• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2020.tde-10032020-132232
Documento
Autor
Nombre completo
Roberto Teixeira de Lima
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2001
Director
Tribunal
Alvarenga, Augusta Thereza de (Presidente)
Carvalheiro, Jose da Rocha
Santos, Jair Licio Ferreira
Siqueira, Arnaldo Augusto Franco de
Vieira, Elisabeth Meloni
Título en portugués
Condições de nascimento e desigualdade social
Palabras clave en portugués
Assistência ao Parto
Assistência Pré-natal
Baixo Peso ao Nascer
Classe Social
Mortalidade Neonatal Precoce
Resumen en portugués
O presente trabalho toma como objeto de estudo as relações existentes entre condições de nascimento de crianças de baixo peso e não baixo peso ao nascer, condições de assistência e condições de classe. Busca reter as possibilidades e os limites para o emprego do conceito de classes sociais em pesquisas empíricas no campo da Saúde Pública e Coletiva tendo em vista as mudanças operadas no capitalismo atual pelo processo de globalização. A população estudada constitui-se de 137 recém-nascidos de baixo peso e 372 recém-nascidos de não baixo peso, pertencentes ao município de João Pessoa/PB. Os dados foram obtidos através de entrevista individual com parturientes que deram à luz nos hospitais públicos e privados da cidade, no período de abril a setembro de 2000. Foram observadas elevadas taxas de cesáreas, com predominância nos serviços privados, o que poderia estar determinando uma maior mortalidade neonatal precoce justamente para os neonatos de não baixo peso pertencentes à "burguesia". Em relação ao pré-natal pode-se observar que o maior risco materno-fetal coube aos neonatos de baixo peso e não baixo peso pertencentes ao "proletariado", cujas taxas estimadas de ausência de pré-natal foram de 33,4% e 27,1%, respectivamente, acima da média nacional. Quanto aos óbitos neonatais precoces uma descrição qualitativa dos mesmos permitiu identificar as estreitas relações existentes entre as condições de assistência ao pré-natal, ao parto e ao recém-nascido e as mediações que as condições de classe oferece. A despeito das limitações observadas no emprego do conceito de classes sociais, dada a redução teórico-metodológica operada para sua aplicação e as mudanças atualmente existentes nos processos de trabalho, pode-se considerar que a interpretação dos eventos perinatais como as condições de peso ao nascer e a mortalidade neonatal precoce são fenômenos complexos, de natureza tanto biológica quanto social, o que exige para sua melhor compreensão não só o conhecimento gerado pela Epidemiologia mas, igualmente, aquele gerado pelas Ciências Sociais.
Título en inglés
Birth conditions and social inequalities
Palabras clave en inglés
Assistance to Delivery
Early Neonatal Mortality
Low Birth Weight
Prenatal Care
Social Class
Resumen en inglés
The present work focuses on the existing relations between the birth conditions of low birth weight infants and infants weighing 2,500g and more, assistance conditions and class conditions. It attempts to analyse the possibilities and limits of the use of the concept of social classes in empirical research in the field of Public and Collective Health, in the light of the changes in the current form of capitalism brought about by the globalisation process. The studied population is composed of 137 low weight newborns and 372 newborns weighing 2,500g and more from the municipality of João Pessoa, state of Paraíba. The data were obtained by means of an individual interview with women who gave birth in the city´S public and private hospitals, between April and September 2000. The study observed that there were high rates of cesarean sections, predominantly in the private health services, which could be determining a higher rate of early neonatal mortality for the neonates weighing 2,500g and more belonging to the 'bourgeoisie'. With regard to prenatal care, the study observed that the low weight neonates and the neonates weighing 2,500g and more belonging to the "working class" had the highest mother and fetus risk, and the estimated rates of absence of prenatal care were 33.4% and 27.1%, respectively, higher than the national average. With regard to early neonatal deaths, a qualitative description allowed the identification of close relationships between the conditions of assistance given to prenatal care, to delivery and to the newborn and the mediations offered by class conditions. Despite the limitations of the use of the concept of social classes, due to the theoretical-methodological reduction that was operated in order to proceed to its application and the changes existing today in the labour processes, it is possible to consider that the interpretation of perinatal events such as birth weight conditions and early neonatal mortality are complex phenomena, that nature is both biological and social. Therefore, their understanding requires not only the knowledge generated by Epidemiology, but also that generated by the Social Sciences.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
DR_515_Lima_2001.pdf (21.23 Mbytes)
Fecha de Publicación
2020-03-10
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.