• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2013.tde-08042013-090939
Documento
Autor
Nome completo
Karen Marianne Soares Caldeira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Souza, Sonia Buongermino de (Presidente)
Benicio, Maria Helena D' Aquino
Gimeno, Suely Godoy Agostinho
Título em português
Excesso de peso e sua relação com a duração do aleitamento materno em pré-escolares de um município de Minas Gerais, MG
Palavras-chave em português
Aleitamento Materno
Obesidade Infantil
Resumo em português
Introdução - A obesidade vem aumentando de forma expressiva, inclusive em crianças e adolescentes, e traz consigo comorbidades graves. O aleitamento materno tem sido relacionado como fator preventivo de muitas doenças e, nos últimos anos, tem sido verificado o papel de proteção do aleitamento contra a obesidade na infância. Objetivo - Verificar a prevalência de excesso de peso e sua relação com a duração do aleitamento materno em crianças de 48 a 60 meses. Métodos - Estudo transversal, no qual foram coletados dados antropométricos (peso e estatura) de crianças de 48 a 60 meses, de escolas públicas do município de Capitólio, MG, para cálculo de índice de massa corpórea (IMC) e sua classificação nutricional. Foram coletados, também, por meio de questionário respondido pela mãe da criança, dados sobre a duração do aleitamento materno, introdução de chá, de outros leites e alimentação atual da criança, além de variáveis demográficas e socioeconômicas. Excesso de peso foi considerado variável desfecho. A variável explanatória principal foi o aleitamento materno e as variáveis de controle foram a alimentação atual e as variáveis demográficas e socioeconômicas. A relação entre o desfecho e as variáveis explanatórias foi verificada por meio de regressão logística. Resultados A prevalência de crianças com excesso de peso foi de 9,59 por cento . O aleitamento materno exclusivo (AME) até os 6 meses ou mais foi oferecido a 32,11 por cento das crianças, sendo que 18,81 por cento das população pesquisada nunca recebeu AME. O presente estudo sugere uma relação positiva entre a presença de AME e a prevenção do excesso de peso em crianças de 48 a 60 meses para a categoria de AME por 6 meses ou mais (OR=0,15; IC95 por cento 0,03-0,77; p=0,023). Relação semelhante não foi encontrada para o aleitamento materno total. Considerações Finais: O AME, além dos benefícios já comprovados em literatura, apresentou no presente estudo efeito protetor contra a obesidade infantil, mesmo após análise logística multivariável que incluía variáveis controle. O investimento em políticas de promoção, proteção e incentivo ao aleitamento materno tornam-se cada vez mais relevantes
Título em inglês
Overweight and its relation to the duration of breastfeeding among preschool children in a municipality of Minas Gerais, MG
Palavras-chave em inglês
Breast Feeding
Child Obesity
Resumo em inglês
Introduction - Obesity is increasing significantly, including in children and adolescents, and brings with it severe comorbidities. Breastfeeding has been linked as a prevention of many diseases and, in recent years, it has been observed the protective role of breastfeeding against childhood obesity. Objective - To investigate the prevalence of overweight and its relationship with duration of breastfeeding in children 48 to 60 months. Methods - Cross-sectional study in which anthropometric data (weight and height) of children 48-60 months of public schools of CapitólioMG, for calculation of body mass index (BMI) and their nutritional classification. Were also collected, through a questionnaire answered by the child's mother, data of breastfeeding duration, introduction of tea, other kind of milk and current feeding, as well as demographic and socioeconomic variables. Overweight was considered the outcome variable. The main explanatory variable was breastfeeding and the control variables were current feeding and demographic and socioeconomic variables. The relationship between the outcome and explanatory variables was assessed through logistic regression. Results - The prevalence of overweight children was 9.59 per cent . Exclusive breastfeeding (EBF) until 6 months or more was offered to 32.11 per cent of children, with 18.81 per cent of the surveyed population never received EBF. This study suggests a positive relationship between the presence of EBF and prevention of overweight in children 48 to 60 months for the category of EBF for 6 months or more ( OR = 0.15, 95 per cent CI 0.03 to 0.77, p = 0.023). Similar relationship was not found for total breastfeeding. Final Thoughts: The EBF, and its benefits have been proven in the literature, the present study showed a protective effect against childhood obesity, even after multivariable logistic analysis that included control variables. The investment in promotion, protection and encouragement of breastfeeding policies become increasingly relevant
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
KarenMarianne.pdf (1.25 Mbytes)
Data de Publicação
2013-05-29
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.