• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2016.tde-27102016-123305
Documento
Autor
Nome completo
Arnaldo Augusto Franco de Siqueira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1974
Orientador
Banca examinadora
Laurenti, Ruy (Presidente)
Qualifik, Paul
Souza, Jose Maria Pacheco de
Título em português
Mortalidade neo-natal e prematuridade
Palavras-chave em português
Mortalidade Neonatal
Prematuridade
Resumo em português
A cidade de São Paulo vem apresentando, ao mesmo tempo, um acelerado desenvolvimento econômico e uma nítida deterioração do nível de saúde, medido pela mortalidade infantil, que está aumentando desde 1961, quando atingiu seu menor valor, e pela mortalidade neo-natal, que vinha mantendo-se se em níveis altos até o início da década de 1960, depois do que também está aumentando. A Investigação Interamericana de Mortalidade na Infância, realizada no período de junho de 1968 a maio de 1970, reuniu informações tão completas quanto possível, a partir de entrevistas, consultas aos arquivos hospitalares e autópsias, sobre os óbitos de menores de 5 anos residentes em São Paulo. Este trabalho teve por objetivos, a partir dos dados da Investigação, medir o valor real da mortalidade neonatal, bem como a mortalidade neo-natal por causas, fazer uma avaliação inicial sobre a influência de alguns fatores socio-econômicos na mortalidade neo-natal, estudar a importância da prematuridade como causa associada de morte e avaliar a qualidade da atenção à gestante e ao recém-nascido. O material utilizado para estudo constou dos óbitos de menores de 28 dias retirados da amostra de óbitos de menores de 5 anos selecionada pela Investigação. Os resultados mostraram um coeficiente de mortalidade neo-natal muito elevado, devido, principalmente, a uma excessiva mortalidade por causas perinatais e por doenças infecciosas. Em virtude da magnitude da mortalidade por infecção, a maior dentre todas as demais áreas da América onde se desenvolveu a Investigação, foram feitas considerações a respeito do problema. A prematuridade esteve presente na maioria dos óbitos neo-natais, como causa associada. Foi estimada a incidência da prematuridade, a partir do que considerou-se que a mortalidade neo-natal tão alta em São Paulo deve-se, principalmente, ao grande número de recém-nascidos de baixo peso. Como a desnutrição materna vem sendo encarada como a principal responsável pelo baixo peso ao nascer, deve-se enfatizar os aspectos da Nutrição em Saúde Materna nos programas de atenção à gestante, que necessitam ser dinamizados.
Título em inglês
Não disponível.
Palavras-chave em inglês
Não disponível.
Resumo em inglês
Infant mortality in São Paulo city decreased until the year of 1961. However, there has been an increase ever since. Neonatal mortality rates, which were already high, have also increased. The Interamerican Investigation of Mortality in Childhood, developed from 1968 to 1970, collected a considerable amount of information on deaths of under five children, resident in São Paulo. This paper, based on the data of the investigation, has the folowing onjectives: to calculate the real neonatal mortality rate in São Paulo and determine its causes; to evaluate the influence of some socio-economic factors in mortality; to analyse the importance of immaturity as an associated cause of death and the quality of prenatal and neonatal care. The material utilized in this paper is based on the information on the causes of deaths of children under 28 days, given by the investigation. The authors found a very high neonatal mortality rate, due to infectious diseases and perinatal causes. Because of the great effect of infectious diseases on these deaths, the problem has been analysed. Immaturity has been associated to 59,70 percent of neonatal deaths and its incidence is estimated to be high. The author believes that the high neonatal mortality rate observed in São Paulo derives from the great proportion of low birth weight babies. As maternal undernutrition has been thought to be responsible for low birth weight, nutition aspects must be emphasized in prenatal care programs.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.