• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Giovana Mello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2019
Orientador
Banca examinadora
Kamogawa, Marcos Yassuo (Presidente)
Nogueira, Ana Rita de Araujo
Vieira, Edivan Carvalho
Título em português
Dinâmica da disponibilidade de Manganês no solo: Influência das propriedades físicas, químicas e microbiológicas
Palavras-chave em português
Óxido-hidróxidos
Redox
Temperatura
Resumo em português
Relatos de alterações da concentração de manganês disponível em amostras de solos com diferentes tempos de armazenamentos e discrepâncias de concentrações quando a amostras são submetidas a diferentes tratamentos de preparo da amostra, motivaram a investigação das causas desses efeitos. Para tanto, este trabalho teve por objetivo investigar a dinâmica de liberação de Mn biodisponível (Bio-Mn) no solo influenciada por fatores como concentração da matéria orgânica, temperatura, agentes oxidantes e atividade microbiológica. Avaliados por experimentos laboratoriais, de incubação e com plantas, e analisados por determinações elementares, de fracionamento químico e por técnicas espectroscópicas diversas. Os dados obtidos demonstram acréscimos à concentração de Bio-Mn de até 3 a 14 vezes quando amostras de solo foram expostas a secagem em estufas ou ambientes oxidantes. As amostras armazenadas por até 90 dias também tiveram elevação gradativa da forma disponível. Estudos de fracionamento demonstram que a secagem em estufas a 60°C elevaram as concentrações biodisponíveis e reduziram as concentrações das espécies de menor solubilidade, principalmente as frações óxido-hidróxidos e orgânicas. Experimentos combinando temperatura e agentes oxidantes (oxigênio atmosférico) fornecem evidências que as alterações nas concentrações de Bio-Mn foram provenientes de reações REDOX (redução) de espécies mais oxidadas, principalmente Mn4+ e Mn3+. Não foi possível identificar as espécies químicas que são reduzidas durante o tratamento térmico, entretanto o produto da reação possui evidências de ser Mn2+, que pode ser comprovada através de bioensaios com plantas de soja
Título em inglês
Availability dynamics of soil manganese: Influence of physical, chemical and microbiological properties
Palavras-chave em inglês
Oxide-hydroxides
Redox
Temperature
Resumo em inglês
Reports of changes in manganese concentration in soil samples with different storage times and concentration discrepancies when the samples are submitted to different sample preparation treatments motivated the investigation of the causes of these effects. The objective of this work was to investigate the dynamics of the release of bio-available Mn (Bio-Mn) in soil influenced by factors such as organic matter concentration, temperature, oxidizing agents and microbiological activity. Samples were evaluated in laboratory, both by incubation and by plant experiments, and analyzed by elemental determinations, chemical fractionation and various spectroscopic techniques. The data obtained show increases in the concentration of Bio-Mn of up to 3 to 14 times when soil samples are oven-dried or exposed to oxidizing environments. Samples stored for up to 90 days also had their concentrations raised gradually. Fractionation studies demonstrate that oven-drying at 60°C increases the bioavailable concentrations and reduces the concentrations of lower solubility species, mainly the oxide-hydroxides and organic fractions. Experiments combining temperature and the presence of oxidizing agents (atmospheric oxygen) provide evidence that the changes in Bio-Mn concentration come from REDOX reactions (reduction) of more oxidized species, mainly Mn4+ and Mn3+. It was not possible to identify the chemical species that are reduced during the heat treatment; nonetheless the product of the reaction has evidence of being Mn2+, which can be proven through bioassays with soybean plants
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.