• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.61.2010.tde-29072010-104318
Documento
Autor
Nome completo
Tatiane Romanini Rodrigues Ferreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2010
Orientador
Banca examinadora
Trindade Junior, Alceu Sergio (Presidente)
Genaro, Katia Flores
Gouvea Junior, Francisco
Título em português
Drenagem linfática manual no pós-operatório de enxerto ósseo alveolar: uma nova abordagem para a redução do edema facial
Palavras-chave em português
Drenagem linfática
edema facial
enxerto ósseo alveolar
fisioterapia
Resumo em português
OBJETIVO: Determinar a efetividade de manobras padronizadas de drenagem linfática manual (DLM) na redução do edema facial, na distância interincisal máxima ativa e no quadro álgico de pacientes submetidos à cirurgia de Enxerto Ósseo Alveolar (EOA). METODOLOGIA: Esta pesquisa analisou 51 indivíduos com fissura labiopalatina reparada, entre 10 e 15 anos de idade, submetidos ao EOA no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais-USP, divididos em 2 grupos, grupo tratamento (n=29, 12 homens e 17 mulheres) e grupo rotina (n= 22, 15 homens e 7 mulheres). No grupo tratamento foram aplicadas manobras de DLM padronizadas diferentemente daqueles do grupo rotina. Foram realizadas nos dois grupos avaliações do edema facial por meio das medidas da linha 1 (distância da base da asa nasal ao tragus) e linha 2 (distância da base da asa nasal à implantação inferior do pavilhão auricular), na hemiface operada nos períodos pré-operatório (Pré), segundo (2ºPO) e quarto pós-operatório (4ºPO). Também foram realizadas as medidas da distância interincisal máxima ativa nos mesmos períodos. A Escala Analógica da Dor (EAD) foi aplicada no 1º, 2º, 3º e 4º períodos pós-operatórios. Adicionalmente, no grupo tratamento, após a terapia de DLM, foram realizadas perguntas sobre dor, relaxamento e sono. RESULTADOS: Houve redução do edema facial no grupo tratamento do 2ºPO para o 4ºPO o que não ocorreu no grupo rotina. As medidas da distância interincisal apresentaram aumento entre o 2ºPO e 4ºPO nos dois grupos estudados. Na avaliação da EAD, o grupo tratamento mostrou ausência de dor no 3ºPO enquanto o grupo rotina somente no 4ºPO. No grupo tratamento, a totalidade dos indivíduos relataram que a dor diminuiu, e que se sentiram mais relaxados após a DLM, nos 3 períodos avaliados. Relataram também em muitos casos que a DLM teve efeito facilitador na indução ao sono durante a DLM. CONCLUSÕES: As manobras padronizadas de DLM aplicadas da maneira proposta produziram redução significante do edema facial, aumento da distância interincisal máxima ativa, redução do quadro álgico no grupo tratamento comparativamente ao grupo rotina. Esses dados reforçam a hipótese de que a DLM proposta foi efetiva contribuindo de maneira importante na recuperação do paciente submetido à cirurgia de EOA.
Título em inglês
Manual lymphatic drainage after alveolar bone grafting: a new approach to reduce facial swelling
Palavras-chave em inglês
Alveolar bone grafting
facial swelling
lymphatic drainage
physiotherapy
Resumo em inglês
OBJECTIVE: To determine the effectiveness of standardized manual lymphatic drainage (MLD) maneuvers in reducing facial swelling, maximum interincisal active distance and pain of patients undergoing surgery for Alveolar Bone Grafting (ABG). METHODS: This study examined 51 individuals with repaired cleft lip and palate, aged 10 to 15 years old, who underwent ABG at the Hospital for Rehabilitation of Craniofacial Anomalies- USP, divided into two groups: treatment group (n = 29, 12 men and 17 women) and routine group (n = 22, 15 men and 7 women). In the treatment group MLD standardized maneuvers were performed differently from those of the group routine. In both groups evaluation of facial swelling was performed by measuring the distance from the ala nasi to the tragus (line 1) and the distance from the ala nasi to the inferior portion of the ear auricle (line 2), in the operated side, preoperatively, and at the second and the fourth postoperative (PO) day. The maximum active interincisal distance was measured during the same periods. The Pain Analog Scale (PAS) was applied at the first, second, third and fourth days after ABG. Additionally, patients from the treatment group, were asked about pain, relaxation and sleep after MLD therapy. RESULTS: There was a reduction of facial edema in the treatment group from the 2nd to 4th PO what was not observed the routine group. Interincisal distance increased between the 2nd and 4th PO in both groups. PAS evaluation has shown that patients from the treatment group present no pain already at 3rd PO. In the routine group this occurred only at 4th PO. All the subjects from treatment group reported decrease of pain, and patients reported felt more relaxed after the MLD, at the three postoperative evaluated. Many patients reported that MLD had a facilitative effect on inducing sleep during MLD. CONCLUSIONS: The standardized MLD maneuvers applied in the proposed manner produced significant reduction of facial swelling, increase of the maximum active interincisal distance, reduction of the pain in the treatment group as compared to the routine group.These Abstract data reinforce the hypothesis that the proposed MLD is a effective procedure for the recovery of the patients undergoing ABG surgery.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-08-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.