• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.60.2011.tde-11042011-140431
Documento
Autor
Nome completo
Daniela Spuri Bernardi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Rocha Filho, Pedro Alves da (Presidente)
Gremião, Maria Palmira Daflon
Oliveira, Wanderley Pereira de
Título em português
Desenvolvimento de nanoemulsão de óleo de arroz como adjuvante no tratamento de dermatite atópica e psoríase
Palavras-chave em português
antioxidante
gama-orizanol
HET-CAM
Nanoemulsões
Oriza sativa
Resumo em português
Nanoemulsões consistem em emulsões com tamanho de glóbulos na faixa de 50 a 200 nm, apresentam-se transparentes e são cineticamente estáveis. Têm sido estudadas em formulações de uso tópico por aumentar a permeação cutânea de ativos, auxiliar na redução da perda transepidérmica de água, entre outros benefícios. Em patologias como a dermatite atópica e psoríase, as nanoemulsões auxiliam na recuperação do tecido cutâneo. O óleo de arroz, que pode compor a fase oleosa de nanoemulsões, tem propriedade antioxidante e hidratante, podendo manter o estrato córneo saudável e recuperar a pele danificada. Essa pesquisa tem o objetivo de desenvolver nanoemulsões de óleo de arroz para serem utilizadas como adjuvante no tratamento de dermatite atópica e psoríase. Diversos pares de tensoativo foram pesquisados a fim de empregar aquele que permitisse a formação de nanoemulsões. O valor de EHL do óleo em questão foi de 6,0. Já a formação de nanoemulsões se deu no valor de EHL 8,0 para o par de tensoativo mono-oleato de sorbitano/óleo de rícino etoxilado 30 OE (sistema 1) e no EHL de 9,0 para o par de tensoativo óleo de rícino etoxilado 15 OE/40 OE (sistema 2), com quantidades de 10,00% de óleo, 10,00% de tensoativos e 80,00% de água para ambas formulações. O método de emulsificação por inversão de fases com a fase aquosa vertida sobre a oleosa foi o mais indicado para a formação de glóbulos de tamanho reduzido, bem como a temperatura de 75ºC. A nanoemulsão composta pelo sistema 1 foi a mais estável quando adicionada de umectantes/emolientes, durante a estabilidade de 90 dias e no ciclo gela-degela. O valor de 0,269mg/mL do óleo de arroz no meio reacional foi capaz de inibir 50,00% do radical DPPH. No ensaio de irritação em modelo organotípico (HET-CAM), as nanoemulsões foram praticamente não irritantes enquanto as soluções de tensoativos ligeiramente irritantes. Por meio dos testes in vivo, observou-se aumento da hidratação cutânea em voluntários com a pele normal e em pacientes com dermatite atópica e psoríase. A cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) mostrou a presença de um dos constituintes do gama-orizanol, composto com superior propriedade antioxidante, no óleo de arroz.
Título em inglês
Development of rice bran oil nanoemulsion used as adjuvant in treatment of atopic dermatitis and psoriasis
Palavras-chave em inglês
antioxidant
gamma-orizanol
HET-CAM
Nsnoemulsions
Oriza sativa
Resumo em inglês
Nanoemulsions are emulsion with droplet size in the range of 50 to 200 nm, with transparent appearance and kinetically stable. It has been widely studied in topical formulations to increase skin permeation of actives helping to reduce the transepidermal water loss, among others benefits. In diseases such as atopic dermatitis and psoriasis, nanoemulsions help in the skin disease recovery. The rice bran oil, which can form the emulsion oil phase, has antioxidant and moisturizing properties that may help to maintain healthy and recover damage skin. This research aims to develop rice bran oil nanoemulsion to be used as an adjuvant in the treatment of atopic dermatitis and psoriasis. Several pairs of surfactant were investigated to employ one that allows stable nanoemulsion formation. The oil HLB was 6.0. The nanoemulsion formation was in HLB of 8.0 to the surfactant pair sorbitan monooleate/castor oil ethoxylated 30 OE (system 1), and HLB of 9.0 to surfactant pair castor oil ethoxylated 15 OE/40 OE (system 2), with amounts of 10.00 % oil, 10.00% surfactants and 80.00% water for both formulations. The emulsification method by phase inversion with the aqueous phase poured in the oil was the most suitable for the formation of small droplet size, together with the temperature at 75°C. The nanoemulsion composed by the system 1 maintained stable when added to moisturizers/emollients, during 90 days of stability study and freeze/defrost cycles. The value of 0,269 mg/mL of rice bran oil in the reaction medium was able to inhibit 50.00% of DPPH. In the irritation test in the organotypic model, the nanoemulsions were practically non-irritating and the surfactant solutions were slightly irritating. The in vivo tests showed an increase of hydration in volunteers with normal skin as well as in patients with atopic dermatitis and psoriasis. The high performance liquid chromatography (HPLC) showed the presence of one of the gamma-oryzanol constituents, a compound with superior antioxidant properties, at the rice bran oil studied.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
daniela.pdf (1.90 Mbytes)
Data de Publicação
2011-06-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.