• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.64.2016.tde-05072016-150743
Documento
Autor
Nome completo
Camila Elias
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fernandes, Elisabete Aparecida De Nadai (Presidente)
Domingues, Maria Antonia Calori
Louvandini, Helder
Scussel, Vildes Maria
Souza, Gilberto Batista de
Título em português
Qualidade nutricional de rações para cães: Influência de Zn na absorção de Cu e na prevenção de doença hepática
Palavras-chave em português
Amostras grandes
Bioacessibilidade
Composição química
Minerais
Resumo em português
As rações comerciais devem ser um alimento balanceado que supra todas as exigências nutricionais nas diferentes fases da vida do animal. Sua formulação deve conter ingredientes de qualidade, em proporções adequadas. É de fundamental importância o conhecimento do valor nutricional das rações, para assegurar que o cão esteja ingerindo diariamente quantidades corretas dos nutrientes. O desbalanço de elementos essenciais e a presença de elementos tóxicos podem causar desequilíbrios nutricionais, doenças e, até mesmo, consequências fatais aos cães. O cobre é um dos vários elementos de importância a ser estudado quanto aos defeitos metabólicos nos cães. O acúmulo de cobre no fígado pode ocasionar lesões progressivas nas organelas dos hepatócitos, resultando em hepatite crônica e cirrose. Diante disso, este trabalho teve como objetivos (I) quantificação dos elementos químicos com função nutricional e com potencial tóxico presentes nas rações para cães adultos e filhotes, (II) avaliação da composição centesimal das rações amostradas, (III) avaliação da variação dos elementos químicos entre as amostras de ração de um mesmo lote de produção (IV), estudo da representatividade de pequenas porções-teste, (V) avaliação da bioacessibilidade de cobre em rações, com experimento in vitro. Os elementos químicos Al, As, Br, Ca, Cl, Co, Cr, Cs, Cu, Fe, I, K, La, Mg, Mn, Na, P, Rb, Sb, Sc, Se, Ti, U e Zn foram determinados pela análise por ativação neutrônica instrumental (INAA). A composição centesimal foi avaliada de acordo com os métodos recomendados da AOAC. A homogeneidade de distribuição dos elementos químicos nas rações foi avaliada pela análise de amostras grandes (LS-NAA). A bioacessibilidade de cobre nas rações foi estimada por meio da simulação da digestão gastrointestinal in vitro. Foi possível determinar por INAA todos os nutrientes minerais, isto é, Ca, P, K, Na, Cl, Mg, Fe, Cu, Mn, Zn, I e Se, com limites estabelecidos pela Association of American Feed Control Officials. Foram notadas em algumas rações altas concentrações de Al, Sb e U, elementos com grande potencial tóxico. Cerca de 16 % das amostras de ração apresentaram, pelo menos, um parâmetro não conforme quanto à composição centesimal. Os resultados obtidos por LS-NAA e NAA convencional mostraram variação na composição entre os sacos de ração para Br, Ca, Na e Zn, com boa concordância entre ambos os métodos. O emprego da LS-NAA combinada com NAA convencional permitiu observar que pequenas porções-teste (350 mg) de ração são representativas comparadas com aquelas de 1 kg para Br, Ca, K, Na e Zn. Em todas as rações para cães, 50 % do cobre presente estava sob a forma bioacessível
Título em inglês
Nutritional quality of dog food: influence of zinc in the absorption of copper and in the prevention of hepatic disease
Palavras-chave em inglês
Bioaccessibility
Chemical composition
Large sample
Minerals
Resumo em inglês
Commercial dog foods should be a balanced diet that meets all nutritional requirements at different stages of the animal's life. Its formulation should contain quality ingredients in suitable proportions. The knowledge of the nutritional value of dog food is fundamental to ensure that the animal is ingesting daily right amounts of nutrients. The imbalance of essential elements and the presence of toxic elements can cause nutritional problems, diseases, and even fatal consequences for dogs. Copper is one of several important factors to be studied for metabolic defects in dogs. Copper accumulation in the liver may cause progressive lesions in the organelles of hepatocytes, resulting in chronic hepatitis and cirrhosis. Thus, this study aimed to (I) determine essential and potentially toxic chemical elements in the dog food for puppies and adults, (II) assess the proximate composition of the sampled dog food, (III) evaluate the between-bag variation of chemical elements in dog food within the same production lot of one brand, (IV) study the representativeness of small test portions of dog food collected from regular 1 kg packed bags, (V) assess the in vitro bioaccessibility of copper in dog food. The chemical elements Al, As, Br, Ca, Cl, Co, Cr, Cs, Cu, Fe, I, K, La, Mg, Mn, Na, P, Rb, Sb, Sc, Se, Ti, U and Zn were determined by instrumental neutron activation analysis (INAA). The proximate composition was evaluated by AOAC recommended methods. The homogeneity of chemical elements distribution in the dog food was evaluated by analysis of large samples (LS-NAA). The bioaccessibility of copper was estimated by in vitro simulated gastrointestinal digestion. INAA was a suitable analytical tool for characterizing the profile of mineral nutrients, i.e., Ca, P, K, Na, Cl, Mg, Fe, Cu, Mn, Zn, I and Se in dog food with reference values set by Association of American Feed Control Officials. High concentrations of the toxic elements Al, Sb and U were observed in some dog food samples. Approximately 16% of dog food samples presented, at least, one value outside the reference limits from proximate composition. The results obtained by LS-NAA and conventional NAA showed between-bag compositional variability for Br, Ca, Na and Zn, with a good agreement between both methods. The use of LS NAA combined with conventional NAA allowed to observe that the small 350 mg portions of dry dog food taken for analysis is representative of one kilogram bag for Br, Ca, K, Na and Zn. In all dog foods, 50 % of the copper was present in bioaccessible form
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CamilaElias.pdf (23.74 Mbytes)
Data de Publicação
2016-07-11
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • ELIAS, C., et al. NAA for evaluating mineral nutrients in commercial dog food. In International Nutritional Sciences Symposium, Portland, 2013. WALTHAM., 2013. Resumo.
  • MARTINEZ, M. I. V., et al. Homogeneity study of a candidate reference material of tomato leaves using nêutron activation analysis. In 1thConferência Científica Internacional 'material de referência na medição e tecnologia', Ekaterinburg, 2013. 1thConferência Científica Internacional "material de referência na medição e tecnologia., 2013. Abstract.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.