• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-17032020-190733
Documento
Autor
Nome completo
Rosemeire Bertolini Lorimer
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Ishii, Midori (Presidente)
Ferlini, Vera Lucia Amaral
Martins, Ignez Salas
Samara, Eni de Mesquita
Spinola, Aracy Witt de Pinho
Título em português
O impacto dos primeiros séculos de história da América Portuguesa na formação da brasilidade alimentar
Palavras-chave em português
Alimentação Colonial
Hábitos Alimentares no Brasil
História da Alimentação no Brasil
Resumo em português
O hábito alimentar de um povo é um fenômeno complexo que se forma a partir da interação de fatores que são determinados pelas várias esferas da sociedade. O uso da História, entre outras áreas do saber, tem ajudado a compreender esse processo. Para descobrir como isso se deu no caso do Brasil, iniciou-se uma busca em um período anterior ao das grandes navegações, já que os portugueses, principais colonizadores do Brasil, já traziam consigo uma bagagem cultural que foi fundamental para estabelecer na colônia as bases da alimentação. Constatou-se que a necessidade de superar as primeiras dificuldades levaram os colonizadores a adotar hábitos indígenas, mas principalmente seu tipo de lavoura e seus alimentos; a substituição dos ingredientes europeus por similares da colônia foi um segundo passo importante; o terceiro elemento a se unir foi o escravo negro, que mais tarde agregaria seus conhecimentos à cozinha das grandes fazendas, resultando em um modo alimentar original, baseado na farinha de mandioca, no milho e seus derivados, no feijão e na carne seca. Apesar de tudo, a colônia manteve uma alimentação pobre em muitas regiões devido, entre outras coisas, ao rareamento e encarecimento de produtos vindos de Portugal, insuficiente atividade agrícola de subsistência e deficiência no transporte de alimentos para regiões mais distantes, além de um aumento vertiginoso da população, principalmente na região das minas. Por fim, observou-se que esse quadro alimentar, caracterizado pela penúria, improvisação e criatividade, resultou, entre outras coisas, num cenário endêmico de subnutrição, que ainda pode ser observado em muitas partes do Brasil de hoje, mas que, por outro lado, contribuiu para a formação das típicas e elogiadas cozinhas baiana e mineira, verdadeiras jóias na cultura do país.
Título em inglês
The impact of the first centuries of history of Portuguese domination of the America in Brazilian eating habits
Palavras-chave em inglês
Alimentary Habits in Brazil
Alimentary History In Brazil
Colonial Food
Resumo em inglês
Alimentary habits of peoples is a complex phenomenon formed by the interaction of factors determined by the various spheres of society. The use of History, among other knowledge based areas, has helped in understanding of this process. In order to discover when this occurred in the case of Brazil, a research was conducted in a period prior to the Great Navigations, as the Portuguese, main colonizers of Brazil, already had a rich cultural background that was fundamental in the establishment of alimentary foundations in the colony. lt was verified that the need to overcome initial difficulties led the colonizers to adopt indigenous habits, but mainly their farming techniques and their foods; the substitution of European ingredients for similar ones in the colony was a second important step; the third element was the Negro slave, who later added their knowledge to the cuisine of large farms, resulting in a unique eating habits, based on manioc flour, corn and its derivatives, beans and dry meat. Despite all this, the colony maintained a poor diet in many regions due to lack of products originating from Portugal and its increasing prices, insufficient agricultural subsistent activity and the poor transportation facilities for foods to move distant regions, as well as the drastic population increase, mainly in the region marked by mines. Finally, it was observed that this alimentary situation, characterized by misery, improvisation and creativity resulted, among other things, in a endemic scenario of subnutrition that can be seen nowadays in many parts of Brazil. On the other hand, it has contributed towards the formation of the typical and renowned cuisine of Bahia and Minas Gerais, true cultural gems of the country.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-03-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.