• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2009.tde-28092009-150841
Documento
Autor
Nome completo
Maria Luiza Costa Nery
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Moreno, Claudia Roberta de Castro (Presidente)
Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz
Vasconcellos, Maria da Penha Costa
Título em português
Frequência e prevalência de diagnósticos psiquiátricos determinantes do afastamento de comissários de bordo da atividade aérea
Palavras-chave em português
Aeronauta
Ansiedade
Aviação Civil
Comissário de Bordo
Depressão
Transtornos Mentais Menores
Resumo em português
A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que os transtornos mentais menores, que incluem depressão e ansiedade, afetam aproximadamente 30% dos trabalhadores. Objetivo: Verificar a freqüência, e a taxa de prevalência de transtornos mentais entre Comissários de Bordo afastados das atividades profissionais. Métodos: Foram analisados os prontuários de 648 comissários de bordo, 105 homens e 543 mulheres, que realizaram perícia durante um período de cinco anos e receberam como parecer de afastamento pelo menos um diagnóstico do agrupamento F00-F99 da CID- 10, associado ou não a doença ou transtorno orgânico. Resultados: Comissários de Bordo ingressam cedo no mercado de trabalho (50,5 por cento dos homens e 70,5 por cento das mulheres recebem sua certificação profissional entre os 18 e os 22 anos), e também adoecem cedo (81,9 por cento dos homens até os 41 anos; 84,3 por cento das mulheres até os 35 anos), em média após 10 anos de trabalho (11,9 anos para homens, 9,4 anos para mulheres). Os diagnósticos mais freqüentes como causa de afastamento foram, pela ordem, F32 episódios depressivos (44,5 por cento homens; 35,49 por cento mulheres), e F41 outros transtornos ansiosos (20,1 por cento dos homens; 22,9 por cento das mulheres). Discussão e Conclusão: As mulheres adoecem mais ced por cento o do que os homens, e são afastadas do trabalho principalmente por episódios depressivos. Os homens são afastados principalmente devido a transtornos ansiosos. Os dados concordam com a literatura, que aponta menor número de homens diagnosticados com transtornos mentais menores. A maior freqüência desses transtornos entre Comissários de Bordo, em comparação com as demais categorias profissionais, pode se dever a fatores associados à organização do trabalho e a fatores psicossociais do trabalho, mas os dados coletados neste estudo não permitiram verificar essa hipótese.
Título em inglês
Frequency and prevalence of diagnoses psychiatric determinants of clearance stewards activity aerea
Palavras-chave em inglês
Air Crew Member
Anxiety
Commercial Aviation
Depression
Flight Attendant
Minor Mental Disorders
Resumo em inglês
According to the World Health Organization (WHO), minor mental disorders, which include depression and anxiety, affect about 30 per cent of workers. Objective: To verify the frequency and the prevalence index of mental disorders among Flight Attendants withdrawn from their work. Methods: The electronic files of 648 flight attendants 105 male and 543 female were analyzed. They were evaluated during a 5-year delay, and were withdrawn from work due to at least on diagnostic of group F00-F99 of IDC-10, associated or not to organic disease(s) or condition(s). Results Flight Attendants begin to work early: 50.5 per cent of males and 70.5 per cent of females get their professional certification between 18 and 22 years old, and also get sick early: 81.9 per cent of males up to 41 years old; 84.3 per cent of females up to 35 years old, and after 10 years of work, approximately: 11.9 years for males, 9.4 years for females. The most frequent diagnostics registered as cause of withdrawn from work were F32 Depressive episode (44.5 per cent of males; 35.5 per cent of females), and F41 Other anxiety disorders (20.1 per cent of males; 22.9 per cent of females). Discussion and Conclusion: Women get sick sooner than men, and are withdrawn from work mostly due to depressive episodes. Men are withdrawn from work mostly due to anxiety disorders. The data agrees with the literature, which points out a smaller number of males diagnosed with minor mental disorders. The larger frequency of these disorders among Flight Attendants, in comparison with other professional groups, might be due to factors linked to the work organization and psychosocial factors of the job, but the data collected in this study did not allow to verify this hypothesis.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MariaLuizaNery.pdf (13.63 Mbytes)
Data de Publicação
2009-11-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.