• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2008.tde-11092008-092201
Documento
Autor
Nome completo
Emanuel Péricles Salvador
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Florindo, Alex Antonio (Presidente)
Monteiro, Carlos Augusto
Reis, Rodrigo Siqueira
Título em português
Atividade física e sua associação com o ambiente em idosos residentes no distrito de Ermelino Matarazzo da zona leste do município de São Paulo
Palavras-chave em português
Ambiente
Atividades Físicas
Idosos
Resumo em português
RESUMO Introdução: Estudos internacionais mostram que o ambiente está associado com a prática de atividades físicas em adultos e idosos. Todavia, não existem estudos que tenham avaliado essa associação na população idosa do Brasil. Objetivo: Estudar a associação entre as atividades físicas praticadas no lazer e como forma de locomoção com variáveis ambientais em idosos residentes no distrito de Ermelino Matarazzo da Zona Leste do município de São Paulo. Metodologia: 380 idosos (60 anos e mais) participaram do estudo transversal de base domiciliar. Para a avaliação das atividades físicas no lazer e como forma de locomoção foi utilizado o questionário IPAQ (Questionário internacional de atividades físicas) versão longa e para a avaliação das atividades físicas domésticas e no trabalho foi utilizado o questionário do VIGITEL (Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico), além de outras questões inclusas especificamente para o estudo. A avaliação do ambiente foi realizada através de uma escala de percepção adaptada da escala NEWS (Neighborhood Environmental Walkability Scale). Para a análise estatística, seis modelos de análise de regressão logística múltipla foram criados para verificar a associação dos diferentes domínios de atividades físicas (variáveis dependentes: atividades físicas no lazer; atividades físicas de locomoção; caminhada no lazer ou na locomoção) com as variáveis de percepção do ambiente (variáveis independentes), controladas por sexo, idade, estado civil, tabagismo, escolaridade, trabalho e presença de dores. Três modelos adotaram como variável dependente o critério de 150 minutos de atividade física semanal, enquanto os outros três modelos adotaram como variável dependente a realização de pelo menos dez minutos de atividade física semanal. Resultados: A proporção de idosos fisicamente ativos foi de 35,4%, 14,7% e 43,2% para atividade física de locomoção, atividade física de lazer e caminhada no lazer ou como forma de locomoção, respectivamente. A presença de parques, o recebimento de convite de parentes para praticar atividades físicas e o trânsito não sendo considerado como uma barreira para praticar atividades físicas foram associadas com a prática de 150 minutos por semana de atividades físicas de locomoção. A presença de igrejas ou templos religiosos nas proximidades das casas, a presença de farmácias a até 10 minutos de caminhada das casas e a presença de boa iluminação pública nas ruas foram associadas com alguma prática (de 10 a 149 minutos por semana) de atividades físicas de locomoção. A presença de calçadas foi associada com alguma prática (de 10 a 149 minutos por semana) de atividades físicas no lazer. A presença de farmácias, presença de boa iluminação pública nas ruas e a presença de pontos de ônibus a até 10 minutos de caminhada das casas foram associadas com alguma prática (de 10 a 149 minutos por semana) de caminhada como forma de locomoção ou de lazer. Conclusão: Programas de promoção de atividades físicas para a população idosa devem considerar as variáveis relacionadas ao ambiente construído (presença de calçadas), ao ambiente natural (parques e áreas verdes), à segurança, trânsito de veículos, à iluminação pública e a pontos de comércio, de serviços e de convívio social e ao suporte social de parentes.
Título em inglês
Physical activity and it´s association with the environment in elder residents of Ermelino Matarazzo district, east side of São Paulo.
Palavras-chave em inglês
Elderly
Environment
Physical Activity
Resumo em inglês
ABSTRACT Introduction: International studies show that the environment is associated with the levels of physical activity in adults and elder people. However, there are no studies that have evaluated this association in the elder population of Brazil. Objective: To study the association between leisure and transportation physical activity and the environment variables in elder residents of Ermelino Matarazzo district in the east side of São Paulo city. Methods: 380 elderly (60 years and over) participated on the cross-sectional study of domiciliary base. The evaluation of the level of the leisure and the transportation physical activities were used the IPAQ (International physical activity questionnaire) long version and for evaluation of the household and work physical activities was used the VIGITEL questionnaire (Surveillance of risk factors for chronic diseases through telephone interviews), and other questions included specifically for this study. The evaluation of the perceived environment was made through a suitable perception scale adapted from the NEWS scale (Neighborhood Environmental Walkability Scale). For the statistical analyses, six models of analysis of multiple logistic regression were created to study the association of the different physical activity models (dependent variables: leisure physical activity; transportation physical activity; walk in the leisure or transportation) with the perception of the environment variable (independent variables), controlled by sex, age, marital status, smoking, education, work and the presence of pain. Results: The proportion of physically active elderly was of 35.4%, 14.7% and 43.2% for physical activity in transportation, physical activity in leisure and walking for leisure or for transportation, respectively. The presence of nearby parks, receiving invitation from relatives to practice physical activities and the traffic not being barrier for the practicing of physical activities was associated with the 150 minutes per week of the transportation physical activity. The presence of churches, a walk up to 10 minutes to the drugstore and the presence of good public illumination in the streets were associated with some practice (from 10 to 149 minutes per week) of the transportation physical activity. The presence of the sidewalks was associated with the some practice (from 10 to 149 minutes per week) of the leisure physical activity. The presence of the drugstore, the presence of good public illumination in the streets and a walk of up to 10 minutes to the bus stop were associated with some practice (from 10 to 149 minutes per week) of the walk in the transportation or leisure. Conclusion: Programs for physical activity promotion for the elderly population must consider the variables related to the constructed environment (presence of a sidewalk), the natural environment (green parks and green areas), the security, the traffic, the public illumination and the presence of services, points of social conviviality and social support of the family.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Emanuel.pdf (736.59 Kbytes)
Data de Publicação
2008-10-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.