos casos. Aplicaram-se questionários ocupacionais aos participantes mediante entrevista pessoal. Higienistas ocupacionais codificaram ramos de atividade econômica e ocupações dos participantes usando classificações padronizadas. Tabagismo, consumo de álcool, escolaridade e centro de pesquisa foram tratadas como variáveis de confusão. Por meio da análise de regressão logística não-condicional examinou-se a condição de ter sido "alguma vez empregado" versus "nunca empregado" e tempo de exercício na atividade (em classes de 10 anos). Estimou-se as odds ratio (OR) e respectivos intervalos com 95% de confiança (IC95%) de títulos de atividade econômica e ocupação, ajustadas para idade, centro de pesquisa, consumo cumulativo de tabaco e álcool e escolaridade. Resultados. No sexo masculino, na análise global de CC&P, observou-se risco na ocupação de viajantes de comércio e representantes comerciais (OR 1,99; IC 95% 1,03-3,84), com efeito dose-resposta para tempo de exercício (p-trend=0,037) e proteção nas ocupações de zeladores/faxineiros (OR 0,70; IC 95% 0,50-0,98), de trabalhadores agropecuários (OR 0,82; IC 95% 0,68-0,99); e nas atividades de fabricação de veículos (OR 0,42; IC 95% 0,21-0,43; p-trend=0,025) e comércio a varejo em estabelecimentos (OR 0,73; IC 95% 0,54-0,98). Para localizações orais, observou-se risco na fabricação de produtos cerâmicos (OR 5,07; IC 95% 1 ,02-25,32), na ocupação de trabalhadores de serventia (OR 2,90; IC 95% 1,14-7,40) e na ocupação de gráficos (OR 2,52; IC 95% 1,13-5,62). A fabricação de veículos/acessórios mostrou proteção (OR 0,34; IC 95% 0,13-0,91). Para laringe, observou-se risco na atividade de ferrovias (OR 2,47; IC 95% 1,10-5,58) e, na Argentina, na ocupação de trabalhadores de manipulação de mercadorias e materiais (OR 4,53; IC 95% 1,48-13,81). No sexo feminino, na análise global de CC&P, observou-se risco na ocupação de fiandeiros & assemelhados (OR 4,71; IC 95% 1,67-13,26). Para localizações orais, observou-se risco na fabricação de produtos alimentares (OR 4,94; IC 95% 1,39-17,56). Para laringe, observou-se risco entre cozinheiros na classe de 10 a 20 anos de exercício (OR 6,97; IC 95% 1,20-40,43) e entre fiandeiros & assemelhados, na classe <10 anos de exercício (OR 10,79; IC 95% 1,63-71,21). Conclusões. Diversos ramos de atividade e ocupação mostraram associação com CC&P, sugerindo possível efeito decorrente de exposição a cancerígenos presentes em ambiente de trabalho. Todavia, análises suplementares são requeridas para inferências mais precisas com relação a processos produtivos particulares.
Título em inglês
Occupational risks of head & neck cancer: a case-contol study in seven Latin American cities
Palavras-chave em inglês
Case-Control Studies
Head and Neck Neoplasms
Occupational Cancer
Resumo em inglês
Objectives. This study investigates the association between occupational risk factors and head and neck cancer (HNC). Methods. Multicenter study carried on seven Latin American cities: Buenos Aires, Havana, Goiânia, Pelotas, Porto Alegre, Rio de Janeiro and São Paulo. The sample comprised 2051 cases of histologically confirmed cases of oral, pharyngeal and laryngeal squamous carcinoma and 1813 contrais, matched to cases by age in 5-year interval and by sex. Occupational questionnaires were applied to the participants within personal interview. Occupational hygienists codified economic branches of activity and occupation by means of standardized classifications. Tobacco use, alcohol, school level and center of study were treated as confounding. Odds ratios (OR) and respective 95% confidence intervals (95% CI) were estimated for occupation and industry job titles for ever/never being employed and for duration of employment (in 10 year-class) by unconditionallogistic regression, adjusting for age, center of study, cumulative tobacco and alcohol use and school level. Results. In males, increased risk in global HNC were found among Commercial travelers and Manufacturers' agents (OR 1 ,99; 95% CI 1,03-3,84), with dose-response effect for employment duration (p-trend=0,037) and protection was found among Building Caretakers, Charworkers, Cleaners and Related Workers (OR 0,70; 95% CI 0,50-0,98), Agricultural & Animal husbandry Workers, (OR 0,82; 95%CI 0,68-0,99). Conceming industry, protection was found in Manufacture of motor vehicles (OR 0,42; 95% CI 0,21-0,43) with dose-response effect (p-trend=0,025) and Retail sale in nonspecialized stores (OR 0,73; 95% CI 0,54-0,98). For oral sites, increased risk was found in Manufacture of ceramic goods (OR 5,07; 95% CI 1 ,02-25,32) and among Maids & Related Workers (OR 2,90; 95% CI 1,14-7,40) and Printers (OR 2,52; 95%CI 1,13-5,62). Manufacture of motor vehicles showed protection (OR 0,34; 95% CI O, 13-0,91). For larynx, risk was observed in Rail transport (OR 2,47; 95% CI 1,10-5,58) and in Argentine for Material-Handling & Related Equipment Operators (OR 4,53; 95% CI 1,48-13,81). In females, increased risk in global HNC were found among Spinners, Weavers, Knitters, Dyers & Related Workers (OR 4,71; 95% CI 1,67-13,26). For oral sites, risk was observed in Manufacture of food products (OR 4,94; 95% CI 1,39-17,56). For larynx, risk was observed among Cookers in 10-20 years of employment class (OR 6,97; 95% CI 1,20- 40,43) and among Spinners, Weavers, Knitters, Dyers & Related Workers in the < 10 years of employment class (OR 1 0,79; IC 95% 1,63-71,21). Conclusions. Several branches of activities and occupations were associated to HNC, suggesting a possible effect of carcinogen exposures at workplace. Nevertheless, further analyses are required for more accurate inferences conceming specific work processes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-02-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.