• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.6.2011.tde-09092011-115514
Documento
Autor
Nome completo
Thiago Hérick de Sá
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Florindo, Alex Antonio (Presidente)
Andrade, Luiz Odorico Monteiro de
Monteiro, Carlos Augusto
Título em português
Construção e avaliação de um programa educativo para a promoção de atividade física junto a Equipes de Saúde da Família
Palavras-chave em português
Atividade Motora
Educação em Saúde
Estratégia de Saúde da Família
Profissional de Educação Física
Teoria Educacional de Paulo Freire
Resumo em português
INTRODUÇÃO: Promover a atividade física na atenção básica passa por mudar sua representação social, de técnica curativa e reparadora, junto aos profissionais de saúde. Isto se dará, dentre outras ações, pela educação transformadora do ser, a partir da problematização do mundo em que vive, em consonância com a proposta da Política Nacional de Educação Permanente, que rege as ações de formação em saúde na Estratégia de Saúde da Família. OBJETIVO: Construir e avaliar um programa educativo com os profissionais das equipes de saúde da família para a promoção de atividade física. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de intervenção com grupo controle, com trabalhadores de saúde de duas Unidades Básicas de Saúde de Ermelino Matarazzo, Município de São Paulo. O programa educativo foi composto de seis encontros de uma hora e meia de duração, entre julho e outubro de 2010. Os referenciais teóricos da construção do programa foram a Teoria Educacional de Paulo Freire e a Educação Permanente. Para o processo de investigação temática, foram realizados dois grupos focais ao início do estudo e para a avaliação do efeito do programa educativo sobre o significado da prática de atividade física e aconselhamento sobre atividade física, realizou-se um grupo focal com os participantes ao final do programa. Além disso, todos os encontros foram registrados pelo professor e por um observador independente. Todo o material qualitativo foi analisado segundo o método de análise da conversação e da fala. O efeito do programa sobre comportamentos de saúde relacionados à atividade física foi avaliado a partir da comparação dos grupos segundo a média das diferenças dos valores antes e depois da intervenção para as variáveis de atividade física no tempo livre e de deslocamento, o uso de televisão e de computador, e a soma de barreiras para a prática de atividade física no tempo livre, a partir do teste U de Mann-Whitney. Adotou-se como nível de significância o valor de p < 0,05 para todas as análises. RESULTADOS: O programa educativo para a promoção de atividade física teve ótima aceitação entre os ACS e auxiliares de enfermagem, tendo sido observadas alterações positivas sobre o significado da prática de atividade física e nova percepção sobre o aconselhamento feito pelos profissionais. Foram observados importantes limitantes institucionais à promoção de atividade física. CONCLUSÃO: O programa educativo promoveu alterações positivas no significado da prática de atividade física e na qualidade do aconselhamento junto aos profissionais de saúde, sendo também reconhecido por estes como espaço de diálogo e acolhimento. Entretanto, para que as potencialidades do programa sejam plenamente aproveitadas, é imprescindível superar limitantes institucionais à promoção de atividade física e de aprendizagem em serviço
Título em inglês
Construction and evaluation of an education program for the promotion of physical activity together with family health teams
Palavras-chave em inglês
Health Education
Health Family Strategy
Motor Activity
Paulo Freire´s Educational Theory
Physical Education Professional
Resumo em inglês
INTRODUCTION: Promoting physical activity in primary care must consider changing its social representation of a curative and restorative technique from health professionals. This will occur, among other actions, by the transforming education, from questioning the world we live, according to the National Policy of Permanent Education, which guides the educational actions of the Health Family Strategy. OBJECTIVE: To construct and evaluate an education program for the promotion of physical activity together with family health teams. METHODS: We conducted a controlled intervention with workers from two primary healthcare units in Ermelino Matarazzo, municipality of Sao Paulo. The education program consisted of six meetings of one hour and a half each (nine hours total), between July and October of 2010. The theoretical frameworks for its construction were the Educational Theory of Paulo Freire and the Permanent Education. Two focus groups were held at the beginning of the program to investigate the minimum thematic universe and another focus group was held at the end to evaluate the effect of the education program on the meaning of the practice and counseling about physical activity. Also, all meetings were reported by the professor and by an independent observer. Qualitative data were analyzed using the speech and conversation analysis method. The programs effects on health behaviors related to physical activity were evaluated by comparing both groups according to free time physical activity, active commuting, use of television and computer, and the sum of barriers reported for free time physical activity practice. Mann-Whitney was used and significance level of p < 0,05 was adopted for all analysis. RESULTS: The education program for physical activity promotion had great acceptation among lay health workers and assistant nurses. Positive changes were observed in the meaning of the practice and counseling about physical activity. We also identified important institutional obstacles for physical activity promotion. CONCLUSION: The education program for physical activity promotion led to positive changes over the meaning of the practice and counseling about physical activity among health professionals, being also recognized by them as a space for dialogue and care. However, if we want to fully use all the programs potentialities, it is indispensable to overcome institutional limits for physical activity promotion and health education
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ThiagoSa.pdf (1.80 Mbytes)
Data de Publicação
2011-10-03
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • Sá, Thiago Hérick de, e FLORINDO, Alex Antonio. Efeitos de um programa educativo sobre práticas e saberes de trabalhadores da Estratégia de Saúde da Família para a promoção de atividade física. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde [online], 2012, vol. 17, n. 4, p. 293-299. [acesso 2013-04-19]. Disponível em : <http://sbafs.org.br/_artigos/551.pdf>
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.