• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2014.tde-26022014-100718
Documento
Autor
Nome completo
Marco Jacometto Marchi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Natal, Delsio (Presidente)
Menezes, Regiane Maria Tironi de
Paula, Marcia Bicudo de
Título em português
Padronização de técnica para produção em massa de 'Culex quinquefasciatus' (Diptera: Culicidae)
Palavras-chave em português
Culex quinquefasciatus
Mosquitos
Produção em Massa
Resumo em português
Objetivo - Estabelecer um método para produção em massa do mosquito Culex (Culex) quinquefasciatus em laboratório, com o intuito de fornecer subsídio ao controle populacional desta espécie por meio da liberação de machos estéreis. Métodos Foi fundada uma colônia de Cx. quinquefasciatus a partir de imaturos coletados em janeiro de 2013 no rio Pinheiros, São Paulo/SP, Brasil. Os mosquitos adultos tiveram seus pesos secos mensurados e o desenvolvimento avaliado como o tempo para atingirem o estágio de pupa e a fase adulta. No primeiro experimento foram testadas quatro dietas diferentes (ração de peixe, ração canina, mistura de 50 por cento de ração de peixe e 50 por cento de ração canina ou uma mistura de 33,33 por cento de ração de peixe, 33,33 por cento de ração canina e 33,33 por cento de leite em pó) e três temperaturas (27 ± 2°C, 23 ± 2°C e 20 ± 2°C). No segundo experimento testaram-se diferentes quantidades de ração de peixe, densidades larvárias, volume e altura da coluna dágua Resultados - No primeiro experimento não houve diferença estatística significante entre as quatro dietas testadas e o tempo de formação até a fase de pupas e para o peso seco dos adultos. No entanto a ração de peixe proporcionou a menor mortalidade. A maior temperatura (27 ± 2°C) diminuiu o tempo do ciclo de vida dos imaturos, porém gerou adultos com pesos secos menores. No segundo experimento, a condição 0,5 mg/larva, 5 ml/larva em 2,1 cm de coluna dágua e a 27 ± 2°C ofereceu boa produção em massa e gerou maiores taxas de desenvolvimento, menor mortalidade de imaturos e maior peso seco em adultos. Conclusão - Não foi definida uma dieta ideal para uso na produção em massa, considerando os parâmetros analisados. A dieta menos custosa é a ração canina, porém deve ser moída manualmente ou em máquina, tornando a ração de peixe mais eficiente para ser diretamente aplicada nas bandejas de produção. O estudo sugere que a melhor condição para a produção massa do Cx. quinquefasciatus foi 0,5 mg de ração de peixe/dia por larva num volume de 5 ml/larva em 2,1 cm de coluna dágua e a 27 ± 2°C. O estudo sugere que esta técnica pode auxiliar no controle populacional dessa espécie
Título em inglês
Standardization of technique for mass production of Culex quinquefasciatus (Diptera: Culicidae)
Palavras-chave em inglês
Culex quinquefasciatus
Mass Rearing
Mosquitoes
Resumo em inglês
Objective To establish a method for mass rearing of Culex (Culex) quinquefasciatus mosquitoes in laboratory, in order to provide subsidy to the population control of this species through the release of sterile males. Methods - A colony of Cx. quinquefasciatus was founded from immature collected in January 2013 in the Pinheiros River, São Paulo/SP, Brazil. Adult mosquitoes had their dry weights measured and the development was evaluated as the time to reach pupae and adult phase. In the first experiment it was tested four different diets (fish food, dog food, a mix of 50 percent fish and 50 percent dog food or a mix of 33.33 percent fish 33.33 percent dog food and 33.33 percent milk powder) and three temperatures (27 ± 2°C, 23 ± 2°C and 20 ± 2°C). In the second experiment it was tested several conditions of food amounts (mg/day), larvae densities (ml of water/larva) and water column height that would generate high development rate, low immature mortality and high adult dry weight. Results - In the first experiment there was no statistically significant difference in the time for the development to pupae stage or in the total dry weight of adults among the four experimental diets. However, fish food provided less immature mortality. The highest temperature (27 ± 2°C) decreased the time of the immature life cycle, but generated adults with lower dry weights. In the second experiment, the condition 0.5 mg/larva, 5 ml/larva in 2.1 cm of water column and 27 ± 2°C offered good mass rearing and generated higher development rate, lower immature mortality and higher adult dry weights. Conclusion No ideal diet was defined for mass rearing in the parameters analyzed. The less expensive diet was the dog food, but this should be milled by hand or machine, which makes the fish food more practical in the production trays. This study suggested that the best condition for mass rearing of Cx. quinquefasciatus mosquitoes was 0.5 mg of daily fish food/larva, 5 ml/larva in 2.1 cm of water column and 27 ± 2°C. The study suggests that this technique can assist in population control of this species
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MarcoJacometto.pdf (1.79 Mbytes)
Data de Publicação
2014-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.