• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2011.tde-01062011-134231
Documento
Autor
Nome completo
Acacia Maria Lima de Oliveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Kimura, Miako (Presidente)
Almeida, Alexander Moreira de
Cruz, Dina de Almeida Lopes Monteiro da
Rocha, Neusa Sica da
Santos, Vera Lucia Conceicao de Gouveia
Título em português
Análise psicométrica da Daily Spiritual experience scale pelo método Rasch
Palavras-chave em português
Espiritualidade
Método de Rasch
Psicometria
Religião
Resumo em português
Introdução: Diversos instrumentos têm sido propostos na literatura internacional para medir atributos da religiosidade e espiritualidade. A Daily Spiritual Experience Scale (DSES) é um instrumento que busca acessar a dimensão espiritual por meio de experiências que se manifestam na vida diária, como gratidão, compaixão, paz interior, conexão com o transcendente, sem envolvimento com crenças ou comportamentos de uma religião específica. A DSES original e as versões para diferentes países, entre eles o Brasil, foram desenvolvidas e validadas com base na Teoria Clássica dos Testes (TCT). A Teoria da Resposta ao Item (TRI) é uma abordagem da Psicometria Moderna que complementa a TCT incluindo novos métodos para construção, validação e refinamento de instrumentos de medida, entre os quais destaca-se o Método de Rasch. Uma das grandes contribuições deste método é a obtenção de medidas intervalares, permitindo coletar dados de melhor qualidade. Objetivo: Avaliar as propriedades psicométricas da versão brasileira da Daily Spiritual Experience Scale, utilizando o Método Rasch. Método: Este estudo teve como base os dados coletados para a validação clássica da versão brasileira da DSES. Este instrumento e outro de caracterização da amostra foram aplicados por meio de entrevista a 179 pacientes internados em unidades de clínica médica e cirúrgica de dois hospitais, com idade mínima de 18 anos. A DSES é composta de 16 itens, considerados unidimensionais, que são respondidos em escala do tipo Likert variando de 1 a 6 pontos nos 15 primeiros itens e de 1 a 4, no item 16. Menores pontuações no escore total refletem maior freqüência de experiências espirituais. Os itens da DSES foram analisados individualmente quanto à unidimensionalidade e à independência local, com análises seqüenciais das propriedades de aditividade (comportamento das categorias de resposta), Invariância dos itens (Funcionamento Diferencial dos Itens DIF), objetividade específica (calibragem dos itens) e consistência interna (Person Separation Index-PSI). A análise de Rasch foi efetuada com o software RUMM2020. Resultados: Na análise inicial (ajuste dos itens ao modelo Rasch), a unidimensionalidade não foi confirmada e três itens apresentaram dependência local. Cinco itens mostraram categorias de respostas desordenadas, com melhora nos padrões de respostas após colapsar os limiares para quatro categorias. O item 7 pedir ajuda de Deus apresentou DIF em relação à religião e o item 14 aceitação dos outros, em relação a sexo e religião. A exclusão dos itens problemáticos e o ajuste nas categorias das respostas melhoraram o ajuste geral ao modelo. Quanto à objetividade específica, foi observado que os itens alcançaram as pessoas com maior frequência nas experiências espirituais. Embora necessite de alguns ajustes, a versão brasileira da DSES pode ser considerada como uma escala Rasch. Sugere-se a realização de novas pesquisas, em outros contextos e populações, para verificar se o instrumento preserva suas propriedades psicométricas quando analisado pelo método de Rasch.
Título em inglês
Psychometric analysis of the Daily Spiritual Experience Scale by Rasch Method
Palavras-chave em inglês
Psychometrics
Rasch Method
Religion
Spirituality
Resumo em inglês
Introduction: Several instruments have been proposed in the international literature to measure attributes of religiosity and spirituality. The Daily Spiritual Experience Scale (DSES) is an instrument that seeks to access the spiritual dimension through experiences that manifest in daily life, with no involvement with beliefs or behaviors of a specific religion. The original DSES and its versions for different countries, including Brazil, have been developed and validated based on Classical Test Theory (CTT). The Item Response Theory (IRT) is an approach of the Modern Psychometrics that complements the CTT including new methods for construction, validation and refinement of measuring instruments, among which stands out the Rasch method. A major contribution of this method is to obtain interval measurements, allowing the collection of better data. Objective: To evaluate the psychometric properties of the Brazilian version of the Daily Spiritual Experience Scale using the Rasch method. Method: This study was based on data collected for the classic validation of the Brazilian version of the DSES. This instrument and another for sample characterization were applied by interview to 179 patients with minimum age of 18, in clinical and surgical units of two hospitals. The DSES consists of 16 items, considered unidimensional, which are answered on Likert type scale ranging from 1 to 6 points in the first 15 items and from 1 to 4, in the item 16. Lower scores on the total score reflect a higher frequency of spiritual experiences. The DSES items were analyzed individually as the Unidimensionality and Local Independence, with sequential analysis of the properties of aditivity (pattern of the response categories), invariance (Differential Item Functioning - DIF), specific objectivity (calibration of the items) and internal consistency (Person Separation Index-PSI). Rasch analysis was performed using the software RUMM2020. Results: In the initial analysis (adjustment of the items to the model) the unidimensionality wasnt confirmed and three items showed local dependency. Five items showed disordered response categories, with improvement in the response patterns after collapsing thresholds for four categories. The item 7 ask for help from God had DIF related to religion and item 14 acceptance of others in relation to sex and religion. The exclusion of problematic items and fit into the response categories improved overall adjustment to the model. As for specific objectivity, it was observed that the items reached people with more often frequencies in spiritual experiences. Although it needs some adjustments, the Brazilian version of DSES can be considered as a Rasch scale. It is suggested to conduct further research in different contexts and populations to verify if the instrument preserves its psychometric properties when analyzed by the Rasch method.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese_Acacia.pdf (1.52 Mbytes)
Data de Publicação
2011-06-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.