• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-24032020-130119
Document
Author
Full name
Gemima Cirilo Cabral Born
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 2000
Supervisor
Committee
Pereira, Helena Apparecida dos Santos Lima (President)
Amaral, Weber Antonio Neves do
Dallari, Sueli Gandolfi
Nogueira Neto, Paulo
Rocha, Aristides Almeida
Title in Portuguese
Plantas medicinais da Mata Atlântica (Vale do Ribeira - SP): extrativismo e sustentabilidade
Keywords in Portuguese
Plantas Medicinais
Abstract in Portuguese
Esta tese compreende a análise e verificação da extração e comercialização de plantas medicinais que ocorrem naturalmente em áreas de Mata Atlântica, na perspectiva de que tais atividades compõem instrumentos e estratégia de desenvolvimento sustentável na região do Vale do Rio Ribeira de Iguape, no sul do Estado de São Paulo. Esta região detém a maior área remanescente contínua de Mata Atlântica e é habitada por comunidades, que dependem do uso de recursos naturais renováveis para a subsistência. Entre os recursos naturais renováveis explorados, destacam-se as plantas medicinais que já são extraídas e comercializadas na região. Foi realizado um levantamento etnobotânico junto a uma amostra representativa dos extratores e produtores de plantas medicinais do Vale do Ribeira, e através dele foram resgatadas, documentadas e analisadas informações pormenorizadas sobre as plantas e sobre os métodos tradicionais, utilizados para identificar, extrair, transportar, beneficiar, armazenar e comercializar plantas medicinais. Foram observadas, também, as percepções e opiniões dos extratores e produtores entrevistados a respeito das relações entre esse grupo e os órgãos governamentais responsáveis pela fiscalização e controle dos recursos, bem como no que respeita à associação que os representam (Aepam- Associação de Extratores e Produtores de Plantas Aromáticas e Medicinais do Vale do Ribeira), especialmente no que concerne à conservação da biodiversidade e das plantas medicinais. Foram realizados levantamentos bibliográficos para saber a origem e a existência de estudos sobre ação farmacológica e propriedade fitoquímica das plantas identificadas até o nível de espécie. A análise e discussão, nessa tese, considerou vários temas e questões de referência para se lidar com a sustentabilidade da extração de plantas medicinais da Mata Atlântica. Entre tais temas e questões, destacam-se a valorização e importância do conhecimento tradicional; a etnobotânica e etnociências como instrumentos para o fortalecimento e desenvolvimento de comunidades rurais e tradicionais; aspectos do mercado local, nacional e internacional; inventário florestal contínuo; identificação botânica; conceitos de desenvolvimento sustentável; legislação sobre conservação ambiental e fitoterápicos. Especial consideração foi dada aos princípios, consagrados pela Convenção de Diversidade Biológica, que tratam do acesso ao conhecimento tradicional e à repartição de benefícios que advém do uso desse conhecimento e dos recursos biológicos. O estudo demonstrou que alguns dos entrevistados possuíam técnicas bem trabalhadas para realizar a identificação da área e da planta a serem submetidas ao manejo tradicional, bem como sobre a extração do material vegetal e o processamento (a secagem, a trituração e o controle de qualidade) do produto final. Por outro lado, o estudo realizado aponta também que a grande maioria dos extratores não observa periodicidade de extração em relação à área e a planta, nem à quantidade do material extraído. O mercado é o fator determinante desses parâmetros e da atividade extrativa, que ainda está longe de atender padrões de práticas sustentáveis. As evidencias e análises presentes nesse estudo apontam para uma dualidade no que se refere às plantas medicinais da Mata Atlântica na região do Vale do Ribeira. De um lado, a extração tem ainda importância marginal, do ponto de vista econômico (apesar que pode ser de relevância para algumas famílias e comunidades extrativistas), e é realizada em formas que estão longe de atender aos critérios de sustentabilidade. Por outro lado, há um rico conhecimento tradicional e ampla diversidade de espécies, ainda a serem reconhecidos e valorizados pela comunidade científica, por órgãos governamentais e outros atores. Há também crescente interesse e mobilização de diversos atores sociais para a difusão da importância das plantas medicinais, seja pela sua extração sustentável ou cultivo, permitindo inferir uma tendência de valorização de tal atividade como elemento inerente à uma estratégia sistêmica de desenvolvimento sustentável do Vale do Ribeira, incluindo-se a conservação da rica cultura e da diversidade biológica encontrada em regiões da Mata Atlântica. O estudo aponta ainda informações e critérios que podem ser a base e ser expandidos para o uso de plantas medicinais, mesmo em outras regiões do país, e enfatiza a valorização dos conhecimentos tradicionais nos esforços de conservação da biodiversidade, gestão e promoção da saúde ambiental e da qualidade de vida das populações que vivem em áreas ambientalmente protegidas.
