• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
Documento
Autor
Nombre completo
Maíra Carolina Polydoro Ribeiro
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Martins, Cleide Lavieri (Presidente)
Feuerwerker, Laura Camargo Macruz
Furtado, Lumena Almeida Castro
Matumoto, Silvia
Título en portugués
Integração ensino-serviço-comunidade: um estudo de caso sobre a gestão municipal
Palabras clave en portugués
Educação Permanente em Saúde
Formação Profissional em Saúde
Gestão em Saúde
Serviços de Integração Docente-Assistencial
SUS
Resumen en portugués
Introdução - A integração ensino-serviço-comunidade (IESC) durante o processo formativo em saúde deriva das práticas realizadas por estudantes no interior dos hospitais, voltadas à aquisição de conhecimentos procedimentais. Recentemente, a inclusão dos estudantes na rede de serviços de saúde, em ambientes extra-hospitalares, esteve relacionada à inclusão dos aspectos humanistas e sociais nos currículos e à adoção da integralidade durante a formação superior. A aproximação entre os mundos do ensino e do trabalho abarca uma complexidade decorrente de seus diversos atores, mas também das transformações ocorridas no ensino superior, na concepção sobre o processo saúde-doença, na institucionalização crescente do trabalho em saúde e, consequentemente, na gestão dos serviços enquanto organizações. Aos gestores municipais incumbem o engendramento da integração ensino-serviço-comunidade e o enfrentamento do modelo biomédico vigente nas escolas e nas práticas profissionais, com vistas à qualificação do trabalho, da formação e da atenção à saúde. Objetivo - Conhecer e compreender os dispositivos e arranjos da gestão municipal para a integração ensino-serviço-comunidade e suas conexões com a formação em saúde no SUS. Método - Investigação qualitativa do tipo estudo de caso, que busca descrever, analisar o contexto, as relações e as percepções a respeito da integração ensino-serviço-comunidade sob a perspectiva da gestão municipal. A base empírica foi constituída por 19 entrevistas semiestruturadas com gestores estaduais/regionais, gestores municipais, gestores locais, preceptores e docentes de dois municípios da região do Grande ABC/SP, e por análise documental. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo. Resultados e discussão - Cinco categorias analíticas emergiram dos dados produzidos: o lugar da IESC na gestão municipal, os pactos interorganizacionais, os cenários de prática, os preceptores e as atividades nos cenários de prática. Dentre as conquistas nesta área, estão a diversificação dos cenários de ensino-aprendizagem, a ampliação do escopo de ações oferecidas nas unidades de saúde pela presença dos estudantes, e a retomada dos estudos pelos trabalhadores que exercem a preceptoria. As iniciativas de integração ensino-serviço-comunidade ainda revelam relações assimétricas entre instituições de ensino e sistema de saúde, com maior interferência do primeiro sobre o segundo, com pouca participação dos alunos e da população na definição das parcerias e na pactuação das ações. Os responsáveis pela Educação Permanente em Saúde devem também participar da gestão da integração ensino-serviço-comunidade nos municípios, para que se possa pensar em uma proposta mais global que vise realizar simultaneamente convênios que envolvam EPS e IESC. Ainda, mecanismos de gestão colegiada e compartilhada, de múltiplas vias entre a gestão municipal e a atenção à saúde são facilitadores ao sucesso da IESC. No entanto, faltam políticas que assumam que o SUS é escola de forma contundente, com adequada legislação e financiamento que possibilitem as condições para a melhoria da formação, da gestão, da atenção e do controle social.
Título en inglés
Teaching-service-community integration: a case study about the municipal management
Palabras clave en inglés
Education in Health
Health Management
Professional Training in Health
SUS
Teaching Care Integration Services
Resumen en inglés
Introduction- The teaching-service-community integration, during the formative process in health derives from the practices performed by students inside the hospitals, focused on the acquisition of procedural knowledge. More recently, the inclusion of students in the health services network in extrahospital settings was related to the inclusion of humanistic and social aspects in the curricula and to the adoption of integrality during higher education. The approximation between the worlds of teaching and work encompasses a complexity arising from its various actors, but also from the transformations in higher education, conception about the health-disease process, the increasing institutionalization of health work and, consequently, the management of services as organizations. The municipal managers are responsible for engendering the teaching-service-community integration and coping with the biomedical model in force in schools and professional practices, with a view to qualifying work, training and health care. Objective - To know and understand the devices and arrangements of municipal management for the teaching-service-community integration and its connections with health education in SUS. Method - Qualitative research of the case study type, which seeks to describe, analyze the context, relationships and perceptions regarding the teaching-service-community integration from the perspective of municipal management. The empirical basis consisted of 19 semi-structured interviews with state / regional managers, municipal managers, local managers, preceptors and teachers from two municipalities in the region of the Grande ABC/SP, and by documentary analysis. The data were submitted to content analysis. Results and discussion - Five analytical categories emerged from the data produced: the place of the IESC in municipal management, the interorganizational pacts, the practice scenarios, the preceptors and the activities in the practice scenarios. Among the achievements in this area are the diversification of the teaching-learning scenarios, the expansion of the scope of actions offered in the health units by the presence of the students, and the resumption of studies by the workers who perform the preceptory. The initiatives of teaching-service-community integration still reveal asymmetrical relations between educational institutions and health system, with greater interference from the first to the second, with little participation of the students and the population in the definition of partnerships and in the agreement of actions. Those responsible for Permanent Education in Health should also participate in the management of the teaching-service-community integration in the municipalities, so that a more global proposal can be considered that will simultaneously carry out agreements involving EPS and IESC. Also, collegial and shared management mechanisms, with multiple paths between municipal management and health care, are facilitators of IESC's success. However, there is a lack of policies that assume that the SUS is a school, with adequate legislation and funding to enable conditions for the improvement of training, management, health care and social control.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-08-28
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.