• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.64.2020.tde-28022020-101754
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Gomes de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2017
Orientador
Banca examinadora
Abreu Junior, Cassio Hamilton (Presidente)
Boas, Roberto Lyra Villas
Gomes, Aline Renee Coscione
Título em português
Fertilidade e disponibilidade de fósforo em Latossolo tratado com lodo de esgoto
Palavras-chave em português
Eucalipto
Extração sequencial
Fósforo microbiano
Resumo em português
A reciclagem agrícola de lodo de esgoto (LE) é uma alternativa para a destinação deste resíduo, promovendo a economia no uso de fertilizantes e aumento da fertilidade do solo. Devido a seus nutrientes serem liberados lentamente, torna-se necessário a avaliação da disponibilidade no solo. Elementos tóxicos e patógenos são barreiras para sua aplicação segundo a Resolução CONAMA 375/2006, porém a biomassa microbiana do LE é um componente na ciclagem nutricional no solo, como o fósforo (P), uma vez que imobilizam elementos em sua biomassa, disponibilizando-os após sua morte. Objetivou-se avaliar, após 12 meses da aplicação do LE, a disponibilidade de P no solo em suas frações lábeis, moderadamente lábeis e não lábeis por meio do fracionamento de Hedley; quantificar o P da biomassa microbiana, assim como teores de macro (P, K, Ca, Mg, S), micronutrientes (B, Cu, Fe, Zn, Mn) e características do solo (pH, matéria orgânica e H+Al) conforme métodos de rotina, em um Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico. O LE foi calculado para fornecer 50, 100 e 150% da recomendação de N, e os fertilizantes fosfatados 66 e 83% da recomendação de P, ambos com base na fertilização para elevada produtividade florestal. Os tratamentos foram: T1 Controle; T2 recomendação para elevada produtividade florestal; T3 recomendação SP; T4 LE50P83; T5 LE100P66; T6 LE100; T7 LE150, delineados em blocos ao acaso, com quatro repetições. O LE reduziu o pH em meia unidade até a dose de 150%, promoveu aumento linear de matéria orgânica devido ao aporte do resíduo e não afetou a acidez potencial (H+Al). Para os macronutrientes, o P foi influenciado pelos tratamentos T5 e T7, T6 e T2. O teor de K foi influenciado a partir da dose de LE100, independente de complementação. O LE afetou os teores de Mg em T7, mas não influenciou a disponibilidade de Ca. Para o S, houve aumento linear seguido por um decréscimo nas maiores doses de LE. Os micronutrientes não foram influenciados pelo LE, exceto o Mn, que sofreu redução nas maiores doses. O P microbiano aumentou linearmente com as quantidades de LE. O P-lábil foi influenciado pelo LE em todas as camadas nas doses de 100%, e foram iguais aos tratamentos minerais. As quantidades de 50% e 150% tiveram o mesmo comportamento. Para o P-moderadamente lábil, a quantidade de 150% promoveu maior teor em todas as profundidades e os demais tratamentos foram superiores aos minerais e equivalentes ao controle. O P-não lábil mostrou redução a partir da dose de 100% e os tratamentos controle e minerais apresentaram os maiores valores. As aplicações de LE influenciaram todas as variáveis avaliadas e mostraram capacidade de substituição ou complementação da fertilização fosfatada, desde que respeitado os parâmetros técnicos e legislativos
Título em inglês
Fertility and phosphorus availability in Oxisol amended with sewage sludge
Palavras-chave em inglês
Eucalyptus
Microbial phosphorus
Sequential extraction
Resumo em inglês
Agricultural recycling of Sewage Sludge (SS) as fertilizer is an alternative to other common disposal methods. SS amend to soils reduces costs with fertilizations and enhances soil fertility. Nutrients present in SS are released slowly being necessary the evaluation of its availability in soils. Toxic Elements and pathogens constitute barriers to widespread SS recycling following the CONAMA 375/2006 normative. However, microbial biomass from SS is an important component in nutrient cycling processes, like for Phosphorus (P), for example, microbes immobilize the nutrient in their cells and then releases them after death. This study aimed to evaluate, after 12 months of fertilization of a dystrophic Oxisol with SS: P availability in soil in its labile, moderately labile and non-labile fractions using Hedley's fractionation method; microbial biomass P; macro (P, K, Ca, Mg, S) and micronutrients (B, Cu, Fe, Zn, Mn) in soil; and soil characteristics (pH, soil organic matter and H+Al). SS doses were calculated to provide 50, 100 and 150% of N recommendation and phosphate-based fertilizers provided 66 and 83% of P recommendation based on values practiced in high productivity forest plantations. Treatments were: T1 Control; T2 mineral fertilizer following recommendation for high productivity; T3 São Paulo State recommendation; T4 SS50P83; T5 SS100P66; T6 SS100; and T7 SS150. In randomized blocks design with 4 repetitions. SS application reduced pH in 0,5 until the 150% dose; promoted linear enhancement of organic matter due to input of residue and did not affect potential acidity (H+Al). As for macronutrients, P was influenced by treatments T2, T5, T6 e T7. K content was influenced starting with SS100% doses, with or without K-based fertilizers. SS affected Mg content in T7 but did not influence Ca availability. As for S, there was a linear enhance followed by a decrease in the higher doses of SS. Micronutrients were not influenced by SS amendment, except Mn, which suffered reduction in higher doses. Microbial P increased linearly with SS doses. Labile-P fraction was influenced by SS amend in all layers in SS100% and were not different from mineral fertilized treatments. SS50% and SS150% showed the same behavior. As for moderately labile-P, SS150% promoted higher content in all depths. The other treatments were superior to mineral fertilized ones and equivalent to control. Non-Labile-P showed decrease starting with SS100% doses. Control and mineral fertilized treatments exhibited the higher values. SS amend influenced all studied variables and showed potential for substitution or complementation of phosphate-based fertilizers as long as its respecting technical and legal parameters
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-03-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.