• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.6.2020.tde-30082019-101012
Documento
Autor
Nombre completo
Jonas Sona de Miranda Pires
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2019
Director
Tribunal
Mendes, Aquilas Nogueira (Presidente)
Junqueira, Virginia
Marques, Maria Cristina da Costa
Santos, Leonardo Carnut dos
Título en portugués
A produção científica em economia política no tema saúde suplementar e planos de saúde no Brasil entre 2004-2012
Palabras clave en portugués
Crítica Marxista
Economia Política da Saúde
Pensamento Neoclássico
Saúde Suplementar
Resumen en portugués
A produção acadêmica na área da economia da saúde é um segmento da economia pouco explorado pelos profissionais de saúde, talvez pelo desconhecimento teórico ou pela falta de interesse desses profissionais em se aprofundar nesta área de conhecimento. No entanto, há uma importante produção acadêmica nesta área, e para nortear esse trabalho, fizemos uso da clássica obra de economia de saúde política de Braga e Paula (1981). Contudo, os artigos elaborados nesse campo estão majoritariamente alicerçados em fundamentos da teoria econômica neoclássica. É importante salientar que os autores neoclássicos recusam a economia como ciência social, pois, negam a complexidade das interações sociais com sua visão tecnicista, baseada em modelos abstratos que não consideram a história e as relações humanas. Portanto, o objetivo desse trabalho é caracterizar a produção de conhecimento da economia da saúde no Brasil, delimitando a discussão existente no contexto da economia política, particularmente nas temáticas de Saúde suplementar e Planos de Saúde. Para tanto, o trabalho está organizado em três partes. A primeira apresenta o campo da economia política e sua relação com a economia da saúde, baseado na contribuição sobre o pensamento econômico em Braga e Paula. A segunda, revisa a produção do conhecimento em economia da saúde, organizada pela Associação Brasileira de Economia da Saúde (Abres), entre 2004 a 2012, que descreve as temáticas da Saúde Suplementar e dos Planos de Saúde, verificando sua relação com a economia política. A terceira parte analisa criticamente as convergências e divergências entre a produção do conhecimento da economia da saúde, nos subtemas saúde suplementar e planos de saúde e as contribuições de Braga e Paula sobre o pensamento econômico da economia política da saúde. Nessa análise global, identificamos que o pensamento neoclássico e liberal permanecerá hegemônico entre os autores e economistas que se aventuram pelo campo da economia da saúde enquanto à matriz curricular dos cursos de economia for alicerçada por conteúdo produzido por autores neoclássicos.
Título en inglés
Scientific production in political economy in complementary health and health insurance plans in Brazil between 2004-2012
Palabras clave en inglés
Marxist Critique
Neoclassical Thought
Political Economy of Health
Supplementary Health
Resumen en inglés
The academic production in the area of health economics is a segment of the economy little explored by health professionals, perhaps due to the lack of theoretical knowledge and minimum interest of these professionals to deepen your own knowledge in this field. However, we used an important academic production in this area as the classic work of economics of political health wrote by Braga and Paula (1981). The articles elaborated in the field of health economy are mostly based on the foundations of neoclassical economic theory. It is important to point out that neoclassical authors reject economics as a social science because they deny the complexity of social interactions with their technicist view, based on abstract models that do not consider history and human relations. Therefore, the objective of this work is to characterize the production of knowledge of health economics in Brazil, delimiting the existing discussion in the context of political economy, particularly in the themes of Supplementary Health and Health Plans. For this, the dissertation is organized in three parts. The first part of this dissertation presents the field of political economy and its relationship with the health economy, based on the contribution on economic thinking in Braga and Paula. The second part is a review of the production of knowledge in health economics, organized by the Brazilian Association of Health Economics (Abres), between 2004 and 2012, which describes the themes of Supplementary Health and Health Plans, verifying their relationship with political economy. During the third and last part, we critically analyzes the convergences and divergences between the production of knowledge of health economics, in the subthemes supplementary health and health plans and the contributions of Braga and Paula on the economic thinking of the political economy of health. In this global analysis, we have identified that neoclassical and liberal thinking will remain hegemonic among authors and economists into the field of health economics while the economy graduation courses remain based in models and material produced by neoclassic authors.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
PiresJSM_MTR_R.pdf (1.03 Mbytes)
Fecha de Publicación
2020-02-10
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.