• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2008.tde-26052009-111138
Documento
Autor
Nome completo
Rosangela Katia de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Machado, Ana Lucia (Presidente)
Brigagão, Jacqueline Isaac Machado
Oliveira, Marcia Aparecida Ferreira de
Título em português
O processo de inclusão-exclusão na vida das pessoas em sofrimento psíquico na pós-modernidade
Palavras-chave em português
Desinstitucionalização
Experiência de vida
Preconceito
Saúde Mental
Resumo em português
Este estudo objetivou descrever e analisar o processo inclusãoexclusão social na trajetória de vida das pessoas em sofrimento psíquico, na pós-modernidade. A coleta de dados foi realizada no Projeto Tear, que é um projeto de geração de renda em Guarulhos, por meio de entrevistas semi-estruturadas. A História Oral de vida foi usada como referencial metodológico e possibilitou a compreensão das histórias individuais, respeitando suas diferenças e seu caráter histórico. Participaram do estudo sete colaboradores. Os dados foram interpretados, de acordo com a análise de conteúdo. Do discurso dos entrevistados, emergiram quatro categorias que visaram compreender os aspectos do processo inclusão - exclusão social que são: aspectos políticos, relacionais, subjetivos e material. Cada aspecto foi subdividido em processos de exclusão e de inclusão. Estes aspectos foram apresentados separadamente para não excluir as diferentes dimensões, garantindo, assim, a discussão de todas as facetas do fenômeno, porém relacionam-se de forma dialética. Ao final das análises, verificou-se a complexidade da temática, pois a exclusão social não está apenas na segregação física das pessoas mas sim em uma lógica de segregação que ultrapassa os manicômios. Observou-se também que o estigma e o preconceito funcionam como barreiras para a inclusão social. Verificou-se, ainda, que a assistência em saúde mental na perspectiva da Clínica Ampliada é uma potência para a inclusão social das pessoas em sofrimento psíquico, assim, como qualquer intervenção que promova o empoderamento, a cidadania, a autonomia, a criação de possibilidades, a produção de sociabilidades e de subjetividades e a produção de sentido de vida. Apesar das conquistas obtidas pela Reforma Psiquiátrica nas dimensões políticas, assistenciais, socioculturais e epistemológicas, a mudança paradigmática e as novas tecnologias de cuidado ainda estão no começo e devem continuar a surgir para assegurar a inclusão das pessoas em sofrimento psíquico, ampliando, assim, o empoderamento e a cidadania dessas pessoas.
Título em inglês
The inclusion process exclusion in the life of people under psychic distress in post modernity
Palavras-chave em inglês
Deinstitutionalization
Life change events
Mental Health
Prejudice
Resumo em inglês
This study had as objective to describe and analyze the process of social inclusion exclusion along the life of people under psychic distress in post modernity. The data collection was carried out at Projeto Tear, which is a project for the generation of income in Guarulhos, through semi-structured interviews. The Oral history of life was used as methodological reference and enabled the comprehension of the individual histories, respecting its differences and its historicalness. Seven contributors participated in the study. The data were interpreted according to the analysis of the contents. From the discourse of the interviewees, four categories that aim to understand the aspects of the process of social inclusion exclusion emerged , such as: political aspects; relational, subjective and material, each aspect was subdivided in processes of exclusion and inclusion. These aspects were presented separately not to exclude the different dimensions to guarantee the discussion of all the facets of the phenomenon, however they relate in a dialectical way. By the end of the analysis, it was verified the complexity of the subject, because the exclusion is not only in physical segregation of people but yet in a logic of segregation that surpass the asylums. It was observed as well that the stigma and the prejudice work as barriers for the social inclusion. It was verified, yet, that the assistance in mental health, by the perspective of Amplified Clinic (Clínica Ampliada), is a power for the social inclusion of people under psychic distress, as well as any kind of intervention that promote the empowerment, the citizenship, autonomy, the creation of possibilities, the production of sociability and subjectivity and the production of meaning in life. Despite the achievements of the Psychiatric Reform in political, assistant, socio-cultural and epistemological dimensions, the paradigmatic changing and the new technologies of nursing are still in the beginning and they must continue arising to assure the inclusion of people under psychic distress, amplifying, this way, the empowerment and the citizenship of these people.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.