• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.6.2016.tde-01112016-180515
Document
Author
Full name
Maria Helena Prado de Mello Jorge
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
São Paulo, 1974
Supervisor
Committee
Barbosa, Victorio
Qualifik, Paul
Title in Portuguese
Perdas fetais no distrito de São Paulo
Keywords in Portuguese
Nascidos Mortos
Nascimentos - Aspectos Jurídicos
Perdas Fetais
Abstract in Portuguese
Estudaram-se as perdas fetais ocorridas no distri to de São Paulo, no período de dois anos (1 de junho de 1968 a 31 de maio de 1970) e cuja residência da mãe se localizasse também no distrito de São Paulo. O trabalho objetivou o estudo das mesmas segundo as variáveis fornecidas pelos atestados dos nascidos mortos, que se constituiram em seu material básico. O ponto de vista social foi focalizado através dos aspectos referentes à cor, filiação, naturalidade e profissão dos pais. Os itens relativos a sexo, duração da gestação, local onde ocorreu o evento, história obstétrica, idade da mãe e causa da perda constituiram o conjunto de dados para análise do ponto de vista médico-estatístico. Quanto ao problema da causa, é de se destacar que esta é a primeira vez que tal aspecto é analisado entre nós. Utilizando dados obtidos atravês da "Investigação Interamericana de Mortalidade na Infância", foi possível obter o coeficiente corrigido de mortalidade perinatal. A pesquisa visou ainda ao estudo das implicações que as perdas fetais acarretam no campo Jurídico. Quanto aos resultados, devem ser destacados o problema do registro de perdas por local de ocorrência e não de residência, a maior proporção de ilegitimidade nas perdas fetais precoces e a maior proporção de pais naturais da região leste do Brasil. A razão de masculinidade se mostrou maior quanto menor fosse o tempo de gestação. Alguns dados permitiram inferir que existe uma sub-enumeração de perdas precoces e intermediárias. Verificou-se ainda que, aproximadamente, 86% das perdas ocorreram em hospitais,que a quarta parte dos casos estudados foi produto de primeira gestação e que em 85% das perdas o parto foi normal. Relativamente à idade da mãe, foi verificado que o risco de vir a ter uma perda - excetuando-se o grupo de mulheres de menos de vinte anos - aumenta com a idade materna. Em face de erros e imperfeições quanto ao preenchimento do atestado e da ausência de alguns dados de grande interesse para a Saúde Pública, foi sugerida a adoção de novo modelo de atestado de óbitos perinatais.
Title in English
Foetal loss for the district of São Paulo city of São Paulo, Brazil
Keywords in English
Births - Legal Aspects
Born Dead
Fetal Losses
Abstract in English
Foetal loss of resident women of the district of Sao Paulo that occurred in this area, were studied for a two years period, from June 1st, 1968 to May 31st, 1970. The objectives of this study were: - analysis of the foetal mortality differentials according to the available information in the certificates of stillbirths; - analysis of legal involvements pertinent to the foetal deaths. The variables considered were: - social: color, legitimacy, parents birth place and their occupation; - medical-demographic: sex, lenght of pregnancy, birth-order, single or plural deliveries, age of mother, and cause of death. Data available in the Inter American Investigation in Childhood permitted the calculation of the Perinatal Mortality rate. The conclusions were: - a large proportion of illegitimacy observed among the early foetal deaths - the sex-ratio (x 1000 women) was higher in the early pregnancy's foetal loss; - there is an under-registration of foetal loss occurred before 28 weeks of gestation; - 86% of the foetal loss occurred in hospitals; - 25% of foetal loss occurred in women pregnant for the first time; - 11% of the foetal loss were delivered by Caesarean section; - the risk of having a foetal loss increases with the increasing of the mother's age. The recommendations were: - the tabulation of the stillbirth certificate data should be done by local of residence instead of by occurrence; - a new model of Perinatal death certificate was proposed in order to provide more complete data that are important from the point of view of Public Health.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2016-11-01
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2019. All rights reserved.