• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.64.2014.tde-06112014-091530
Documento
Autor
Nome completo
Jeane Gisele Francisco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Tornisielo, Valdemar Luiz (Presidente)
Luchini, Luiz Carlos
Monquero, Patrícia Andréa
Título em português
Estudo de mineralização, degradação, sorção-dessorção e lixiviação do herbicida aminociclopiraclor em solos brasileiros
Palavras-chave em português
Ácido pirimidinocarboxílico
Adsorção
Espectrometria de cintilação líquida
Persistência
Potencial de lixiviação
Solos brasileiros
Resumo em português
O aminociclopiraclor é o primeiro herbicida sintetizado do grupo químico ácido pirimidinocarboxílico, pertence à classe das auxinas sintéticas, atua em um amplo espectro de plantas daninhas, e está em fase de registro junto a ANVISA. A literatura sobre o aminociclopiraclor ainda é limitada, mas sabe-se que suas principais vantagens são o amplo espectro de controle de plantas daninhas, elevada eficácia em baixas doses de aplicação, e baixa toxicidade a organismos não alvo. Estudos como degradação, sorção - dessorção e lixiviação de herbicidas em diferentes tipos de solos são indispensáveis para revelar a dinâmica do seu comportamento no solo promovendo subsídios para evitar efeitos prejudiciais ao ambiente e as culturas subsequentes. O presente trabalho teve como objetivo a avaliação da dinâmica do herbicida aminociclopiraclor através de ensaios de degradação e mineralização, sorção-dessorção e lixiviação em três solos brasileiros: Latossolo Vermelho distrófico (LVd - textura arenosa), Plintossolo Pétrico concrecionário (FFc - textura argilosa) e Latossolo Vermelho eutrófico (LVe - textura muito argilosa). Os estudos foram realizados no Laboratório de Ecotoxicologia do CENA/USP seguindo as normas da "Organisation For Economic Co-operation and Development" (OECD). As taxas de mineralização do aminociclopiraclor nos solos avaliados foram inferiores a 10%, e seguem a seguinte ordem: FFc < LVd < LVe. A concentração extraível do aminociclopiraclor foi reduzida em 37% após 126 dias, indicando a tendência à formação de resíduos ligados. O sistema de eluição utilizado na técnica de cromatografia em camada delgada não foi adequado para separar e qualificar a presença de metabólitos extraíveis. O modelo de Freundlich apresentou ajuste adequado para a sorção e dessorção do aminociclopiraclor, com coeficientes de correlação superiores a 0,99 para os três solos avaliados. Os coeficientes de sorção variaram entre 0,37 e 1,34 enquanto os de dessorção variaram entre 3,62 a 5,36. Os coeficientes de sorção apresentam correlação positiva significativa com os teores de argila, o mesmo comportamento não foi verificado em relação ao pH. Nos solos de textura argilosa (FFc e LVe), o aminociclopiraclor apresentou médias de lixiviação inferiores a 1%, e no solo de textura arenosa (LVd) superior a 3%. As concentrações do herbicida na primeira camada do solo (0-5 cm) apresentaram correlação positiva significativa com os teores de argila e capacidade de troca catiônica, o mesmo não foi observado em relação a matéria orgânica
Título em inglês
Study of mineralization, degradation, sorption-desorption and leaching of the herbicide aminocyclopyrachlor in Brazilian soils
Palavras-chave em inglês
Adsorption
Brazilian soils
Leaching potential
Liquid scintillation spectrometry
Persistence
Pyrimidinecarboxylic acid
Resumo em inglês
The aminocyclopyrachlor is the first herbicide of the chemical group pyrimidinecarboxylic acid, belongs to the class of synthetic auxin, acts in a broad spectrum of weeds and is under registration at ANVISA. The literature on the aminocyclopyrachlor is still limited, but it is known that its main advantages are the broad spectrum of weed control, high efficacy at low application rates, and low toxicity to non-target organisms. Studies such as degradation, sorption-desorption and leaching of herbicides in different types of soils are essential to reveal the dynamics of its behavior in the soil promoting subsidies to avoid adverse environmental effects and the subsequent cultures. This study aimed to evaluate the dynamics of herbicide aminociclopiraclor by testing degradation and mineralization, sorption-desorption and leaching in three Brazilian soils: Latossolo Vermelho distrofico (LVd - sandy texture), Plintossolo Petrico concrecionãrio (FFc - clay texture) and Latossolo Vermelho eutrofico (LVe - clay texture). The studies were conducted at the Laboratory of Ecotoxicology CENA/USP, following the rules of the Organisation For Economic Co-operation and Development (OECD). Mineralization rates in the aminocyclopyrachlor evaluated soils were lower than 10%, and follow the following order: FFc
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-12-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.