• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Lígia Cardoso dos Reis
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Jaime, Patrícia Constante (Presidente)
Loch, Mathias Roberto
Lopes, Aline Cristine Souza
Lourenço, Bárbara Hatzlhoffer
Título em português
Tecnologias de apoio à implementação do guia alimentar para a população brasileira na atenção básica
Palavras-chave em português
Atenção Primária à Saúde
Educação Alimentar e Nutricional
Guias Alimentares
Pessoal de Saúde
Psicometria
Resumo em português
Introdução: A disseminação das recomendações de guias alimentares é vista globalmente como primordial na agenda de promoção da alimentação adequada e saudável, destacando-se a capacitação dos seus facilitadores. Objetivo: Desenvolver e validar tecnologias de apoio à implementação do Guia Alimentar para a População Brasileira na Atenção Básica em Saúde (ABS). Metodologia: Foram produzidos três manuscritos sobre desenvolvimento e validação de instrumentos de aferição. Artigo 1 - GAB1 (escala de mensuração do conhecimento de profissionais de saúde da ABS sobre o Guia Alimentar) foi desenvolvida e validada em seis etapas: desenvolvimento dos itens, validação de conteúdo com painel de juízes, validação aparente com potenciais usuários da escala, reavaliação online, aplicação online com profissionais de saúde da ABS de todas as macrorregiões brasileiras e análise fatorial confirmatória para validação de constructo. Artigo 2 - GAB2 (escala de mensuração da autoeficácia e eficácia coletiva de profissionais de saúde da ABS para aplicar o Guia Alimentar) passou pelas mesmas etapas metodológicas do artigo 1. Artigo 3 - GAB3 (escala de avaliação da abordagem do Guia Alimentar por profissionais de saúde da ABS em intervenções educativas) foi desenvolvida, validada e testada em cinco etapas: desenvolvimento dos itens; validação de conteúdo com painel de juízes; validação aparente com potenciais usuários da escala; reavaliação online; teste e reteste para análise da concordância e confiabilidade intra e interobservadores com especialistas aplicando GAB3 na avaliação de 4 vídeos produzidos para o estudo. Resultados: Artigo 1 - GAB1 foi desenvolvida com 25 itens, passando para 22 itens após validação de conteúdo e aparente. Na reavaliação, 21 itens foram considerados claros e representativos do Guia Alimentar e 1 foi excluído. Essa versão da escala foi aplicada pela internet com 209 profissionais de saúde da ABS. Foram excluídos 5 itens na análise fatorial confirmatória, sendo 4 por células bivariadas vazias e 1 por baixa discriminação. O modelo final com 16 itens compondo 1 dimensão retornou bons índices de ajuste. O pico de informação da escala esteve abaixo da média. Artigo 2 - GAB2 foi desenvolvida inicialmente com 22 itens, chegando a 24 itens divididos igualmente em 2 seções (autoeficácia e eficácia coletiva) após validação de conteúdo e aparente. Todos os itens foram considerados claros e representativos do Guia Alimentar na reavaliação. O modelo multidimensional da GAB3 apresentou excelentes índices de adequação na análise fatorial confirmatória e a versão final obteve pico de informação na média. Artigo 3 - GAB3 teve seus itens reduzidos de 72 para 25 na validação de conteúdo. Na validação aparente passou para 17 itens, acompanhando manual de preenchimento revisado posteriormente por especialistas. Todos os itens foram considerados claros e representativos do Guia Alimentar na reavaliação e ajustes de conteúdo no manual foram realizados nessa etapa. Trinta especialistas no Guia Alimentar empregaram GAB3 assistindo aos vídeos no teste e 28 no reteste. Todos os vídeos obtiveram kappas combinados >0,4. No teste-reteste, 1 avaliador teve concordância consigo mesmo <0,4 e para confiabilidade, 2 avaliadores apresentaram kappa <0,4. Conclusões: Foram produzidas escalas e vídeos como tecnologias de apoio à implementação do Guia Alimentar na ABS.
Título em inglês
Technologies to support the implementation of the dietary guidelines for the Brazilian population in primary health care
Palavras-chave em inglês
Food and Nutrition Education
Food Guide
Health Personnel.
Primary Health Care
Psychometrics
Resumo em inglês
Introduction: The dissemination of dietary guidelines is globally seen as crucial for the healthy eating promotion policies, especially those targeting the training of facilitators. Objective: To develop and validate technologies to support the implementation of the Brazilian Dietary Guidelines (BDG) in Primary Health Care (PHC). Methodology: Three manuscripts about development and validation of measurement tools were written. Manuscript 1 - GAB1 (scale for measuring the knowledge of PHC professionals about the BDG) was developed and validated in six steps: items' development, content validation with panel of experts, face validation with potential users, online reevaluation by health professionals and experts, online application with PHC professionals working all over Brazil's macro-regions, confirmatory factor analysis to investigate construct validity. Manuscript 2 - GAB2 (scale for measuring the self-efficacy and collective efficacy of PHC professionals to apply the BDG) were submitted to the same procedures described in manuscript 1. Manuscript 3 - GAB3 (scale for evaluating the implementation of the BDG in PHC educational interventions) was developed, validated and tested in five steps: items' development; content validation with panel of experts; face validation with potential users; online reevaluation; test-retest to analyze intra and interobserver agreement and reliability with experts applying GAB3 while watching 4 videos produced for this study. Results: Manuscript 1 - GAB1 was initially developed with 25 items and it was reduced to 22 items after content and face validation. GAB1's items were considered clear and representative of the BDG, with exception of 1 item that was excluded when the scale was reevaluated. This version of the scale was applied to 209 PHC professionals through a website. In the confirmatory factor analysis, GAB1's initial model constituted by 21 items had 5 items excluded: 4 returned bivariate empty cells and 1 with lowest discrimination value. All the fit indices returned a well-fitted model constituted by 16 items loaded onto 1 dimension, with peak of information centered below the mean. Manuscript 2 - GAB2 was initially developed with 22 items and it reached 24 items equally divided in part A (self-efficacy) and B (collective efficacy) after content and face validation. All GAB2's items were considered clear and representative of the BDG when reevaluated. GAB2 showed to have excellent fit indices, with peak of information centered around the mean. Manuscript 3 - GAB3's items were reduced from 72 to 25 after content validation. The scale reached 17 items in the face validation accompanied by a completion manual, reviewed by specialists. All the 17 items were considered clear and representative of the BDG when reevaluated and adjustments in the manual's content were made. Thirty raters applied GAB3 to watch the videos for test and 28 for the retest. All videos obtained combined kappa values>0.4. In the test-retest, only one rater had an agreement <0.4 and for reliability, only two raters had kappa values <0.4. Conclusions: Scales and videos were produced as technologies to support the implementation of the BDG in PHC.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LigiaReis_DR_O.pdf (6.46 Mbytes)
Data de Publicação
2019-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.