• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2017.tde-10052017-091815
Documento
Autor
Nome completo
Vladimir Araujo da Silva
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Silva, Maria Julia Paes da (Presidente)
Araujo, Monica Martins Trovó de
Leão, Eliseth Ribeiro
Marcon, Sonia Silva
Turrini, Ruth Natalia Teresa
Título em português
Bem-estar espiritual decorrente da audição passiva de música sacra em familiares enlutados: ensaio clínico randomizado
Palavras-chave em português
Cuidados paliativos
Enfermagem oncológica
Espiritualidade
Musicoterapia
Terapias complementares
Resumo em português
Introdução: A música constitui um recurso de cuidado capaz de integrar todas as dimensões humanas e direcionar questionamentos e reflexões acerca do significado da vida e sua finitude, subsidiando a expressão da espiritualidade e a compreensão do sentido da vida. Objetivo: Avaliar os efeitos da musicoterapia no bem-estar espiritual de familiares enlutados. Método: Trata-se de um ensaio clínico randomizado, com abordagem quantitativa. Os participantes foram alocados aleatoriamente para o Grupo 1 controle, sem intervenção, Grupo 2 experimental, com música sacra cantada ao vivo, e Grupo 3 experimental, com música sacra instrumental ao vivo. A pesquisa foi realizada nas residências de usuários cadastrados na Rede Feminina de Combate ao Câncer de Maringá-PR, após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. A amostra foi composta por familiares enlutados pela morte de pacientes oncológicos, há pelo menos um mês e no máximo 12 meses, residentes nos municípios de Maringá, Sarandi ou Paiçandu, com idade igual ou superior a 18 anos, função auditiva referida preservada e função da linguagem preservada, que participaram do processo de cuidado no fim da vida de seu ente querido e aceitaram participar da pesquisa. A coleta de dados ocorreu entre janeiro de 2014 e março de 2015, por meio da utilização de um formulário semiestruturado e da Escala de Bem- Estar Espiritual (EBE), subdividida em Bem-Estar Religioso (BER) e o Bem-Estar Existencial (BEE), aplicada antes e após a intervenção. Foram utilizadas três músicas sacras brasileiras (Vossa presença faz viver; Prece ao Deus vivo; Quando a dor chegar), pré-selecionadas e executadas ao vivo, pelo pesquisador e uma flautista, utilizando voz (tenor), violão acústico e flauta doce (contralto), em quatro sessões de audição passiva, com duração de 20 minutos, uma vez por semana, de forma individual ou em grupo. Foram realizadas análises estatísticas descritivas e inferenciais, por meio dos testes Qui-Quadrado ou Análise de Variância, ao nível de 5% de significância. Resultados: No total, 69 familiares enlutados participaram do estudo, (27,5% cônjuges e 72,5% filhos), sendo alocados, aleatoriamente, 23 em cada grupo. As médias dos escores gerais de Bem-Estar Espiritual, antes e após a intervenção, foram, respectivamente: 106,4 e 105,5 no Grupo 1; 103,2 e 105,2 no Grupo 2; 107,4 e 108,7 no Grupo 3. Para o BER as médias foram: 57,9 e 56,9 no Grupo 1, 56,3 e 56,4 no Grupo 2, 57,4 e 58,1 no Grupo 3. Para o BEE as médias foram: 48,5 e 48,6 no Grupo 1, 46,9 e 48,9 no Grupo 2, 49,9 e 50,7 no Grupo 3. Os Coeficientes Alfa de Cronbach, antes e após a intervenção (0,826 e 0,848) demonstram alta confiabilidade nas respostas dos participantes em relação à EBE. Conclusão: Embora não sejam estatisticamente significativos, os resultados sugerem que a musicoterapia pode melhorar o bem-estar espiritual de familiares enlutados, e que a música sacra cantada pode subsidiar melhores níveis de bem-estar espiritual quando comparada à música sacra instrumental.
Título em inglês
Spiritual well-being resulting from passive listening of sacred music in bereaved relatives: randomized controlled trial
Palavras-chave em inglês
Complementary therapies
Music Therapy
Oncology Nursing
Palliative Care
Spirituality
Resumo em inglês
Introduction: Music is a care facility able to integrate all human dimensions and direct questions and reflections about the meaning of life and its finitude, supporting the expression of spirituality and understanding the meaning of life. Objective: To evaluate the effects of music therapy on spiritual well-being of bereaved relatives. Method: This is a randomized clinical trial with a quantitative approach. The participants were randomly allocated to Group 1 control, without intervention, Group 2 experimental, with live sung sacred music and Group 3 experimental, with live instrumental sacred music. The survey was conducted in the residences of the registered users in the Women's Network Against Cancer of Maringa- PR, after approval by the Research Ethics Committee of the School of Nursing of the University of São Paulo. The sample consisted of bereaved relatives by the death of cancer patients for at least one month and a maximum of 12 months, residents in the cities of Maringá, Sarandi or Paiçandu, aged over 18 years, preserved referred auditory function and preserved function of language, who participated in the care process at the end of life of their loved one and agreed to participate. Data collection took place between January 2014 and March 2015, through the use of a semi-structured form and of the Spiritual Well-Being Scale (SWBS), subdivided into Religious Well-Being (RWB) and the Existential Well-Being (EWB), applied before and after the intervention. Three Brazilian sacred music were used (Your presence gives life; Prayer to the living God: When the pain arrive), preselected and performed live by researcher and a flutist, using voice (tenor), acoustic guitar and flute (alto), in four 20-minute passive listening sessions, once a week, individually or in groups. Descriptive statistical analyzes were performed, and inferential analysis through the Chi- Square or Analysis of Variance tests, at 5% significance level. Results: In total, 69 bereaved relatives participated in the study (27.5% spouses and children 72.5%), being allocated randomly, 23 in each group. The mean of the overall scores of Spiritual Well-Being before and after the intervention, were, respectively: 106.4 and 105.5 in Group 1; 103.2 and 105.2 in Group 2; 107.4 and 108.7 in Group 3. For the RWB the means were 57.9 and 56.9 in Group 1, 56.3 and 56.4 in Group 2, 57.4 and 58.1 in Group 3. For the EWB the means were 48.5 and 48.6 in Group 1, 46.9 and 48.9 in Group 2, 49.9 and 50.7 in Group 3. The Cronbach's Alpha Coefficients before and after intervention (0.826 and 0.848) demonstrate high reliability in the answers of the participants with regard to SWBS. Conclusion: Although not statistically significant, the results suggest that music therapy can improve the spiritual well-being of bereaved relatives, and the sung sacred music can support higher levels of spiritual well-being compared to instrumental sacred music.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.