• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.64.2010.tde-25112010-162659
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Della Coletta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2010
Orientador
Banca examinadora
Martinelli, Luiz Antonio (Presidente)
Gonçalves, José Leonardo de Moraes
Muraoka, Takashi
Título em português
Estudo da fixação biológica do nitrogênio em leguminosas (família Fabaceae) arbóreas tropicais através do enriquecimento isotópico do 15N
Palavras-chave em português
Fertilizante marcado
Fixação biológica do nitrogênio
Isótopos estáveis do nitrogênio
Leguminosas
Restauração ecológica
Resumo em português
A família Fabaceae abundante nos trópicos, desperta grande interesse para o uso em recuperação de áreas degradas, já que em sua maioria, são lenhosas e perenes, se adaptam aos mais diversos ecossistemas brasileiros e são capazes de fazer associações simbiônticas com bactérias pertencentes ao gênero Rhizobium, que fixam nitrogênio atmosférico fornecendo-o para a planta em uma forma reativa. Dentro deste contexto, o presente estudo avaliou em um experimento em casa de vegetação como a fixação biológica de nitrogênio em três espécies pertencentes a família Fabaceae variou em função da adição de nitrogênio mineral em diferentes doses e através de tratamentos incluindo-se a inoculação com bactérias do gênero Rhizobium e fungos micorrízicos arbusculares (FMAs). Os resultados obtidos através da atividade da redução de acetileno indicaram que os nódulos se encontravam ativos no último mês de experimento nas três espécies fixadoras de N2. Houve uma grande variação na porcentagem de N na planta proveniente da fixação (NPPfix). Quando as plantas cresceram em meio onde a disponibilidade de N era baixa, sem a aplicação deste nutriente no solo, a FBN foi favorecida, variando de 34 a 84%. Pelo contrário, foi possível observar que a fixação foi inibida em vasos onde a adição de nitrogênio foi elevada. Devido ao uso do solo não esterilizado, os inoculantes aplicados (bactérias e fungos) parecem ter competido com a microbiota nativa do solo, assim sendo, diferenças entre os tratamentos inoculados e o controle (sem inoculação) não foram encontradas neste estudo
Título em inglês
Estimates of biological nitrogen fixation by tropical legume trees (Fabaceae) using 15N labeled fertilizer
Palavras-chave em inglês
15N labeled fertilizer
Biological nitrogen fixation
Ecological Restoration
Legumes
Nitrogen stable isotope
Resumo em inglês
Legumes (Fabaceae) are abundant in the tropics and considered as of great interest as restorer of degraded areas, since most of them are woody and perennials, adapted to several Brazilian ecosystems and able to make associations with bacteria belonging to Rhizobium genus, which fix atmospheric nitrogen, and giving it to the plants in a reactive form. In this context, this study evaluated in a greenhouse experiment how nitrogen biological fixation (FBN) varied in three species of Fabaceae family according to the N-mineral addition in different doses and according to treatments including inoculation with bacteria of Rhizobium genus and arbuscular mycorrhizal fungi (AMF). The results obtained from the acetylene reduction activity indicate that the nodules were active in the last month of experiment in the three N2-fixing species. There was a wide variation in the plant N percentage derived from fixation (NPPfix). When plants grew in a soil where N availability was low, without application of this nutrient in the soil, the BNF was favored, ranging the NPPfix from 34 to 84%. On the contrary, it was possible to observe that FBN was inhibited in the pots where N additions were higher. Due to the use of unsterilized soil, the applied inoculants (bacteria and fungi) appear to have competed with the native soil microbiota, thus differences between inoculated and control (without inoculation) could not be established in this study
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Mestrado.pdf (2.27 Mbytes)
Data de Publicação
2011-02-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.