• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.6.2000.tde-09012007-162311
Document
Auteur
Nom complet
Rita de Cássia Seixas Sampaio Araujo
Adresse Mail
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
São Paulo, 2000
Directeur
Jury
Mendes, Rene (Président)
Fischer, Frida Marina
Vidal, Mario Cesar Rodriguez
Titre en portugais
O trabalho na aviação e as práticas de saúde sob o olhar do controlador de tráfego aéreo
Mots-clés en portugais
Aeroportos
Atitudes e prática
Aviação
Condições de trabalho
Conhecimentos
Medidas de segurança
Promoção da saúde
Riscos ocupacionais
Saúde ocupacional
Serviços de saúde ocupacional
Resumé en portugais
Os profissionais do controle de tráfego aéreo desenvolvem uma função de importância para a sociedade. Neste sentido, realizou-se estudo com objetivo de analisar as representações sociais dos controladores de tráfego aéreo sobre sua saúde e sobre as práticas de saúde desenvolvidas pelo Sistema de Saúde da Aeronáutica, tendo em vista uma possível contribuição para a adoção de práticas de promoção e proteção da saúde e segurança da aviação. Desenvolveu-se um estudo qualitativo, utilizando-se a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), por meio de entrevistas semi-estruturadas, com 12 participantes do Controle de Aproximação da Área Terminal São Paulo. Foi possível caracterizar, em primeiro lugar, o funcionamento do Controle Tráfego Aéreo neste Terminal e, em segundo lugar, conhecer as representações sociais destes trabalhadores sobre o trabalho no Controle de Tráfego; a experiência com o risco no cotidiano do trabalho; as relações do controlador com a hierarquia militar; os rumos possíveis para o trabalho no controle de tráfego aéreo e das práticas de saúde destes trabalhadores. Pôde-se observar a existência de dificuldades em se produzir qualquer alteração de ordem sistêmica e administrativa. O aspecto da tecnologia aparece como relevante e, em muitas situações, as falhas no sistema são apontadas como geradoras de risco. No entanto, tornou-se evidente que o controle de tráfego aéreo é muito mais um problema social e institucional, uma vez que existem interesses diversos dos diferentes atores envolvidos: trabalhadores, aeronáutica, companhias aéreas e usuários. A incorporação do saber do trabalhador por meio da metodologia do DSC permitiu o acesso a uma cultura organizacional, qualitativamente diferente da “coletividade matemática”, e que deve ser conhecida antes de qualquer intervenção no campo da Saúde do Trabalhador.
Titre en anglais
The work and health practices of air traffic controllers
Mots-clés en anglais
Airports
Attitudes and practical
Conditions of work
Knowledge
Measures of security
Occupational aviation
Occupational health
Promotion of the health
Risks
Services of occupational health
Resumé en anglais
Air traffic controllers develop a real important activity for society. In this sense, the present study analyses the air traffic controllers social representations about their health and the health practices offered by the Aeronautic Health System, aiming at contributing for the decisions on adoption of practices for promoting and protecting aviation health and safety. This qualitative study, based on the Collective Subject Discourses (DSC), was carried out usure semi-structured interviews with 12 participants working at “Approximation Control Area of São Paulo Terminal”. The research allowed the characterisation of the work context and of the workers’ social representations about the work control, their experiences with daily risk, health conditions and practices, relationship with the military hierarchy and possible directions for the air traffic control. The study showed a great difficulty of implementing any system or administrative changes. Technology is a relevant aspect pointed as generating risk in many occurrences of system failure. Nevertheless, the air traffic control seems to be much more a social and institutional problem. There are several other different interests of the actors involved: workers, aeronautic, air companies and users. The DSC methodology allowed us to approach an organisational culture qualitatively different from other quantitative studies, and that should be known before any intervention in the work health field.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
tese_rita.pdf (6.38 Mbytes)
Date de Publication
2007-01-09
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
Centro de Informática de São Carlos
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.