• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2013.tde-12092014-122925
Documento
Autor
Nome completo
Luana Llagostera Sillano Gentil
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Costa, Ana Lucia Siqueira (Presidente)
Sampaio, Lucimar Aparecida Barrense Nogueira
Turrini, Ruth Natalia Teresa
Título em português
Tecnologia educativa de cuidados para o pós-operatório da cirurgia de revascularização miocárdica: uma ferramenta para o paciente e família
Palavras-chave em português
Educação do paciente
Enfermagem
Enfermagem (Educação)
Revascularização miocárdica
Tecnologia educacional
Resumo em português
Introdução: Sabe-se que pacientes e famílias beneficiam-se de orientações educativas no período de pós-operatório de revascularização miocárdica. Deste modo, desenvolver uma ferramenta de ensino para ser utilizado neste período contribui para o melhor conhecimento sobre o autocuidado no domicílio, otimiza a recuperação e diminui o estresse destes indivíduos comum nesta etapa. Existem diversas ferramentas de ensino utilizadas para a orientação do paciente/família antes da alta hospitalar, entretanto, no Brasil, a produção de materiais fundamentados com orientações fidedignas e significativas, com a participação da população alvo, de expertise na área de cardiologia e com rigor metodológico para a construção destas ferramentas, ainda representa uma lacuna na produção do conhecimento. Objetivos: O objetivo geral desta pesquisa foi elaborar uma ferramenta educativa que auxilie no autocuidado de paciente revascularizado e família após a alta hospitalar e os específicos foram sistematizar, identificar, estruturar o conteúdo da ferramenta educativa e validar a adequação da linguagem, conteúdo e ilustrações da mesma com a participação de paciente/familiares e peritos em cardiologia. Método: Trata-se de um estudo de abordagem metodológica que contou com a participação de 35 pacientes/famílias e oito peritos na primeira fase e na terceira fase oito pacientes/famílias e peritos. Estes foram representados por enfermeiros, cardiologista clínico, fisioterapeuta, nutricionista, farmacêutico clínico, psicólogo. A construção se deu em três diferentes fases: na primeira organizou-se o conteúdo da cartilha mediante a revisão da literatura, a coleta de informações entre o grupo de paciente/família e entre os peritos em cardiologia; na segunda se deu a construção da ferramenta educativa piloto baseada nos dados da fase anterior, tendo como base as informações coletadas e sistematizadas pelos princípios teóricos de Orem e organizadas pelo referencial metodológico de Pasquali; a terceira fase consistiu da apresentação da ferramenta educativa piloto aos pacientes/familiares e peritos em cardiologia para validação do conteúdo, linguagem e ilustrações com a utilização de um instrumento desenvolvido para este fim. Após conclusão desta etapa foram realizadas a construção da ferramenta educativa aperfeiçoada, a diagramação e a impressão da versão final. Resultados: Os itens que foram frequentemente identificados para inclusão na ferramenta se referem ao uso correto dos medicamentos e as alternativas para conter os gastos com estes, cuidados com a alimentação, com a dieta e com o uso de bebidas alcoólicas, realização de atividades físicas e atividades de vida diária, cuidados com a ferida operatória, identificação de intercorrências e direcionamento à serviços de saúdes, retorno à consulta médica e orientações sobre adaptação psicológica e enfrentamento das dificuldades no pós-operatório. Conclusão: A construção e validação da ferramenta educativa focada no autocuidado, poderá ser útil em pesquisas futuras para aumentar as estratégias de enfrentamento dos pacientes/famílias e otimizar o planejamento da alta pelos profissionais da saúde.
Título em inglês
Educational technology for postoperative care after CABG: a tool for patients and family.
Palavras-chave em inglês
Educational Technology
Myocardial Revascularization
Nursing (Education)
Patient Education as Topic
Resumo em inglês
Introduction: It is well known that patients and families benefit from educational orientations while recovering from coronary artery bypass graft surgery (CABG). Therefore, developing a teaching tool to be used during this period contributes to a better understanding of self-care at home, optimizes recovery, and decreases stress, a symptom common to these individuals at this stage. There are several teaching tools used to guide the patient/ family prior to discharge. However, in Brazil, the production of materials based on reliable guidelines, with the participation of the target population and experts in cardiology, and adequate methodology still represents a gap in knowledge production. Objectives: The general objective of this research was to develop an educational tool to assist in the self-care of patients undergoing CABG and their families after discharge. Specific objetives were to systematize, identify, and structurize the content of an educational tool and validate the appropriateness of language, content and illustrations, with the participation of patients/families and experts in cardiology. Method: This is a study of methodological approach that included the participation of 35 patients/families and eight experts in the first phase, and eight patients/families and experts in the third phase. The experts were represented by nurses, clinical cardiologists, physiotherapist, dietician, clinical pharmacist, and a psychologist. The construction took place in three different phases: in the first phase the contents of the booklet were organized through a review of the literature and collection of information from the group of patients/families and among experts in cardiology; in the second phase an educational pilot tool was constructed based on data from the previous phase, with the information collected and systematized by the theoretical principles of Orem and organized by the methodological framework of Pasquali; the third phase consisted of the presentation of the pilot educational tool for patients/families and experts in cardiology for validation of content, language and graphics, using a tool developed for this purpose. This led to the construction of an improved educational tool with a revised layout, and the final version was printed. Results: The items that were frequently identified for inclusion in the tool refer to the correct use of medications and alternatives to contain spending on these, nutritional care, use of alcohol, physical activities and activities of daily living, wound care, identifying and targeting the complications of home health services, return to medical consultation, and guidance on psychological adjustment and coping difficulties postoperatively. Conclusions: The construction and validation of an educational tool focused on self-care may be useful in future research to increase the coping strategies of patients/ families and optimize discharge planning by health professionals.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.