Title in English
Not available
Keywords in English
Not available
Abstract in English
This thesis deals with the analysis and observation of the extraction and commercialization of medicinal plants, naturally found in the Atlantic Rainforest. One of its premises is that sustainable extraction, commercialization and use of medicinal plants can be an importartt tool and strategic element in the quest of sustainable development in the Ribeira do Iguape River Basin, in the south of São Paulo State. That region presents the most and largest continuous remaining areas of Atlantic Rainforest, and it is inhabited by rural and traditional communities that depend on the use of the forest natural resources for their subsistence. Medicinal plants are some of the renewable resources that have been collected and trade in the region. A ethnobotanical survey was done with a representative sample of the Vale do Ribeira's extractors and producers of medicinal plants. The study recorded data and knowledge on the medicinal plants as well as on the traditional methods have been used for harvesting, processing, stocking, transporting and trading medicinal plants. It has also been observed and recorded the perception, expectation and views of the studied sample extractors and producers as regard to their relationship with governmental agencies and their officials as well as with the Association that was founded to represent them (Aepam- Association of Extractors and Producers of Medicinal and Aromatic Plants ofVale do Ribeira), specially on the issues and challenges posed by the need for biodiversity conservation. Complementary bibliographic survey was conducted in order to check the existence and origin of scientific studies on the pharmacological action and phytochemical property o f the medicinal species. The analysis and discussion has considered several issues and concepts as reference for the evaluation of the sustainability of extraction of medicinal plants in that region of Atlantic Forest, such as: the value and importance of traditional knowledge; ethnobotany and ethnosciences as tools for the empowerment and development of traditional and rural communities; local, national and intemational market features; continued forest inventory; botanical taxonomic studies; legislation on environment conservation and phytotherapy. Special attention has been given to the principies stated by the Convention of Biological Diversity regarding access to traditional knowledge and sharing the benefits that arise from the use of the biological and knowledge resources. The study shows that some of the interviewees possess detailed techniques to identify the area and the plants to be traditionally managed, as well as to the processing of the plants (drying, grinding, etc.). On the other hand, it shows the majority of the extractors do not observe quantitative limits nor seasonal conditions, both as regard to the exploited area or the plants species. The market is the driving force ofthe extraction parameters, which are far from sustainable practices. The analysis and evidences show a duality of the medicinal plants extraction and conservation in the region: on one side, the activity is small, marginal from the economic regional point of view (in spite of the fact that for some families and communities, it can be relevant) and is being conducted in a non-sustainable pattern. On the other hand, there is a rich traditional knowledge on medicinal plants and a wide diversity of species, yet to be recognized and valued by the scientific comrnunity, govemmental organs, non govemmental organizations and other stakeholders. There is also a growing movement and interest to support and to enhance the sustainable extraction and or cultivation, the commercialization and use of medicinal plants as part of a systemic strategy for the sustainable development of the Vale do Ribeira and for the conservation of the rich culture and biological diversity found in that region of the Atlantic Rainforest. The thesis shows criteria and information that may form the basis and can be enhanced for the sustainable use of medicinal plants, even from other regions, and stress the importance to consider and to value the traditional knowledge for the improvement of biodiversity conservation, health and quality of life of inhabitants of environmental protected areas.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
DR_421_Born_2000.pdf (17.38 Mbytes)
Publishing Date
2020-03-24
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2021. All rights reserved.