• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.6.2010.tde-28092010-122716
Documento
Autor
Nombre completo
Daniel Henrique Bandoni
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2010
Director
Tribunal
Jaime, Patrícia Constante (Presidente)
Monteiro, Carlos Augusto
Souza, Jose Maria Pacheco de
Spinelli, Monica Gloria Neumann
Veloso, Iracema Santos
Título en portugués
Impacto de intervenção para promoção do consumo de frutas e hortaliças em empresas cadastradas no Programa de Alimentação do Trabalhador
Palabras clave en portugués
Estudos de intervenção
Frutas
Legumes e verduras
Programas e políticas de nutrição e alimentação
Promoção da saúde
Resumen en portugués
Introdução: O baixo consumo de frutas e hortaliças é um importante fator de risco para diversas doenças crônicas e obesidade. Na população brasileira, o consumo destes alimentos é tradicionalmente abaixo das recomendações internacionais. Dentro deste cenário, os locais de trabalho vêm atraindo cada vez mais interesse como ambientes propícios para o desenvolvimento de ações de promoção de alimentação saudável direcionadas à população adulta. Objetivo: Avaliar o impacto de uma intervenção para aumentar a oferta e o consumo de frutas e hortaliças em empresas cadastradas no Programa de Alimentação do Trabalhador. Métodos: Trata-se de um estudo de intervenção com amostra de 29 empresas divididas em dois grupos: intervenção (n=15) e controle (n=14). Avaliou-se uma amostra de trabalhadores em todas as empresas participantes do estudo para verificar os efeitos da intervenção sobre o consumo de frutas e hortaliças. A intervenção foi baseada no modelo ecológico de promoção de saúde, teve quatro etapas com duração total de seis meses. A coleta de dados ocorreu em dois momentos: antes e após a intervenção. O efeito da intervenção foi investigado por meio de dois indicadores: oferta em gramas de frutas e hortaliças nas refeições servidas nas empresas e o consumo em gramas destes alimentos pelos trabalhadores. De forma secundária, avaliou-se o impacto da intervenção sobre a oferta de energia, macronutrientes e fibras nas refeições. Para avaliar o efeito da intervenção sobre a oferta de alimentos e nutrientes nas refeições, realizou-se comparação entre os grupos intervenção e controle e a comparação intra-grupos antes e após a intervenção. Para o consumo dos trabalhadores, utilizou-se análise de regressão linear para avaliar a mudança no consumo no grupo intervenção após a intervenção. Resultados: A oferta de frutas e hortaliças aumentou de forma significativa após a intervenção nos cardápios oferecidos pelas empresas no grupo intervenção, cerca de + 49g, enquanto não houve variação no grupo controle. Também se observaram efeitos positivos na oferta de fibras e redução na oferta de gorduras. A intervenção também aumentou o consumo de frutas e hortaliças entre os trabalhadores nas refeições oferecidas pelas empresas, o aumento médio foi de 11g, após ajustes pelas variáveis sociodemográficas dos trabalhadores. Conclusão: A intervenção apresentou impacto positivo sobre a oferta e consumo de frutas e hortaliças no ambiente de trabalho
Título en inglés
Impact of an intervention to promote consumption of fruits and vegetables in companies participating in the Worker Food Program
Palabras clave en inglés
Fruits and vegetables
Health promotion
Intervention studies
Nutrition programs and policies
Resumen en inglés
Introduction: The low consumption of fruits and vegetables is an important risk factors for several chronic diseases and obesity. In the Brazilian population the consumption of these foods is traditionally lower of international recommendations. In this context, the workplace environment is considered to promote healthy food, comprising large portion of the adult population. Objective: To evaluate the impact of an intervention to increase the availability and consumption of fruits and vegetables in companies participating in the Worker Food Program. Methods: It was a randomized intervention involving a sample of 29 companies divided in two groups: intervention (n=15) and control (n=14). A sample of workers in all companies participating in the study was evaluated in order to assess the effects of intervention on the consumption of fruits and vegetables. The intervention was based on the ecological model of health promotion, with 4 different stages for 6 months. Data collection occurred in two stages, before the intervention and after intervention. The effect of the intervention was investigated using two indicators: the availability in grams of fruit and vegetables in meals served in companies and consumption in grams of food by employees. Secondarily, the impact of intervention on the availability of energy, macronutrients and fiber in meals was assessed. It was made a comparison between the intervention and control groups and intra-group comparison before and after intervention to evaluate the effect of intervention on the availability of food and nutrients in meals. For the consumption of workers we used linear regression analysis to evaluate the change in consumption in the intervention group after the intervention. Results: The availability of fruits and vegetables in the meals offered by companies in the intervention group increased about +49g, while no changes in the control group. Also, it was observed positive effects on the availability of fiber and fat reduction in meals. The intervention also increased fruits and vegetables consumption among workers, the mean increase was 11g, after adjusting for sociodemographic variables of workers. Conclusion: The intervention has presented a positive impact on the availability and consumption of fruits and vegetables in the workplace
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
tese_daniel_bandoni.pdf (293.12 Kbytes)
Fecha de Publicación
2010-09-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.