• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2011.tde-26032012-095044
Documento
Autor
Nome completo
Henrique Salmazo da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Yeda Aparecida de Oliveira (Presidente)
Bottino, Cassio Machado de Campos
Cerqueira, Ana Teresa de Abreu Ramos
Título em português
Fatores associados ao melhor desempenho cognitivo global em idosos do município de São Paulo, Estudo SABE
Palavras-chave em português
Cognição
Idoso
Saúde
Resumo em português
Introdução: A manutenção das habilidades cognitivas e funcionais constitui um dos fatores associados à qualidade de vida no envelhecimento. A literatura ainda dispõe de poucos dados a respeito dos fatores associados ao melhor desempenho cognitivo global em idades avançadas. Objetivo: Identificar os fatores associados ao melhor desempenho cognitivo global em idosos sem prejuízo cognitivo do município de São Paulo. Método: Para tanto, foram analisados os dados do Estudo SABE - Saúde e Bem- Estar no Envelhecimento, um estudo multicêntrico, longitudinal e realizado em uma amostra representativa dos idosos residentes no município de São Paulo/SP do ano de 2006. Investigaram-se os idosos sem declínio cognitivo pertencentes a quatro faixas de escolaridade: sem escolaridade, com 1-3 e 4-7 anos e 8 anos de estudo e mais. Entre as três primeiras faixas de escolaridade foram considerados com desempenho cognitivo normal os idosos com pontuação do MEEM classificada no primeiro e segundo terciis e com melhor desempenho aqueles com pontuação dentro do terceiro tercil. Com relação aos idosos com 8 ou mais anos de escolaridade, foram considerados com desempenho normal aqueles com pontuação de 28 e 29 e com melhor desempenho aqueles com pontuação máxima (30 pontos) no MEEM. As variáveis investigadas foram idade; sexo; condição de moradia; estado marital; autopercepção de renda; condições sócio- econômicas e de saúde nos primeiros 15 anos de vida; funcionalidade familiar; sintomas depressivos; doenças crônicas auto-referidas; dificuldades em pelo menos uma ou mais Atividade Básica e Instrumental de Vida Diária (ABVD e AIVD); freqüência de participação em atividades ocupacionais, físicas e relacionadas ao contato social ativo; e freqüência de contatos sociais (familiares e amigos). O grupo de referência para o modelo de regressão logística múltipla foi composto pelos idosos com desempenho normal. Para as análises foi usado um nível de significância de 5 por cento . Resultados: Os idosos com melhor desempenho no MEEM eram mais jovens e a sua maioria referiu morar com alguém no domicílio e possuir um companheiro (a). Aproximadamente metade desse grupo referiu que os rendimentos eram suficientes para cobrir as necessidades diárias. Esses idosos apresentaram menor prevalência de dificuldades nas ABVD e AIVD e elevado nível de participação nas atividades investigadas. No modelo de regressão logística final os idosos com maiores chances de apresentar melhor desempenho referiram ausência de dificuldades nas AIVD, consumo álcool (sem abuso), auto-percepção de que os rendimentos são suficientes para cobrir as necessidades diárias, contato social ativo com familiares e amigos e idade mais jovem
Título em inglês
Factors associated with better global cognitive performance in older adults residents in São Paulo, SABE Study
Palavras-chave em inglês
Aged
Cognition
Health
Resumo em inglês
Background: The maintenance of functional and cognitive abilities is one of the factors associated to quality of life during aging. The literature has little data about the factors associated with better cognitive performance in older adults. Objective: To identify factors associated with better global cognitive performance in older adults residents in São Paulo. Method: For this, data from the SABE Study - Health and Wellness in Aging was analyzed, a multicenter and longitudinal research conducted in a representative sample of older adults living in São Paulo/SP in 2006. Older adults without cognitive decline according to four levels of schooling, no schooling, 1 to 3 years, 4 to 7 and 8 years and more were investigated. Among the first three levels of schooling the group of normal cognitive performance were composed to older adults with MMSE scores ranked in the first and second tertiles. The group with better cognitive performance scored in the third tertile. Regard to the older adults with 8 or more years of schooling were considered normal performance score 28 and 29 points and better cognitive performance 30 points on MMSE. The variables examined were age, sex, housing condition, marital status, income perception, socioeconomic health in the first 15 years of life, family functioning, depressive symptoms, self-reported chronic disease; difficulties in at least one or more Activities of Daily Living (ADL) and Instrumental Activities of Daily Living (IADL), frequency of participation in group activities, occupational, physical and related to active social contact, and frequency of social contacts (family and friends). Data were analyzed by multiple logistic regression models. The reference group for the models consisted of the elderly with normal cognitive performance. The significance level of analysis was 5 per cent (p 0.05). Results: Individuals with better MMSE scores were concentrated in the age group 60 to 74 years and it´s majority reported living with someone at home and have a partner (a). Approximately half of this group was composed of older women and older who reported that revenues were insufficient to meet their daily needs. These older adults had a lower prevalence of difficulties in ADL and IADL and high level of participation in the activities investigated. In the final logistic regression model with the older adults more likely to outperform the absence of reported difficulty in IADL, no excess alcohol consumption (without abuse), self-perception that earnings are sufficient to meet daily needs, active social contact with family and friends and the younger age group
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
HenriqueSalmazo.pdf (688.63 Kbytes)
Data de Publicação
2012-04-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.