• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2001.tde-16012007-121259
Documento
Autor
Nome completo
Cleide Carolina da Silva Demoro Mondini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2001
Orientador
Banca examinadora
Cianciarullo, Tamara Iwanow (Presidente)
Bousso, Regina Szylit
Marques, Ilza Lazarini
Título em português
Os agentes de autocuidado e a utilização de orientações disponíveis no cenário do processo cuidativo da criança portadora de fissura lábio-palatal
Palavras-chave em português
Cuidado da criança
Cuidados de enfermagem
Lábio fissurado
Resumo em português
O presente estudo teve como objetivo identificar como a mãe e/ou pessoa significativa (aqui designada como Agente de Autocuidado – AAC) para a criança, fazem uso das orientações recebidas por ocasião da alta hospitalar, por meio da identificação dos requisitos universais da criança e das habilidades referidas pelo AAC em realizar os cuidados. Baseado na Teoria do Déficit de autocuidado de Dorothea Orem. Visa ainda, contribuir e oferecer subsídios para a melhoria da qualidade da assistência prestada, dentro do programa de orientação desenvolvido pela equipe interdisciplinar. É um estudo exploratório, descritivo com abordagem qualitativa segundo BARDIN (1977). Foram realizadas 30 entrevistas com os AAC da criança portadora de fissura lábio-palatal, em dois momentos distintos; a primeira realizada após a cirurgia antes da alta hospitalar e a segunda no período de 8 a 10 dias após a alta hospitalar realizada por meio de telefonema do AAC para a pesquisadora ou da pesquisadora para o AAC, Após a análise das entrevistas emergiram subcategorias relacionadas aos aspectos emocionais e a habilidade do agente de autocuidado para realizar os cuidados com a criança portadora de fissura lábio-palatal, evidenciando que a grande maioria dos agentes de autocuidado conseguem realizar satisfatóriamente os cuidados e uma pequena parcela vivenciou dificuldades para realizar os mesmos. Frente a estes dados devemos prestar maior atenção às particularidades individuais de cada agente de autocuidado, implementando ações educativas de enfermagem no preparo da alta que venham suprimir tais dificuldades fundamentadas em dados concretos, uma vez que não podemos acompanhar lado a lado o pós-operatório devido a distância que separa a criança do hospital
Título em inglês
The agent of selfcare and the utilization of the directions available in the scenery of the process of attending the lip and palate clefted child
Palavras-chave em inglês
Lip and palate cleft
Nursing care
Selfcare
Resumo em inglês
The present study had as an objective to understand, describe and analyse the way how the mother and/or the significant person (here designated as selfcare agent - AAC) for the child, use the directions received on the occasion of the discharge, by means of the identifications of the universal requirements of the child and of the capabilities mentioned by the AAC in performing care, based on Orem's Theory of the Deficit of Selfcare. It also intends to contribute and offer subsidies for the improvement of the quality of care, within the program of orientation developed by the interdisciplinary team. It is an exploratory study, descriptive with a qualitative approach. Sixty interviews were performed with the AAC for the lip-palate clefted child, in two distinct moments: the first was performed in the post-operatory period before the discharge and the second was performed by phone, in a period within 8 to 10 days after the discharge. Subcategories emerged after the analisys of the interviews related to the emotional aspects and the capability of the agent of selfcare, including experience to perform care for the lip and palate clefted child, evidencing that most of the agents of selfcare are able to perform care without difficulties. With relation to the directions offered by the nursing team and mentioned in different dimensions and perspectives by the AAC, stand out: the adequacy of answers of the AAC with relation to hold the child (95.3%); care with earache (94.3%); care with feeding (91.4%) and care when returning for the evaluation and surgery (88.6%). The other items (choking, regurgitation, vomits, deglutition, loss of weight and noisy breathing) are situated bellow the 70.0% of the answers considered as adequate in this study
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Cleide_Mondini.pdf (1.75 Mbytes)
Data de Publicação
2007-01-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.