• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.61.2016.tde-18102016-104516
Documento
Autor
Nome completo
Thaieny Ribeiro da Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2015
Orientador
Banca examinadora
Dalben, Gisele da Silva (Presidente)
Carrara, Cleide Felicio de Carvalho
Costa, Beatriz
Passos, Vivian de Agostino Biella
Peres, Sílvia Helena de Carvalho Sales
Título em português
Prevalência de cárie em bebês com fissuras labiopalatinas e sua correlação com fatores socioeconômicos e hábitos de higiene bucal
Palavras-chave em português
Aleitamento Materno
Alimentação com Mamadeira
Cárie Dentária
Fatores Sociodemográficos
Fissura Labial
Fissura Palatina
Resumo em português
Este trabalho analisou a prevalência de cárie e sua correlação com fatores sociodemográficos e cuidados de higiene bucal em 145 crianças com fissura labiopalatina (GF) na faixa etária de 7 a 66 meses, comparando os resultados com 130 crianças sem fissura (GC), na mesma faixa etária. A prevalência de cárie foi avaliada pelo índice ceo-d, e as famílias responderam um questionário contendo perguntas sobre hábitos dietéticos e de higiene bucal e fatores sociodemográficos. Os resultados foram avaliados por estatística descritiva e comparados pelos testes qui-quadrado, Mann-Whitney, Kruskal-Wallis e coeficiente de correlação de Spearman. O índice ceo-d médio foi 1,5 para o GF e 0,8 para o GC, sem diferença estatística (p=0,072). A maioria (99% no GF e 98,5% no GC) relatou realizar higiene bucal na criança, havendo receio em realizar este procedimento por 26,6% no GF e 6,3% no GC (p<0,001). A introdução de açúcar foi mais precoce no GF (p<0,001), enquanto a mamadeira de madrugada após os seis meses de idade foi mais frequente no GC (p=0,023). A higiene bucal foi iniciada mais precocemente no GF (p<0,001). A análise da ocorrência de cárie por dente revelou maior prevalência no GF para os dentes 55 (p=0,025), 52 (p<0,001), 51 (p=0,022), 62 (p<0,001) e 65 (p=0,006). Foi observada correlação significativa entre cárie e o aumento da idade e número de dentes presentes para o GF (p<0,001 para ambos) e GC (p=0,002 e p=0,004, respectivamente). Foi observada associação significativa entre cárie e renda familiar apenas para o GC (p=0,028).
Título em inglês
Palavras-chave em inglês
Bottle Feeding
Breast Feeding
Cleft Lip
Cleft Palate
Dental Caries
Socioeconomic factors
Resumo em inglês
This study analyzed the prevalence of dental caries and its correlation with sociodemographic factors and oral hygiene care in 145 children with cleft lip and palate (GF) aged 7 to 66 months, compared to 130 children without clefts (GC), at the same age range. The caries prevalence was analyzed by the dmft index, and the families responded to a questionnaire containing questions on dietary and oral hygiene habits and sociodemographic factors. The results were assessed by descriptive statistics and compared by the chi-square, Mann- Whitney and Kruskal-Wallis tests and Spearmans correlation coefficient. The mean dmft was 1.5 for GF and 0.8 for GC, without statistical difference (p=0.072). Most individuals (99% in GF and 98.5% in GC) reported performing oral hygiene in the child, with fear to perform this procedure by 26.6% in GF and 6.3% in GC (p<0.001). The introduction of sugar occurred earlier in GF (p<0.001), while bottle feeding at night after six months of age was more frequent in GC (p=0.023). The oral hygiene was initiated earlier in GF (p<0.001). Analysis of the occurrence of caries per tooth revealed higher prevalence in GF for the teeth 55 (p=0.025), 52 (p<0.001), 51 (p=0.022), 62 (p<0.001) and 65 (p=0.006). Significant correlation was observed between dental caries and increase in age and in number of present teeth for GF (p<0.001 for both) and GC (p=0.002 and p=0.004, respectively). Significant association between dental caries and family income was only observed for GC (p=0.028).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2016-10-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.