• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
10.11606/T.7.2009.tde-30032010-111733
Documento
Autor
Nombre completo
Taiza Florencio Costa
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2009
Director
Tribunal
Felli, Vanda Elisa Andres (Presidente)
Alberguini, Leny Borghesan Albertini
Baptista, Patricia Campos Pavan
Paschoal, Maria Lúcia Habib
Takayanagui, Angela Maria Magosso
Título en portugués
Gerenciamento de resíduos químicos perigosos manuseados pela enfermagem de um hospital universitário
Palabras clave en portugués
Enfermagem
Meio ambiente
Resíduo químico perigoso
Saúde ocupacional
Saúde pública
Resumen en portugués
O presente estudo tratou do Gerenciamento de Resíduos Químicos Perigosos (GRQP) manuseados pelos trabalhadores de enfermagem de um hospital universitário.Teve como objetivos identificar os produtos de uso médico-hospitalar, contendo substâncias com potencial para geração de resíduos químicos; verificar as informações existentes sobre os produtos químicos perigosos, manejo de seus respectivos resíduos e análise da percepção dos trabalhadores de enfermagem sobre o manejo e os impactos dos resíduos químicos perigosos; e propor estratégias para o Gerenciamento de Resíduos Químicos Perigosos. Caracteriza-se como exploratório, de caráter descritivo e de abordagem qualitativa. A população foi constituída do total de substâncias químicas armazenadas no serviço de farmácia e almoxarifado e por 662 trabalhadores de enfermagem com uma amostra intencional de 19 sujeitos. Foram usados três instrumentos de coleta de dados, sendo, um formulário para levantamento de todos produtos químicos de uso médico-hospitalar da instituição e outro para identificação dos produtos geradores de resíduos químicos perigosos (RQP), além da técnica de grupo focal para coletar dados sobre o manejo. Os dados foram sistematizados e analisados em dois momentos: no primeiro, foram discutidos o universo de produtos químicos da instituição e os com potencial de geração de resíduos químicos perigosos. O segundo envolveu a análise das quatro categorias apreendidas dos discursos dos sujeitos do grupo focal quanto ao manejo dos RQP. A análise dos dados do primeiro momento evidenciou 387 tipos de produtos químicos nos estoques da instituição campo de estudo, dos quais 139 foram triados como produtos geradores de resíduos químicos perigosos. No entanto, a instituição classifica como perigosos 23 deles, os quais são enviados para as unidades assistenciais sem as informações quanto às características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade e toxicidade, além da ausência de informações individuais quanto ao manejo de seus resíduos. No segundo momento da análise, apreendeu-se quatro categorias: conhecimento sobre o gerenciamento de resíduos químicos perigosos (GQP); conhecimento da exposição e impactos dos resíduos químicos perigosos; medidas preventivas e sugestões para o GRQP. Evidenciou-se, pelas falas dos sujeitos, a carência de treinamentos específicos sobre o GRQP, noções gerais sobre a quantidade de RQP, conhecimento fragmentado nas etapas do manejo correspondentes à segregação, acondicionamento, identificação e transporte interno, além de total desconhecimento dos sujeitos do estudo a partir da etapa de armazenamento temporário até a disposição final, etapas essas resgatadas no primeiro momento do estudo. Na categoria conhecimento da exposição e impactos, verificou-se que os discursos trazem os trabalhadores de enfermagem como os principais expostos da equipe multiprofissional e não relacionam o impacto da exposição na saúde pública e no meio ambiente. Na categoria medidas preventivas, observou-se, nas falas, uma ênfase ao uso de EPI, com destaque às luvas e máscaras. Quanto às sugestões para o GRQP, os trabalhadores de enfermagem indicaram o treinamento como uma das prioridades, além do desenvolvimento de novos produtos, atenção ao manejo esporádico de RQP, adequação dos EPIs e a implantação de medidas de proteção coletiva. Assim, a análise dos dados subsidiou a elaboração de estratégias para o Plano de Gerenciamento de Resíduos Químicos Perigosos (PGRQP), manuseados pela enfermagem da instituição. Portanto, frente aos dados analisados, as propostas foram apresentadas em duas fases. Na primeira, propôs-se um fluxograma de informações entre a instituição campo de estudo e o fornecedor, além da Ficha de Informação de Gerenciamento de Resíduo Químico Perigoso Hospitalar (FIGERQP-HOSP) para subsidiar o Plano de Gerenciamento de Resíduo Químico Perigoso (PGRQP), seguida de uma sugestão de fluxograma de informações entre os setores assistenciais e serviço de farmácia quanto aos RQP manuseados pela enfermagem. A segunda fase de propostas envolveu as recomendações gerais para o PGRQP. Faz-se, ainda, necessária a classificação do universo dos produtos geradores de RQP da instituição e aplicação de estratégias as quais efetivem a elaboração do PGRQP, com vistas à promoção da saúde do trabalhador, saúde pública e do meio ambiente.
