• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.6.2020.tde-14052020-135718
Documento
Autor
Nome completo
Germano Mostardeiro Bonow
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 1979
Orientador
Banca examinadora
Tinoco, Aldo da Fonseca (Presidente)
Almeida, Eurivaldo Sampaio de
Souza, José Maria Pacheco de
Título em português
Indicadores de saúde do Rio Grande do Sul: aspectos históricos 1900-1977
Palavras-chave em português
Estatísticas Vitais/Bioestatística
Indicadores de Saúde
Mortalidade
Porto Alegre (RS)
Resumo em português
O presente trabalho estuda a evolução da mortalidade proporcional (Swaroop e Uemura, e Nélson de Moraes), geral, infantil, por doenças transmissíveis, a esperança de vida ao nascer, bem como os recursos médico-hospitalares existentes no Rio Grande do Sul. Os indicadores, nas séries históricas estudadas, mostram o declínio da mortalidade no Estado, no presente século, e a razoável disponibilidade de recursos assistenciais à população. A comparação das taxas do Rio Grande do Sul com as de outras unidades da Federação, mostra que o Estado se encontra em posição privilegiada no panorama sanitário brasileiro. A nível internacional, com as ressalvas que a tal comparação devem ser feitas, a situação é diferente: os chamados países desenvolvidos e mesmo alguns subdesenvolvidos apresentam melhores condições de saúde que o Estado. A discussão dos indicadores e da evolução da saúde no Rio Grande é feita à luz dos fatores históricos extraídos de relatórios do Governo.
Título em inglês
Not available
Palavras-chave em inglês
Not available
Resumo em inglês
In this paper a study of the evolution of proportional (Swaroop e Uemura and Nelson de Moraes), general, infant mortality, mortality by infectious diseases, life expectancy as well as of the medical and hospital resources in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, is dane. In the historical series studied, ( 1900-77), death rates have declined at the present century. There is a reasonable avalability of assistencial ressources. Rio Grande do Sul compares favourably with other Brazilian States, as far as vital indices are concerned. Comparison with foreign countries (with the limitations involved in this kind of comparison) is not so favourable. So called developed countries and some of the underdeveloped countries show better healtn indices. We discuss also, based on Government reports, historical factors which may have influenced health indices and health evolution in Rio Grande do Sul.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-05-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.