• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.6.2009.tde-25052009-134336
Documento
Autor
Nome completo
Vânia Muniz Néquer Soares
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Schor, Néia (Presidente)
Diniz, Carmen Simone Grilo
Morell, Maria Graciela Gonzalez Perez de
Pirotta, Katia Cibelle Machado
Souza, Kleyde Ventura de
Título em português
Intenções e comportamentos reprodutivos de mulheres que vivenciam alta fecundidade em um grande centro urbano
Palavras-chave em português
Comportamento Reprodutivo
Contracepção
Direitos Reprodutivos e Sexuais
Fecundidade
Planejamento Familiar
Saúde Reprodutiva e Sexual
Resumo em português
Introdução: As escolhas relacionadas à fecundidade são complexas e envolvem idéias e valores das sociedades e de seus integrantes. Existem muitos estudos que procuram explicar a fecundidade a partir de variáveis socioeconômicas e culturais, mas não indagam os motivos que teriam levado as mulheres a proceder de uma forma ou de outra para a formação de suas famílias. A fecundidade abaixo do nível de reposição é observada nos grandes centros urbanos brasileiros há algumas décadas, mas permanecem diferenciais intra-urbanos que precisam ser identificados, assim como seus determinantes. Objetivo: Identificar os diferenciais de fecundidade no município de Curitiba e contribuir para o conhecimento e entendimento do comportamento reprodutivo, motivações e vivência das mulheres com alta fecundidade. Metodologia: Pesquisa quantitativa e qualitativa, de caráter descritivo e exploratório. Analisou-se inicialmente a tendência da fecundidade e os diferenciais por bairro. O estudo na etapa quantitativa incluiu 441 mulheres residentes em Curitiba que tiveram o quinto ou mais filhos nascidos vivos em 2005, identificadas pelo SINASC. Para coleta dos dados nesta etapa utilizou-se questionário semi-estruturado. Os dados foram organizados em banco de dados Access e analisados com o uso do programa computacional Statistica v.8.0. Os sujeitos da etapa qualitativa constituíram-se de nove mulheres entrevistadas em profundidade a partir de roteiro temático. Os dados qualitativos foram interpretados seguindo os ensinamentos da "análise de conteúdo". Resultados: A taxa de fecundidade em Curitiba chegou a 1,5 filhos por mulher em 2005, mas com diferenciais intra-urbanos. Nove dos 75 bairros de Curitiba concentravam 59,6% das mulheres com alta fecundidade. Cerca de 90% das entrevistadas tiveram mais filhos do que desejavam. O número ideal de filhos referidos variou entre 2,4 e 2,9. No momento da entrevista 85% das mulheres usavam algum método contraceptivo com prevalência da laqueadura e da pílula. A esterilização voluntária foi efetivada para apenas 36,4% das mulheres e 42% dos homens solicitantes. A auto-avaliação de saúde não boa foi referida por 40% das mulheres. As entrevistadas relataram dificuldade de acesso aos programas de proteção social e à casa própria. Contribuíram para o maior número de filhos, as falhas dos programas de planejamento familiar, a falta de informação e domínio da negociação no uso dos métodos contraceptivos, as desigualdades de gênero e a vulnerabilidade psico-afetiva das mulheres. As entrevistadas da etapa qualitativa vivenciaram trajetórias reprodutivas e produtivas conflituosas marcadas pelas desigualdades sociais e de gênero. A maioria das mulheres do estudo apresentava elevada vulnerabilidade social. Conclusões: Uma diversidade de fatores, além dos socioeconômicos, exerce influência na definição da maternidade e do número de filhos. Identificou-se que são necessárias medidas que implementem o acesso à contracepção, a inclusão dos homens neste processo, a capacitação de profissionais para a assistência sexual e reprodutiva. São indispensáveis a promoção de políticas compatíveis para realização da maternidade, que facilitem a participação das mulheres no mercado de trabalho e promovam a eqüidade entre os sexos tanto neste mercado quanto no âmbito doméstico e medidas efetivas de proteção social. A liberação da laqueadura no pós-parto normal imediato foi recomendada, com vistas a agilizar e facilitar o acesso das mulheres a este procedimento.
Título em inglês
Reproductive intentions and behavior of women who experience high fecundity in a large urban center
Palavras-chave em inglês
Contraception
Family Planning
Fertility
Reproductive and Sexual Health
Reproductive and Sexual Rights
Reproductive Behavior
Resumo em inglês
Introduction: The choices concerning about fertility are complex because they involve ideas and values of societies and their members. Many studies seek to explain the fertility socioeconomic and cultural changeable but don't consider the women reasons to select one way or another to form their families. The fertility rate below the replacement is observed in Brazilians urban centers a few decades ago, but is necessary to identify the intra-urban differentials remain and its determinants. Objective: To identify the fertility differentials in Curitiba and to contribute to the women with high fertility reproductive behavior knowledge and comprehension, their motivations and experiences. Methodology: quantitative and qualitative researches, descriptive and exploratory in nature. The trend in fertility and the differentials were examined by neighborhood initially. The study included 441 women living in Curitiba which had the fifth or more children born alive in 2005 and identified by SINASC. In this step the data collect used a semi-structured questionnaire. They were organized in Access database and analyzed using the Statistica computer program, v.8.0. Nine women were the qualitative phase subjects interviewed in depth from thematic roadmap. Qualitative data were interpreted by following the teachings of the " contents analysis." Results: The rate of fertility in Curitiba reached 1.5 children per woman in 2005, but with intra-urban differentials. Nine of the 75 districts of Curitiba concentrated 59.6% of women with high fertility. About 90% of respondents had more children than desired. The ideal number of children referred ranged between 2.4 and 2.9. At the time of the interview 85% of women were using contraceptive methods, with prevalence of sterilization and the pill. The voluntary sterilization was carried out for only 36.4% of women and 42% of male applicants. The self-assessment of health "not good" was cited by 40% of women. Interviewees reported difficulty of access to programs of social protection and housing. Contributed to the largest number of children, the failures of programs for family planning, lack of information and area of negotiation in the use of contraceptive methods, inequalities of gender and psycho-emotional vulnerability of women. Subjects of qualitative stage experienced conflict trajectories reproductive and productive marked by social inequality and gender. Most women in the study had high social vulnerability. Conclusions: A variety of factors, in addition to the socioeconomic, exerts influence on the definition of motherhood and the number of children. It was identified that are necessary to implement the access to contraception, the inclusion of men in this process, the training of professionals for sexual and reproductive assistance. Its essential to promote politics for consistent implementation of motherhood, to facilitate the participation of women in the labor market and promote equity between the sexes in this market as both under domestic and effective measures of social protection. The release of sterilization in the immediate post-normal delivery was recommended, in order to expedite and facilitate women's access to this procedure.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
vaniamuniz.pdf (1.34 Mbytes)
Data de Publicação
2009-06-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.