• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.6.2020.tde-07052020-134041
Documento
Autor
Nome completo
Aurea Marina Merces Barreto
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1975
Orientador
Banca examinadora
Nogueira, Diogo Pupo (Presidente)
Almeida, Waldemar Ferreira de
Roncada, Maria José
Título em português
Determinação de resíduos de inseticidas organoclorados em feijão e farinha de mandioca vendidos nos supermercados de Goiânia, Salvador e Belém
Palavras-chave em português
Contaminação de Alimentos
Inseticidas
Resumo em português
A escassez de dados sobre resíduos de pesticidas organoclorados em alimentos no Brasil, principalmente naqueles mais consumidos pela população, acrescido do alerta que se faz em todo o mundo sobre a persistência, acúmulo e possíveis danos sobre o homem, nos levou a determinar a quantidade de resíduos de pesticidas organoclorados em 110 amostras de feijão e 50 amostras de farinha de mandioca, coletadas em supermercados de Goiânia, Salvador e Belém. Após consultar diversos métodos para extração de resíduos, optamos pelo Método Rápido para Determinação de Resíduos de Inseticidas Clorados em Café. Testamos o método escolhido com amostras testemunhas de feijão e farinha de mandioca obtendo uma recuperação de 93% a 100%, considerada ótima. As análises por cromatografia em fase gasosa revelaram a existência de resíduos de p, p - DDT, o,p - DDDT e p,p - DDF em todas as amostras de feijão. Foram detectatos também resíduos de gama BHC (lindane) em 84% das amostras. Já em farinha de mandioca as análises cromatográficas revelaram a presença dos resíduos de p.p - DDT, o,p - DDT e p,p - DDE em 92% das amostras; o isômero gama BHC apenas em 52% das 50 amostras analisadas. Resíduos de aldrin, dieldrin, endrin, alfa e beta BHC, heptacloro e heptacloro epóxi foram detectatos em quantidade e frequência insignificantes. Os resíduos encontrados nas amostras da origem Paraná coletadas em Salvador foram superiores aqueles das amostras originárias do Ceará, república Argentina, MInas Gerais e Bahia. Três amostras daquela origem com teores de 0,118ppm, 1,004 ppm e 0,665 ppm, responsáveis pelo aumento da média, foram coletadas em diferentes lojas de uma mesma rede de supermercados de Salvador, indicando possível contaminação no armazenamento do supermercado. A proporção de p,p' - DDE é de 6,9% em relação a p,p' - DDT, e o,p'- DDT, nas amostras originárias do Paraná coletadas em Salvador, indica contaminação recente, possivelmente uso indevido de DDF em armazenamento. Os níveis de DDT total em feijão não ultrapassaram os limites de tolerância permitidos e os níveis de lindane estão significativamente abaixo. As quantidades de lindane e DDT encontradas em farinha de mandioca não ultrapassaram o limite de tolerância estabelecido por nós através de análise estatística. Apesar dos níveis de DDT detectados não ultrapassarem os limites de tolerância permitidos, são quantidades apreciáveis, levando-se em conta o grande consumo desses alimentos no Brasil e o acúmulo desse pesticida no organismo, podendo trazer graves consequências para a saúde do homem. As concentrações médias de DDT total encontradas em amostras de feijão originárias de áreas de maior desenvolvimento agrícola, não diferem muito das detectadas nas áreas menos desenvolvidas.
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
The recent warnings about the persistence, storage and possible danger for man, combined with the lack of data concerning the residue of organochlorinated pesticides in food products in Brazil, principally in those of wedespread consumption, has motwated us to determine the quantity of residue in organochlorinated pesticides in 110 bean samples and 50 of mandioca flour taken from supermarkets in Goiânia, Salvador and Belém. After considering different methods for the extraction of residues, we have choosen the "Rapid Method for Determining the Residues of Chlorinated Insecticides in Coffee". We tried this method with virgin samples of beans and mandioca flour obtaining a recuperation of 93% to 100%, considered to be excellent. Analyses by chromatography revealed the existence of residues of p,p' - DDT, o,p' - DDT' and p,p' - DDE in all the bean samples. 84% of the sample also showed residues of gama BHC (lindane). In mandioca flour, the chromatographic analyses revealed the presence of residue of p,p' - DDT, o,p' - DDT and p,p' - DDE in 92% of the samples; the isomer gama BHC in only 52% of the 50 samples analysed. Residues of aldrin, dieldrin, endrin, alfa and beta BHC, heptachlor and heptachlor epoxide, were rarely detected and in negligable quantities. The residues found in samples originating from Paraná collected in Salvador were higher than those originating from Ceará, Argentina, Minas Gerais and Bahia. There samples from Paraná registering 0,118 ppm, 1,004 ppm and 0,665 ppm responsable for the rise above average level, were collected in different stores of me of the supermarket networks in Salvador, indicating possible contamination in the warehouses of the supermarket. The proportion of p,p' - DDE is 6,9% in comparison to p,p' - DDT and o,p' - DDT in samples from Paraná collected in Salvador, indicating recent contamination and the possible unsafe use of DDT in the warehouses. The levels of total DDT in beans did not go beyond the tolerance limit permitted, and the levels of lindane are significantly low. The quantities of lindane and DDT met in mandioca flour did not qo beyood the tolerance limit established by us on the basis of statistical analysis. In spite of the fact that the levels of DDT detected did not go beyond tbe tolerance limit permitted, they are nonetheless appreciable. When we consider the large consumer market for these food stuffs in Brazil as well as storage of these pesticides in the organism, they could constitute a serious hazard for human health. The average concentrations of total DDT found in samples of beans from areas where agriculture is more developed do not differ much those found in less developed areas.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.