• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.6.2019.tde-01102019-103541
Documento
Autor
Nome completo
Josane Cristina Souza Silva Alexandrino
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Pinto e Silva, Maria Elisabeth Machado (Presidente)
Junqueira, Antonio Helio
Gambardella, Ana Maria Dianezi
Oliveira, Julicristie Machado de
Título em português
Percepção do conceito de alimento saudável entre usuários de uma rede social online
Palavras-chave em português
Alimentação Saudável
Alimentos Saudáveis
Netnografia
Redes Sociais
Saúde Pública
Resumo em português
Introdução - As redes sociais online são responsáveis por movimentar grande parte das informações transmitidas atualmente na internet e podem interferir na vida das pessoas. Por se tratar de um aspecto que tem impacto direto na saúde, a alimentação saudável, compreendida como a prática alimentar adequada às particularidades biológicas e socioculturais dos indivíduos e à sustentabilidade na produção, pode se tornar assunto de discussões entre usuários. Objetivo - Investigar a percepção de usuários de grupos de discussão sobre alimentos saudáveis da redez social Facebook. Métodos - Como campo de pesquisa foram selecionados 5 grupos de discussão sobre alimentação saudável hospedados no Facebook. Foram analisados textos, vídeos, imagens, discussões e comentários sobre o tema, que foram complementados com entrevistas online e notas de campo utilizando a netnografia (etnografia online) para coleta e análise dos dados. Resultados - Observou-se que usuários classificam os alimentos de acordo com sua composição e capacidade de influenciar no peso corporal, independentemente da quantidade que será consumida. Alimentos como doces, pães, massas, arroz e tubérculos são considerados não saudáveis pelo teor de carboidratos, e assim influenciar no ganho de massa corporal, e as bebidas açucaradas, fast food, alimentos industrializados ricos em açúcares, sódio e gorduras por serem prejudiciais à saúde. Enquanto frutas, verduras e legumes, leites e seus derivados e carnes magras são tidos como saudáveis, pois acreditam que promovam a perda e manutenção do peso e da saúde. Os grupos de discussão sobre alimentação saudável são explorados, em especial, pela divulgação de receitas e informações sobre alimentos, e os emojis, comentários e curtidas são manifestações observadas para análise do comportamento. Conclusões - Observou-se que a maioria dos usuários de grupos de discussão do Facebook faz uso da classificação dos alimentos em saudáveis ou não saudáveis conforme seu interesse ou para a perda ou manutenção do peso. Esses grupos são espaços relevantes que permitem o compartilhamento de conhecimento, experiências e seu uso como fonte de pesquisa. Apesar disso, a falta de informações confiáveis pode levar os usuários a fazer classificação equivocada dos alimentos e prejudicar sua saúde. Dessa forma, é pertinente que autoridades e profissionais da área da saúde utilizem os espaços online para planejar estratégias que ampliem a divulgação de informação segura para contribuir com a educação em saúde da população.
Título em inglês
Perception of the concept of healthy food by users of an online social network
Palavras-chave em inglês
Healthy Food
Healthy Foods
Netnography
Public Health
Social Networks
Resumo em inglês
Introduction - Online social networks are responsible for moving much of the information currently transmitted on Internet and are able to interfere with people's lives. Being an aspect that has a direct impact on health, healthy eating, known as the adequate food practice to individual's biological and socio-cultural particularities, and to the sustainable production, can become subject of discussions among users. Objective - Investigate Facebook social network's users' perception over healthy food. Methods - As search field were selected 5 health eating discussion groups hosted on Facebook. Texts, videos, images, discussions and comments over the theme were analyzed, which were complemented by online interviews and field notes by using netnography (online ethnography) for data collection and analysis. Results - Was observed that users classify foods according to its compositions and capability of influence body weight, regardless of consumed amount. Foods such as sweets, breads, pasta, rice and tubers are considered not healthy because of their carbohydrate content, and thus influence on body mass gain; and sugary beverages, fast food, industrialized food rich in sugar, sodium and fat for being harmful for health. While fruits, vegetables and legumes, dairy products and lean meats are considered healthy, because they believe it promotes health, loss and maintenance of weight. Health food discussion groups are explored, specially, due to its divulgation of recipes and food information. In which "emoji", "comments" and "likes" are manifestations observed for behaviors analyses. Conclusions - Was observed that most Facebook discussion group users classified foods as healthy and unhealthy, according to its interest or aiming loss and maintenance of weight. These groups are a relevant space that allows knowledge and experiences share, and its use as search source. Nevertheless, the lack of reliable information can lead users to misclassify food and harm their health. Therefore, it is pertinent that authorities and health professionals use online spaces to plan strategies that amplify reliable information's dissemination to contribute to people health education.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.