• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2008.tde-05032009-141736
Documento
Autor
Nome completo
Renata Palopoli Picoli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Adorno, Rubens de Camargo Ferreira (Presidente)
Martins, Cleide Lavieri
Oliveira, Lavinia Santos de Souza
Urquiza, Antonio Hilario Aguilera
Vasconcellos, Maria da Penha Costa
Título em português
Saúde, doença e morte de crianças: um olhar segundo a percepção dos Kaiowá e Guarani
Palavras-chave em português
Antropologia da Saúde
Índios Kaiowá e Guarani
Itinerário Terapêutico
Saúde e Morte de Crianças
Resumo em português
Esta pesquisa investiga o significado de saúde e doença infantil para os Kaiowá e Guarani da Terra Indígena de Caarapó, Mato Grosso do Sul, abordando as escolhas realizadas no itinerário terapêutico. Propõe-se a identificar as explicações e as circunstâncias em que ocorreu o óbito de crianças menores de um ano de vida, segundo a percepção desse povo. Para o desenvolvimento da pesquisa, adotamos a contribuição etnográfica, no sentido de captar as vinculações entre os eventos de saúde, doença e morte infantil aos elementos de seu contexto de vida. A análise do significado de saúde revelou que os acontecimentos simbólicos que o definem são construídos diariamente e dependem das experiências dos sujeitos e de seus elementos cosmológicos, sociais e ambientais. Os esquemas de interpretação de causalidade mostraram a sensibilidade e a percepção desse povo frente aos problemas de saúde infantil, informados por aspectos culturais e sociais e outros incorporados e reelaborados no convívio com os serviços de saúde existentes na T.I. Para a diarréia e a desnutrição infantil, identificou-se a utilização de diferentes esquemas interpretativos de causalidade: de ordem cultural, social e ambiental, acionados de forma simultânea ou não. A análise do itinerário terapêutico permitiu elucidar a importância do processo de negociação entre os Kaiowá e Guarani com a sua sociedade e com a sociedade não-indígena. No processo de negociação no interior da parentela, observou-se que o mesmo não está isento de conflitos, principalmente intergeracionais. No itinerário terapêutico, o Kaiowá e Guarani pode recorrer ao seu sistema de saúde e ao biomédico, sempre considerando a resposta de cada caso e sua compreensão de eficácia. Na utilização do soro caseiro, percebe-se que esse povo estabelece uma representação terapêutica similar a determinados tipos de remédios caseiros, usados tanto na prática preventiva como no tratamento da diarréia, enquanto outros o utilizavam segundo as orientações da biomedicina. O estudo mostrou que o sistema biomédico é complementar ao seu sistema de saúde, uma vez que a compreensão da cura está atrelada ao seu contexto simbólico. Os dados de mortalidade infantil analisados evidenciaram a reduzida qualidade dos registros da declaração de óbito. Na explicação do evento de morte de crianças, os Kaiowá e Guarani utilizavam-se da orientação religiosa e da situação de vida. Nas análises sobre os óbitos infantis, percebe-se uma desigualdade persistente que se manifesta ao desconsiderar as explicações e o contexto de vida desse povo e dos grupos familiares onde ocorreram os óbitos infantis e ainda pelas fragilidades no atendimento à criança e às gestantes. Destaca-se o necessário desenvolvimento de ações nos serviços de saúde que considerem esses significados e trabalhem na perspectiva da parentela como conhecedora da formação e do crescimento da criança.
Título em inglês
To your health , ailment and death as of children : um look second the perception of the Kaiowá and he keeps
Palavras-chave em inglês
Anthropology of Health
Health and Death of Children
Kaiowá and Guarani Indians
Therapeutic Itinerary
Resumo em inglês
This research investigates the meaning of health and infant illness for the Kaiowá and Guarani of the Indian Land of Caarapó, Mato Grosso do Sul, approaching the choices made in the therapeutic itinerary. It proposes to be identified the explanations and the circumstances in which the death of infants less than a year old of life occurred, according to the perception of this people. For the development of this research, we adopted the ethnographic contribution, in the sense of capturing the links among health similar events, illness and infant death to the elements of their context of life. The analysis in the meaning of health revealed that the symbolic events which defines them and are built daily, depend on the experiences on the person and their cosmological, social and environmental elements. The plans of casualty has shown the sensibility and the perception of this people facing infant health problems, informed by social, cultural and others aspects incorporated and reelaborated in the closeness with the health service available in the I.L. For the diarrhea and the infant malnutrition, it was identified the utilization of different interpretative plans of casualty: of environmental, social, and cultural order, assigned by simultaneous form or not. The analysis of the therapeutic itinerary allowed showing the importance of the negotiation process among the Kaiowá and Guarani with their society and the non-Indian society. In the process of negotiation with the interior family, it was observed that even it is not exempt of conflicts, mainly intergeneration. In the therapeutic itinerary, the Kaiowá and Guarani can appeal to his health system and to the biomedical, always considering the answer of each case and their comprehension of efficacy. In the use of homemade serum, it can be noticed that the people establish a therapeutic representation similar to determined types of homemade medicine, used in the preventive practice as well as a diarrhea treatment, while others utilize it according to the biomedicine orientations. The study has shown that the biomedical system is complementary to their health system, once comprehended the cure harnessed to their symbolic context. The facts of infant mortality analyzed have proved the quality reduction of statement registered of deaths. In the explanation of the infants death, the Kaiowá and Guarani utilize a religious orientation and the life situation. In the analyses of infant's deaths, can be noticed a persistent inequality, upon ignoring the explanations and the context of life of that people and their family groups where happened the deaths of infants and still by the fragilities in the service to the infant and to the pregnant women. It is highlighted the necessary development of actions in the health services, which consider these meanings and work in the perspective of the interior family as expert of the formation and the growth of the child.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RenataPicoli.pdf (930.03 Kbytes)
Data de Publicação
2009-04-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.