• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.6.2019.tde-27082019-131642
Documento
Autor
Nombre completo
Katia Valéria Manhabusque
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Leone, Claudio (Presidente)
Bezerra, Italla Maria Pinheiro
Abreu, Luiz Carlos de
Alves, Rosana
Título en portugués
Hipertensão arterial em adolescentes de 10 a 14 anos e sua relação com a composição corporal e crescimento estatural
Palabras clave en portugués
Adolescentes
Composição Corporal
Hipertensão Arterial
Resumen en portugués
Introdução. Alguns fatores de risco para doenças cardiovasculares, entre eles a hipertensão arterial (HA), têm sido cada vez mais prevalentes entre adolescentes brasileiros e acompanham a tendência de crescimento dos casos de excesso de peso, inatividade física, alimentação inadequada e aumento do percentual de gordura corporal nessa população. Objetivo: Avaliar se os níveis pressóricos de adolescentes jovens, frequentadores de escolas públicas estaduais da Região Metropolitana da Grande Vitória - ES, têm relação com o crescimento estatural alcançado e a composição corporal. Método: Estudo epidemiológico, transversal sendo incluídos estudantes de 10 a 14 anos, de ambos os sexos, em escolas públicas da região metropolitana de Vitória-ES As variáveis de estudo foram: peso, idade, estatura, estádio puberal , atividade física e composição corporal. O estado nutricional foi definido pelo índice de massa corporal para idade (IMC/I), em escore z e pelo índice de massa tri ponderal (TriMC). Foram mensuradas as dobras cutâneas bem como os perímetros do braço, circunferência da cintura e razão cintura pela estatura. O percentual de gordura foi definido por impedânciometria elétrica bipolar. A pressão arterial foi categorizada em 3 estágios: pré-hipertensão, hipertensão estágio 1 e hipertensão estágio 2. Resultados: O estudo avaliou 817 adolescentes de 10 a 14 anos, a mediana de idade foi de 12,9 anos, sendo 340 do sexo masculino e 477 do sexo feminino. A prevalência de adolescentes com pressão alterada foi 20,6%, incluindo pré hipertensão e hipertensão. O diagnóstico nutricional identificou excesso de peso em 27,7% adolescentes, sendo que 9,0% deles eram obesos. Em relação ao estádio puberal, observou-se que mais de 50% das meninas atingiram estádio T2- T3 de maturação sexual pelos critérios de Tanner entre 10 e 12 anos e os meninos entre 11 e 13 anos. O índice de massa corpórea (IMC) no sexo feminino apresentou valores acima do encontrado no sexo masculino exceto na idade de 10 anos. Aos 11 e 12 anos o peso e a estatura média do sexo feminino foram maiores quando comparada ao sexo masculino. A média e desvio padrão dos valores encontrados referentes às dobras cutâneas e perímetros corporais foram maiores no sexo feminino quando comparados ao sexo masculino. Não houve correlação entre os valores da estatura para idade e a pressão arterial sistólica ou diastólica. Alteração da adiposidade corporal foi diagnosticada em 149 adolescentes (18,2%) e houve correlação com a prevalência de hipertensão arterial. Conclusões: A estatura final dos adolescentes não apresentou correlação com os níveis de pressão arterial sistólica ou diastólica. Em relação a composição corporal, a variável TriMC foi a que melhor discriminou o risco de pré-hipertensão e hipertensão arterial.
Título en inglés
High blood pressure in adolescents aged 10 to 14 years and its relation to body composition and stature growth
Palabras clave en inglés
Adolescents
Blood Hypertension
Body Composition
Resumen en inglés
Background: Some risk factors to develop cardiovascular diseases, including high blood pressure, have been more prevailing among Brazilian adolescents. This is related to the growth trend in cases of overweight, physical inactivity, inappropriate eating and increase of percent body fat in this population. Objective: To evaluate if the achieved height growth and the body composition represented by anthropometric data are related to the levels of systolic and diastolic blood pressure in adolescents. Method: Epidemiological study with cross-sectional cohort, which included students from 10 to 14 years old of both sexes, in public schools. The variables of the study were: weight, age, height, pubertal stage and physical activity. The nutritional status was set by the body mass index for age (BMI/age) in z score and by the Tri-ponderal mass index (TMI). It was measured the skin folds, the mid-arm circumference, the waist circumference and waist-to-height ratio. The body fat percentage was set by bipolar electrical bioimpedance. The high blood pressure was categorized in 3 stages: pre-hypertension, stage 1 hypertension and stage 2 hypertension. Results: The study evaluated 817 adolescents from 10 to 14 years old, the median of age was 12.9 years old, in which 340 are male and 477 are female. The prevalence of adolescents with altered pressure was 20.6% including pre-hypertension and hypertension. The nutritional diagnosis identified overweight in 27.7% of adolescents, in which 9.0% were obese. Regarding the pubertal stage, it was observed that more than 50% of girls reached the stage T2 - T3 of sexual maturation between 10 and 12 years old according to Tanner's criteria, and the boys between 11 and 13 years old. The body mass index (BMI) of females presented values above what was found in males, except for the age of 10 years old. At 11 and 12 years old, the medium weight and height of females were higher when compared to males. The average and standard deviation of the values found for skin folds and body circumferences were higher for females when compared to males. There was no correlation between the values of height for age and systolic and diastolic blood pressure. Alteration in body fat was diagnosed in 149 adolescents (18.2%) and there was correlation with the prevalence of arterial hypertension. Conclusion: the final height of adolescents did not present correlation with the levels of systolic and diastolic blood pressure. Regarding the body composition, the variable TMI was the one that best discriminated the risk of pre-hypertension and high blood pressure.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-12-12
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.