• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2007.tde-21082007-173505
Documento
Autor
Nome completo
Nancy Kuniko Umisedo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Colacioppo, Sergio (Presidente)
Caldas, Linda Viola Ehlin
Hiodo, Francisco Yukio
Medina, Nilberto Heder
Okuno, Emico
Título em português
Dose de radiação ionizante decorrente do uso de fertilizantes agrícolas
Palavras-chave em português
Fertilizantes
Hortaliças
Radiação ionizante
Radionuclídeos naturais
Solos
Resumo em português
Dentre os diversos agentes existentes no meio ambiente que podem nos expor a diferentes riscos e efeitos, há a radiação ionizante cujo conhecimento da dose é de importância para o efetivo controle e prevenção dos seus possíveis danos aos seres humanos e ao ambiente. A transferência de radionuclídeos dos adubos para/e dos solos para os alimentos podem resultar em incremento na dose interna ao serem consumidos pelo ser humano. Este trabalho avalia a contribuição dos fertilizantes para o aumento da dose de radiação ionizante no meio ambiente e no ser humano. Amostras de fertilizantes, de solos e de hortaliças produzidas em solos adubados foram analisadas através da espectrometria gama com o uso de um detector semicondutor de germânio hiperpuro. Medidas de dose ambiente também foram realizadas com dosímetros termoluminescentes. Nas amostras de solos adubados foram obtidos valores de atividades específicas de 36 a 342 Bq/kg para K-40, de 42 a 142 Bq/kg para U-238 e de 36 a 107 Bq/kg para Th-232. Nas hortaliças os valores variaram de 21 a 118 Bq/kg para K-40 e para os elementos da série do urânio e tório os valores foram menores que 2 Bq/kg. Para fertilizantes o valor máximo obtido foi de 5800 Bq/kg para K-40, 430 Bq/kg para U-238 e 230 Bq/kg para Th-232. As médias dos valores de fator de transferência solo-planta não foram significativamente diferentes entre os tipos de hortaliças analisados. A dose efetiva comprometida anual de 0,882 µSv devido à ingestão de K-40 das espécies estudadas é bem pequena em relação ao valor de referência de 170 µSv dada pela United Nations Scientific Committee on the Effects of Atomic Radiation (UNSCEAR, 2000). A dosimetria termoluminescente forneceu valores de taxa de equivalente de dose ambiente anual entre 1,5 e 1,8 mSv, sem diferenças entre locais cultivados e não cultivados. Através dos resultados obtidos, não foi observada uma transferência significativa de radionuclídeos dos fertilizantes para os alimentos e para os solos nas condições adotadas neste trabalho e conseqüentemente não há incremento de dose de radiação devido à prática da adubação.
Título em inglês
Ionizing radiation dose due to the use of agricultural fertilizers
Palavras-chave em inglês
Fertilizers
Ionizing radiation
Natural radionuclides
Soils
Vegetables
Resumo em inglês
Among several agents that exist in the environment which can expose us to different risks and effects, there is the ionizing radiation whose knowledge of dose is of importance to the effective control and prevention of possible damages to human beings and to the environment. The transfer of radionuclides from fertilizers to/and soils to the foodstuffs can result as an increment in the internal dose when they are consumed by the human beings. This work evaluates the contribution of fertilizers to the ionizing radiation dose in the environment and in the human being. Samples of fertilizers, soils and vegetables produced in fertilized soils were analised through gamma spectrometry with the use of a hyperpure germanium detector. Measurements of ambient dose with thermoluminescent dosimeters were also performed. In the fertilized soil samples values of specific activities from 36 to 342 Bq/kg for K-40, from 42 to 142 Bq/kg for U-238 and from 36 to 107 Bq/kg for Th-232 were obtained. In the vegetables the values varied from 21 to 118 Bq/kg for K-40 and for the elements of uranium and thorium series the values were less than 2 Bq/kg. In fertilizers the maximum value of 5800 Bq/kg was obtained for K-40, 430 Bq/kg for U-238 and 230 Bq/kg for Th-232. The average values of soil to plant transfer factor were not significantly different among the types of vegetables. The annual committed effective dose of 0.882 µSv due to the ingestion of K-40 from the analised vegetables is very small if compared to the reference value of 170 µSv given by United Nations Scientific Committee on the Effects of Atomic Radiation (UNSCEAR, 2000). The thermoluminescent dosimetry provided the annual ambient dose equivalent from 1.5 to 1.8 mSv without differences between cultivated and non cultivated fields. Through the results obtained, it was not observed a significant transfer of radionuclides from fertilizers to soils and to foodstuffs in the conditions adopted in this work and consequentely there is no increment in the radiation dose due to the practice of fertilization
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseFinal_Nancy.pdf (11.18 Mbytes)
Data de Publicação
2007-10-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.