• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.6.2009.tde-24082009-152950
Documento
Autor
Nombre completo
Carlos Airton Severo Munhoz
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2009
Director
Tribunal
Tanaka, Ana Cristina D'Andretta (Presidente)
Tanaka, Oswaldo Yoshimi
Ymayo, Marcos Roberto
Título en portugués
Câncer de mama e organização de serviços: do atendimento básico à referência na Casa de Saúde Santa Marcelina Itaquera, no município de São Paulo
Palabras clave en portugués
0rganização de Serviço
Acessibilidade
Diagnóstico Precoce
Neoplasias Mamárias
Políticas de Saúde
Resumen en portugués
Introdução: O câncer da mama é uma das neoplasias mais extensivamente estudadas no mundo todo em muitos aspectos, inclusive em relação às suas características epidemiológicas, algumas bastante peculiares. Isso se deve ao fato de que o câncer de mama na mulher é uma das mais importantes causas de morbimortalidade por câncer em quase todas as populações do planeta desde a segunda metade deste século.Objetivos: Descrever as características de serviços públicos de atendimento ambulatorial em relação ao acesso e resolutividade de pacientes com diagnóstico de câncer de mama atendidas na referência da Casa de Saúde Santa Marcelina Itaquera São Paulo. Metodologia: Estudo exploratório sob uma perspectiva quantitativa, transversal e descritivo. Constituído por meio de uma amostra de 52 mulheres atendidas no Ambulatório de Mastologia no Centro de especialidades (AME) que recorreram ao serviço de junho à setembro de 2008 ,em um dia fixo na semana, e submeteram-se posteriormente à cirurgia para tratamento de câncer de mama. Foi utilizado um formulário de perguntas que permitiu conhecer o nível de informação e acessibilidade das mulheres com câncer de mama. A análise descritiva foi apresentada por meio de tabelas de frequências, médias e desvios padrões.Quando pertinente foi feito análise não paramétrica (qui-quadrado de Pearson).Os dados foram armazenados em planilha Excell e posteriormente analisadas utilizando o pacote estatístico STATA.Resultados:A maioria das pacientes estavam com mais de 50 anos (59,62 por cento).As mulheres foram responsáveis pela percepção de seu problema mamário pelo auto-exame(65,38 por cento). O nódulo foi o achado clínico e radiológico dominante (73,08 por cento), e o carcinoma ductal infiltrante foi o tipo histológico mais comum (88,47 por cento). Percentagem significativa das pacientes (61,54 por cento) não tiveram suas mamas palpadas pelos médicos.A unidade básica de saúde (82,69) foi o recurso mais procurado.Não houve demora no atendimento médico (61,54 por cento).O tempo de demora para ser atendida entre 3 e 6 meses ocorreu em 26,32 por cento das mulheres.Apenas 1 mulher (1,92 por cento) apresentou estadiamento 0.Houve 32(30,77 por cento) mulheres com mais de 50 anos,sendo que 68,75 por cento e 31,25 por cento apresentaram estadiamentos I,IIA,IIB e III,IV respectivamente. Conclusões: Apesar da casuística ser pequena para esta amostra os dados permitem concluir que apesar das mulheres freqüentarem o serviço de saúde, são elas as responsáveis pela percepção de seu problema mamário através do auto-exame e detectam mais o câncer de mama do que a atenção primária. Existe uma demora de mais de 6 meses entre o diagnóstico feito na UBS e o atendimento feito na referência potencializando a evolução do câncer de mama.
Título en inglés
Breast cancer and organization of services: the problem of the delayed diagnosis and treatment in patients of the Casa de Saúde Santa Marcelina unidade Itaquera of the city of São Paulo
Palabras clave en inglés
Breast Neoplasia
Health Politics
Organization of Services
Precocious Diagnosis Accessibility
Resumen en inglés
Introduction: The breast cancer is one of the most extensively studied cancers worldwide in many aspects, including in relation to its epidemiological characteristics, some very peculiar. This is due to the fact that breast cancer in women is one of the most important causes of morbidity and mortality from cancer in almost all populations of the planet since the second half of this century.Objectives: to describe the characteristics of public services of ambulatorial attendance in relation to the access and resolutivity of patients with diagnosis of breast cancer attended in the reference of the Casa de Saúde Santa Marcelina Itaquera Sao Paulo.Methodology: Exploratory study on a quantitative perspective, transverse and descriptive. Constituted by a sample of 52 women attended in the Outpatient Clinic of Mastology in the Center of Specialties which used the service from June to September 2008, on a fixed day in the week, and subsequently submitted to surgery for treatment of breast cancer. It was utilized a form of questions that permitted to know the level of information and accessibility of the women with breast cancer. The descriptive analysis was presented by means of tables of frequencies, averages and standard deviations. When appropriate was made the analysis not parametric (Pearson's chi-square). The data were stored in Excel spreadsheet and then analyzed using the statistical package STATA.Results:Most patients were age over 50 years (59.62 per cent). Women were responsible for the perception of their problem by breast self-examination (65.38 per cent). The nodule was the dominant clinical and radiological findings (73.08 per cent) and infiltrating ductal carcinoma was the most common histological type (88.47 per cent). Significant proportion of patients (61.54 per cent did not have its breasts examined for his doctors. A basic health unit (82.69) was the feature most searched.There was no delay in the medical attendance (61.54 per cent). The time of delay to be taken care of between 3 and 6 months occurred in 26,32 per cent of the women.Only 1 woman (1.92 per cent) had staging 0 for breast cancer.There were 32 (30.77 per cent) women with more than 50 years, and 68, 75 per cent and 31.25 per cent had stage I,IIA,IIB,IIA,IIB and III,IV respectively.Conclusions: Despite of the casuistic be small for this sample the data allow to conclude that despite of the women attend the service of health, they are responsible by the perception of her mammary problem through the auto-exam and detect more the breast cancer than the service of primary attention. There is a delay of more of 6 months between the diagnosis made in the UBS and the attendance made in the reference service , boosting the evolution of the breast cancer.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
CarlosMunhoz.pdf (348.96 Kbytes)
Fecha de Publicación
2010-03-09
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.