Título en inglés
Management of hazardous chemical wastes by the nursing team of a school hospital
Palabras clave en inglés
Environment
Hazardous chemical waste
Nursing
Occupational health
Public health
Resumen en inglés
This study focused on the Management of Hazardous Chemical Waste (MHCW) handled by nursing workers of a school hospital. Its purpose was to identify products of medical-hospital use that contain substances potentially generators of chemical waste, check the existing information on hazardous chemicals, handling of their respective waste, and analysis of the nursing workers´ perception of the handling and impact of hazardous chemicals waste and propose strategies for the Management of Hazardous Chemical Wastes. This study is characterized as exploratory, descriptive, with a qualitative approach. The population was formed by all chemicals stored at the pharmacy and storeroom and of 662 nursing workers with an intentional sample of 19 subjects. Three were used for data collection: the first was a form for the listing of all medical-hospital use chemicals in the institution and another for the identification of products capable of generating hazardous chemical wastes (HCW), in addition to the technique of focus groups to collect data on handling. The data were systematized and analyzed in two instances: during the first, we discussed the universe of the institution´s chemicals and of those with the potential to generate hazardous chemical wastes. The second instance involved the analysis of the four categories extracted from the talks of the subjects in the focus group as to the handling of HCW. The analysis of the data of the first instance found 387 types of chemicals in the inventory of the studied institution, out of which 139 were screened as generators of hazardous chemicals wastes. However, the institution ranks 23 of them as hazardous, but they are sent to health care units without data as to the features of flammability, corrosiveness, reactivity and toxicity, in addition to the lack of individual information related to waste handling. At a second moment of the analysis, four categories were determined: knowledge of the management of hazardous chemical wastes (MHCW); awareness of the exposure and impact of hazardous chemical wastes, preventive measures and suggestions to HCW. The dialogues with the subjects evidenced the lack of specific training on MHCW, of general knowledge on the amount of HCW, fragmented knowledge of the handling stages corresponding to segregation, packaging, identification and internal transport, in addition to total lack of knowledge of the study subjects from the stage of temporary storage to the final disposal, stages that were discussed during the first instance of the study. In the category of awareness of exposure and impacts, it was found that the dialogues mention that nursing workers are the people with more exposure among the multi-professional team and do not associate the impact of exposure on public health and on the environment. In the preventive actions category the dialogues evidenced emphasis on the use of IPE (Individual Protection Equipment), especially gloves and masks. As to suggestions regarding MHCW, nursing workers appointed training as one of the priorities, in addition to development of new products, attention to sporadic handling of HCW, adaptation of IPEs, and implementation of collective protection measures. Thus, the data analysis provided subsidies for the preparation of strategies for the Management Plan for Hazardous Chemical Wastes handled by the institution´s nursing team. Therefore, considering the analyzed data, the proposals were presented in two stages. In the first, an information flowchart between the institution that is the object of the study and the suppliers, in addition to an Information File of the Management of Hazardous Hospital Chemical Wastes (FMHHCW) to provide input for the Management Plan for Hazardous Chemical Wastes (MPHCW), followed by a suggestion of an information flowchart between the health care sectors and the pharmacy service, regarding the HCW handled by the nursing team. The second stage of proposals involved the general recommendations for MPHCW. It is still necessary to classify the universe of products generating HCW in the institution and application of strategies that will make effective the elaboration of MPHCW, with a view to the promotion of the health of workers, public health and environment.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Taiza_Florencio.pdf (1.90 Mbytes)
Fecha de Publicación
2010-05-18
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.