• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.60.2011.tde-14042011-195331
Documento
Autor
Nome completo
Flavio Bueno de Camargo Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Ribeirão Preto, 2011
Orientador
Banca examinadora
Campos, Patricia Maria Berardo Gonçalves Maia (Presidente)
Bagatin, Ediléia
Ferrari, Márcio
Leonardi, Gislaine Ricci
Oliveira, Wanderley Pereira de
Título em português
Estabilidade e eficácia de formulações cosméticas contendo extrato de Myrtus communis e um complexo vitamínico hidratante
Palavras-chave em português
atividade antioxidante
cosméticos
eficácia clínica
Myrtus communis
reologia
vitaminas
Resumo em português
Considerando que a tendência atual em termos de formulações cosméticas é a veiculação de diferentes substâncias ativas num mesmo produto, visando o sinergismo de efeito, o objetivo desse trabalho foi a avaliação da estabilidade, da segurança e da eficácia clínica de formulações cosméticas, contendo extrato de Myrtus communis e um complexo vitamínico hidratante à base de D-pantenol e derivados de vitaminas C e E, bem como a avaliação da atividade antioxidante in vitro do extrato objeto de estudo. Para tal, na primeira etapa do estudo foram elaboradas 4 formulações de géis creme, F1 (veículo), F2 (veículo acrescido de extrato hidrolisado de Myrtus communis), F3 (veículo acrescido de D-pantenol) e F4 (veículo acrescido de extrato hidrolisado de Myrtus communis e D-pantenol), as quais foram submetidas a testes preliminares de estabilidade e à avaliação do comportamento reológico, da compatibilidade cutânea e da eficácia clínica, por métodos subjetivos (avaliação sensorial) e quantitativos por técnicas de biofísica e análise de imagem da pele. No estudo clínico as formulações foram aplicadas nos antebraços e na face das voluntárias, sendo realizadas medidas do conteúdo aquoso do estrato córneo, da perda de água transepidérmica (TEWL), do micro-relevo cutâneo e da anisotropia da pele, antes (basal) e após 3 horas (efeito imediato) 15 e 30 dias de aplicação das formulações (efeito em longo prazo). Os dados foram analisados estatisticamente pelo teste paramétrico análise de variância. A seguir, a formulação que apresentou melhores resultados na avaliação sensorial e estudo de eficácia, foi acrescida de Tetraisopalmitato de ascorbila (F5) ou Vitamina E - D-Alfa Tocoferol Acetato (F6) ou associação destes (F7). As referidas formulações foram submetidas aos testes de estabilidade e eficácia clínica. De acordo com os resultados obtidos, as formulações foram consideradas estáveis e seguras, sendo que a formulação de nº 4 foi a que apresentou o melhor sensorial, de acordo com as voluntárias sendo, portanto, selecionada para ser acrescida dos derivados de vitaminas objeto de estudo. Na avaliação dos efeitos imediatos, as formulações estudadas aumentaram significativamente o conteúdo aquoso do estrato córneo nas regiões dos antebraços e da face, quando comparadas com os valores basais. Em relação à TEWL, foi possível observar que as formulações nos 2, 3 e 4 provocaram melhora na função barreira da pele dos antebraços, enquanto que na face apenas as formulações nos 3 e 4 provocaram melhora neste parâmetro. Na avaliação em longo prazo, todas as formulações estudadas, proporcionaram um aumento significativo no conteúdo aquoso do estrato córneo após 15 e 30 dias de aplicação, enquanto que somente as formulações que continham as substâncias ativas objeto de estudo, ou seja, as nos 2, 3 e 4, melhoraram a função barreira da pele. No estudo de eficácia clínica onde as formulações F4 (veículo acrescido de extrato hidrolisado de Myrtus communis e D-pantenol) e F7 (veículo acrescido de extrato hidrolisado de Myrtus communis, D-pantenol e os derivados de vitamina C e E) foram avaliadas comparativamente, foi possível observar um aumento significativo nos valores do conteúdo aquoso do estrato córneo, em relação aos valores basais e a região controle (região que não recebeu aplicação de nenhuma formulação), após 15 dias de aplicação. Em relação à TEWL, apenas a formulação F4 (veículo acrescido de extrato hidrolisado de Myrtus communis e D-pantenol) provocou melhora na função barreira. De acordo com os resultados obtidos, as formulações desenvolvidas neste estudo apresentaram efeito hidratante pronunciado e, as que continham o extrato Myrtus communis e D-pantenol, protegeram a função barreira da pele. Além disso, o extrato de Myrtus communis demonstrou atividade antioxidante pronunciada, efeito considerado muito importante para o emprego deste extrato em cosméticos com finalidades antienvelhecimentos. Finalizando, este estudo mostrou a importância do desenvolvimento de formulações cosméticas estáveis, de sensorial adequado e com eficácia comprovada, contendo o extrato hidrolisado de Myrtus communis e o complexo vitamínico objeto de estudo, para a hidratação, proteção e melhora das condições gerais da pele.
