• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.61.2011.tde-06022012-155535
Documento
Autor
Nome completo
Soraia Maria Féres Maeda
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2011
Orientador
Banca examinadora
Trindade Junior, Alceu Sergio (Presidente)
Genaro, Katia Flores
Gomide, Marcia Ribeiro
Macharelli, Carlos Alberto
Takegawa, Bonifácio Katsunori
Título em português
Análise dos fatores de risco e proteção para doenças crônicas em indivíduos adultos com fissura labiopalatina
Palavras-chave em português
Doença crônica
fissura labial
fissura palatal
Resumo em português
Objetivo: Analisar a frequência dos fatores de risco ou proteção para doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) em indivíduos adultos com fissura labiopalatina e comparar os dados obtidos com os resultados obtidos pelo Vigitel 2009 para população brasileira. Modelo: Estudo transversal, por entrevista telefônica, no período de junho de 2010 a junho de 2011. Participantes: 501 indivíduos adultos tratados no período de março de 1974 a março de 2010 da fissura labiopalatina no HRAC-USP. Variáveis: Características demográficas e socioeconômicas dos indivíduos (idade, gênero, escolaridade, região da residência, acesso a planos de saúde privada). Fatores de risco para DCNT relacionados ao hábito de fumar, ao excesso de peso, ao consumo de refrigerantes e de alimentos fonte de gordura saturada, ao sedentarismo e ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, além da referência ao diagnóstico médico de hipertensão arterial, diabetes e dislipidemias. Fatores de proteção para DCNT como a prática de atividade física no tempo livre e/ou deslocamentos, o consumo de frutas e hortaliças e de feijão. Resultados: Dos 501 entrevistados, 11,8 % eram fumantes, 48,6 % apresentavam excesso de peso e 6,4% obesidade. O consumo regular de refrigerantes foi relatado por 28,7 %, o consumo de carnes com excesso de gordura por 73,5% e de leite integral por 69,9%. A inatividade física foi observada em 13,1% e o consumo abusivo de bebidas alcoólicas em 12,6%. O diagnóstico médico de hipertensão foi relatado por 13,4%, diabetes por 4,2% e dislipidemias por 5,2%. A prática de atividade física no tempo livre e/ou deslocamento foi relatada em 32,3%, consumo regular de frutas e hortaliças em 19,6 % e consumo regular do feijão em 86,6%. Conclusões: Quanto aos fatores de risco, a frequência em nossa amostra foi menor quanto ao hábito de fumar, ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, a obesidade e ao sedentarismo. Foi também menor a referência ao diagnóstico médico de hipertensão arterial e dislipidemias. Em contraposição, encontramos frequência maior de consumo de refrigerantes e de alimentos fonte de gordura saturada. Com relação aos fatores de proteção para DCNT, a frequência de prática de atividade física foi muito próxima da estimativa para população brasileira, o consumo de frutas e hortaliças foi menor, mas de certa forma compensado pelo maior consumo do feijão. O indicador de saúde mental apresentou a freqüência discretamente maior (13,8%) que a estimativa nacional (12,0%). A maior parte da amostra (92,2%) considera-se reabilitada com o tratamento da FLP realizado no HRAC-USP.
Título em inglês
Analysis of risk and protective factors for chronic diseases in adults with cleft lip and palate
Palavras-chave em inglês
Chronic disease
cleft lip
cleft palate
Resumo em inglês
Objective: To analyze the frequency of risk and protective factors for nontransmissible chronic diseases (NTCD) in adults with cleft lip and palate and to compare the results with the Vigitel 2009 data for the Brazilian population. Model: Cross-sectional study, by telephone interviews, from June 2010 to June 2011. Participants: 501 adults treated for cleft lip and palate during the period of March 1974 to March 2010 at HRAC-USP. Variables: Participant demographic and socioeconomic characteristics (age, gender, education, region of residence, access to private health plans). Risk factors for NTCD related to smoking, overweight, consumption of soft drinks and food sources of saturated fat, sedentary lifestyle and excessive consumption of alcoholic beverages, and also self report of medical diagnosis of hypertension, diabetes and dyslipidemia. Protective factors for NTCDsuch as physical activity during leisure time and/or displacements, consumption of fruits and vegetables and beans. Results: Out of 501 respondents, 11.8% were smokers, 48.6% were overweighted and 6.4% obese. Regular consumption of soft drinks was reported by 28.7%, the consumption of meat with fat excess by 73.5% and of whole milk by 69.9%. Physical inactivity was observed in 13.1% and abusive consumption of alcoholic beverages in 12.6%. Medical diagnosis of hypertension was reported by 13.4%, diabetes by 4.2% and dyslipidemia by 5.2%. The practice of physical at leisure time and/or displacement was reported by 32.3%, regular consumption of fruits and vegetables by 19.6% and regular consumption of beans by 86.6%. Conclusions: Risk factors frequency was lower in our sample concerning smoking, excessive consumption of alcohol, obesity and physical inactivity. It was also lower for reports of medical diagnosis of hypertension and dyslipidemias. In contrast, higher frequencies of consumption soft drinks and of food sources of saturated fat were found. As to protective factors for NCDs, the frequency of physical activity was found to be very close to the estimate for the Brazilian population while the consumption of fruits and vegetables was lower, however offset by a higher consumption of beans. The mental health indicator had a slightly higher frequency (13.8%) than the national estimate (12.0%). Most of the participants (92.2%) considered to be rehabilitated with CLP treatment conducted at HRAC-USP.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
TeseSoraiaMaeda.pdf (3.02 Mbytes)
Data de Publicação
2012-02-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.