• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2016.tde-03082016-164404
Documento
Autor
Nome completo
Sabina Lea Davidson Gotlieb
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1977
Orientador
Banca examinadora
Laurenti, Ruy (Presidente)
Barbosa, Victorio
Favero, Manildo
Guedes, José da Silva
Juarez, Edmundo
Título em português
Mortalidade diferencial por causas, São Paulo, 1970: tábuas de vida de múltiplo decremento
Palavras-chave em português
Mortalidade Diferencial
Múltiplo Decremento
Tábua de vida
Resumo em português
Considerações sobre tábua de vida e tábua de vida de múltiplo decremento foram feitas, dado que o objetivo deste trabalho foi avaliar a magnitude da atuação de alguns grupos de agravos à saúde (doenças infecciosas e parasitárias, tumores malignos, incluindo as neoplasias malignas do tecido linfático e dos órgãos hematopoéticos, doenças cardiovasculares e acidentes, envenenamentos e violêcias) nas probabilidades de morte, de sobrevivência e nas esperanças de vida dos residentes no município de são Paulo em 1970. A esperança de vida ao nascer foi igual a 60,12 anos, no sexo masculino e 67,12 anos no sexo feminino. Foi detectado o importante papel das doenças infecciosas e parasitárias, em menores de 4 anos, pois caso não tivessem sido fator de risco de morte a probabilidade de morrer, nestas idades, teria sido reduzida em até 35 por cento , permitindo que a esperança de vida ao nascer tivesse acréscimos de 2,52 anos (4,19 por cento a mais) e 2,24 anos (3.33 por cento a mais) respectivamante para os homens e mulheres. Os tumores malilnos se não tivessem sido fator de risco de morte teriam reduzido a probabi1idade de morrer dos homens de 50 a 70 anos, em torno de 16 por cento e em 25 por cento , a das mulheres de 40 a 60 anos. Os ganhos nas esperanças de vida ao nascer seriam de 1,87 anos (3,11 por cento a mais) e 2,02 anos (3,01 por cento a mais) nos sexos masculino e feminino, respectivamente. As doenças cardiovasculares, principal grupo de causas de morte, reduziriam em até 60 por cento a probabilidade de morrer dos residentes no municipio de são Paulo, em 1970, e propiciariam ganhos de 9,14 anos e 11,44 anos, respectivamente na esperança de vida ao nascer, masculina e feminina, caso não tivessem sido fator de risco de morte. Os acidentes, envenenamentos e violências, segundo grupo de causas de morte para os homens, caso não tivessem sido fator de risco de morte, teriam reduzido de 27,83 por cento até 65,17 por cento a probabilidade de morrer entre 4 e 40 anos, com isso a probabilidade de sobreviver dos 15 aos 65 anos, faixa de população economicamente ativa, seria de 66,87 por cento , em vez de 61,87 por cento . O ganho na esperança de vida ao nascer seria de 2,36 anos (3,93 por cento a mais). Após a análise de cada um dos grupos de causas pôde-se ordenar os principais grupos de doenças em função dos ganhos que propiciariam à esperança de vida ao nascer, caso não tivessem sido fator de risco de morte: no SEXO MASCULINO - cardiovasculares, infecciosas e parasitárias, acidentes, envenenamentos e violências e os tumores malignos; no sexo FEMININO - cardiovasculares, infecciosas e parasitárias, tumores malignos e os acidentes, envenenamentos e violências. Finalizando, levantou-se a hipótese de que o padrão de mortalidade no município de São Paulo, em 1970, refletiria a existência de problemas de saúde de uma população formada por setores distintos onde coexistiriam condições adversas a saúde típicas, ora de regiões consideradas desenvolvidas, ora de regiões em desenvolvimento.
Título em inglês
Differential mortality causes, São Paulo, 1970: life tables of multiple decrement
Palavras-chave em inglês
Differential Mortality
Life Board
Multiple Decrement
Resumo em inglês
General considerations about life tables and multiple decrement tables were made, since the objective of this work was to evaluate the impact of some diseases (Infective and Parasitic diseases, Neoplasms, Cardiovascular diseases and Accidents, Poisonings and Violence) on the probabilities of dying, survival, and on the expectation of life of the inhabitants of the City of são Paulo in 1970. The calculated male life expectancy was 60.12 years and the female was 67.12 years. The main role of the Infective diseases was detected among children bellow age 4. The reduction in their probability of dying, if the effect of these diseases was removed, would be near 35 per cent ; and these diseases cause a loss of 2.52 years(4.19 per cent ) and 2.24 years (3.33 per cent ) for the male and female life expectancies, respectively. If the effect of the Neoplasms was removed, it would reduce the probability of dying for males in 16 per cent , in the age interval 50 to 70 years, and 25 per cent for wómen in the age interval 40 to 60 years. This disease causes a loss of 1.87 years (3.11 per cent ) in the expectation of life for males and 2.02 years (3.01 per cent ) for females. The Cardiovascular diseases, the main group of causes of death, would reduce as much as 60 per cent the probability of dying, if their effect were removed. The "gain" in life expectancy would be 9.14 years and 14.44 years for men and women, respectively. Removing the effect of Accidents, Poisonings and Violence, the second main group of causes of death for men, the probability of dying for men, aged 4 to 40 years would be reduced between 27.83 per cent and 65.17 per cent . The probability of survival for the population at the economically productive ages (15 to 65 years) would be 66.87 per cent instead of 61.87 per cent . The loss for the life expectancy in this case, is 2.36 years (3.93 per cent ). After this analysis the main grbups of causes of death were ranked as: FOR MALES: Cardiovascular diseases, Infective and Parasitic diseases, Accidents, Poisonings and Violence and Neoplasms; FOR FEMALES: Cardiovascular diseases, Infective and Parasitic diseases, Neoplasms and Accidents, Poisonings and Violence. An apparently dichotomous population could be considered as an explanatory hypothesis for the pattern of mortality prevailing in 1970, in the City of são Paulo: health problem effects on the mortality as those of developed countries were found, coexisting with typical health problems of the underdeveloped countries.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-08-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.