Título em inglês
Stability and efficacy of cosmetic formulations containing Myrtus communis extract and a hydrating vitamin complex
Palavras-chave em inglês
antioxidant activity
clinical efficacy
Cosmetics
Myrtus communis
Rheology
Vitamins
Resumo em inglês
Considering that the current trend in terms of cosmetic formulations is to vehicle different active ingredients in one single product, aiming the effect of synergism, the objective of this study was to evaluate the stability, safety and clinical efficacy of cosmetic formulations containing extract of Myrtus communis and a moisturizing vitamin complex based on D-panthenol and derivatives of vitamins C and E, as well as to evaluate the extract in vitro antioxidant activity. Thus, for the first study stage, four gel cream formulations were developed, F1 (vehicle), F2 (vehicle supplemented with Myrtus communis hydrolyzate extract), F3 (vehicle supplemented with D-panthenol) and F4 (vehicle supplemented with Myrtus communis hydrolyzate extract and D-panthenol), which were submitted to preliminary stability tests, to rheological behavior assessment, to skin compatibility test and to clinical efficacy assessment, by subjective methods (sensorial evaluation) and quantitative methods, by biophysics techniques and skin image analysis. In the clinical study, the formulations were applied on the volunteers´ face and forearms, with measurements of the stratum corneum water content, transepidermal water loss (TEWL), skin micro-relief and skin anisotropy before (baseline) and after 3 hours (immediate effects), 15 and 30 days of the formulations application (long-term effects). Data were statistically analyzed by parametric test analysis of variance. Afterwards, the formulation that showed best performance in sensory evaluation and clinical efficacy study was supplemented with ascorbyl tetraisopalmitate (F5) or Vitamin E - D-Alpha-Tocopherol Acetate (F6) or a combination of both derivatives of vitamins, C and E (F7). According to the obtained results, all the formulations were considered safe and stable, and formulation 4 was the one with the best sensorial performance, according to the volunteers perception, and, therefore, it was selected to be supplemented with the vitamin derivatives under study. The immediate effects evaluation demonstrated that all the other formulations significantly increased stratum corneum water content in the face and forearms skin, when compared to baseline values. In relation to TEWL, it was observed that the formulations 2, 3 and 4 provoked an improvement in forearm skin barrier function, while only formulations 3 and 4 provoked an improvement on this parameter on the face. In the long-term assessment, all formulations studied promoted a significant increase in stratum corneum water content after 15 and 30 days of the formulations application, while only formulations containing the studied active ingredients, i.e., formulations 2, 3, and 4 improved skin barrier function. In the clinical efficacy study when the formulations F4 (vehicle supplemented with Myrtus communis hydrolyzate extract and D-panthenol) and F7 (vehicle supplemented with Myrtus communis hydrolyzate extract, D-panthenol and derivatives of vitamin C and E) were comparatively assessed, it was possible to observe a significantly increase in stratum corneum water content, when compared to baseline values and to control areas (region which received no formulation), after 15 days of formulations application. Regarding TEWL, only formulation F4 (vehicle supplemented with Myrtus communis hydrolyzate extract and D-panthenol) provoked an improvement in skin barrier function. According to the obtained results, the formulations developed in this study demonstrated a pronounced moisturizing effect, and those containing Myrtus communis extract and D-panthenol, protected the skin barrier function. Moreover, the extract of Myrtus communis demonstrated a pronounced antioxidant activity, an effect considered very important for this extract use in cosmetics aiming anti-aging purposes. Finally, this study demonstrated the relevance of developing stable cosmetic formulations, with adequate sensory characteristics and proven effectiveness, supplemented with Myrtus communis hydrolyzed extract and with the vitamin complex under study, for skin hydration, protection and improvement of general skin conditions
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese.pdf (870.21 Kbytes)
Data de Publicação
2011-06-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.