• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2017.tde-17052017-125438
Documento
Autor
Nome completo
Raquel Faria da Silva Lima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Turrini, Ruth Natalia Teresa (Presidente)
Kurebayashi, Leonice Fumiko Sato
Rodrigues, Eliana
Secoli, Silvia Regina
Silva, Nair Chase da
Título em português
Fitoterapia popular no contexto socioambiental ribeirinho: contribuições da etnobotânica para a enfermagem transcultural.
Palavras-chave em português
Enfermagem transcultural
Etnobotânica
Medicina popular
Plantas medicinais
Resumo em português
Introdução: Para o ribeirinho amazônico as plantas medicinais representam muitas vezes o único recurso terapêutico disponível para o tratamento de suas doenças. Utilizam como base para produção do recurso natural, folhas, cascas e sementes, com o objetivo de alívio de problemas de saúde. O registro das plantas medicinais utilizadas de modo terapêutico por tais grupos humanos tem oferecido base para o desenvolvimento de estudos fitoquímicos e farmacológicos de novas drogas. Além disso, a análise de práticas de cuidado em ambientes culturalmente exóticos fortalecem a enfermagem transcultural, a medida que visa o intercâmbio dos saberes populares e científico. Como referencial teórico utilizou-se a etnobotânica e o modelo Sunrise de Leininger e Mc Farland. Objetivo geral: Analisar o uso terapêutico de plantas medicinais no contexto sociocultural ribeirinho da comunidade Nossa Senhora da Conceição do Boam, localizada no Médio Solimões, Coari Amazonas. Objetivos específicos: Conhecer os valores, crenças e aspectos da estrutura sociocultural que envolvem a utilização da fitoterapia popular no ambiente ribeirinho; identificar o itinerário terapêutico das famílias ribeirinhas; analisar o uso das plantas medicinais entre os ribeirinhos com notório saber em plantas medicinais; e analisar o uso terapêutico da planta de maior importância para a comunidade. Material e Método: Estudo etnobotânico realizado na comunidade ribeirinha Nossa Senhora da Conceição do Boam, localizada na cidade de Coari-Amazonas. Os participantes do estudo foram 19 informantes, gerais e especialistas pessoas de notório saber na terapeutica com plantas medicinais. A coleta de dados ocorreu entre os meses de janeiro de 2015 e maio de 2016 por meio da turnê-guiada, exsicata, entrevistas semi-estruturadas e estruturadas. A análise dos dados ocorreu de forma quanti-qualitativa através da análise temática e cálculos de Fator de Consenso Individual, Importância Relativa e Valor de Uso, para identificacao das plantas e doenças de maior relevância comunitária. Resultados: Os especialistas foram predominantemente do sexo feminino (88%), com idade média de 50 anos. Em termos de ocupação, a maioria deles eram agricultores (63,3%), com rendimento médio mensal abaixo do salário mínimo brasileiro por família e apenas 36,4% dos entrevistados eram alfabetizados. O itinerário terapêutico da comunidade inicia-se com a fitoterapia popular, em seguida o rezador, o agente comunitário de saúde local, e, finalmente, o médico. As razões que influenciavam a terapêutica com plantas medicinais eram: a fé, a segurança, o conhecimento sobre o preparo, o fácil acesso e a eficácia das plantas. Foi relatado o uso de 62 plantas medicinais, para o cuidado de doenças infecciosas e parasitárias, neoplasias, doenças hematológicas, nutricionais, dermatológicas, transtornos comportamentais, doenças do sistema nervoso, ouvido, dos aparelhos circulatório, respiratório, digestivo, osteomuscular, geniturinário; como anti-inflamatórios e anticoncepcional, totalizando 49 indicações terapêuticas. As doenças do sistema respiratório foram as mais relevantes na comunidade com maior quantitativo de plantas (n=30) e citações (n=162). A planta medicinal de maior importância e versatilidade foi a caatinga de mulata (S. Aeollanthus), uma erva com evidências de ação antimicrobiana, anticonvulsivante, sedativa, analgésica e anti-inflamatória, utilizada na comunidade para doenças pulmonares, intestinais, dermatológicas e hemorrágicas, em nove problemas de saúde diferentes. Conclusão: Nesta comunidade, a estrutura sociocultural ribeirinha, assim como seus valores e crenças envolvem a utilização de ervas medicinais como a primeira escolha terapêutica. A rica farmacopeia encontrada pode facilitar a descoberta de novas drogas. Além disso, por meio da Teoria do Cuidado Cultural foi constatada a possibilidade da preservação do cuidado com a espécie S. Aeollanthus. Todavia, para se tornar um prática baseada em evidência existe a necessidade de ensaios pré-clínios e clínicos em humanos.
Título em inglês
Traditional herbal medicine in riverside environmental context: contributions of ethnobotany to transcultural nursing
Palavras-chave em inglês
Ethnobotanic
Folk medicine
Medicinal plants
Transcultural nursing
Resumo em inglês
Introduction: | Most of the times, the medicinal plants represent to the riparian the only therapeutic resource available to the treatment of their diseases. Sheets, shells and seeds are the basis to the production of these natural resources looking for the relief of health problems. Registration of the therapeutic use of the medicinal plants has been the basis for phytochemical and pharmacologic studies to the discover of new drugs. Besides that, the analysis of practices of caring in culturally exotic environments, strengthen the transcultural nursing in a way that deal with the exchange between the popular and the scientific knowledges. As a theoretical framework it was used the ethnobotany and the Sunrises model of Leininger and Mc Farland. General objective: Analyze the therapeutic use of the medicinal plants in the sociocultural context of the riparian in the community Nossa Senhora da Conceição do Boam, localized in the Médio Solimões, Coari - Amazonas. Specific objectives: Know the values, beliefs and aspects of the sociocultural structure involving the use of the traditional medicinal plants among the riparian; identify the therapeutic itinerary of these families; analyze the use of theses plants by the riparian with notorious knowledge in medicinal plants; and analyze the therapeutic use of the most important plant to that community. Material and method: Ethnobotanic study developed in the riparian community Nossa. Senhora da Conceição do Boam, localized in the city of Coari - Amazonas. The participants of the study were 19 general and specialist informants - the second one, people with notorious knowledge in using medicinal plants. The data collection occurred between January/2015 and May/2016 by guide-tours, excicata, semi-structured and structured interviews. Analysis was made by quanti-qualitative through the thematic analysis, calculus of Individual Consensus Factor, Relative Importance and Value of Using to identify the plants and the diseases of most relevance in the community. Results: The specialists were mainly female (88%), an average of 50 years old. Most of them were farmers (63,3%), with the average monthly income under the national minimum wage by family, and 36,4% of the interviewed were alphabetized. The communitys therapeutic itinerary starts with the traditional medicinal plants, following the prayer, the community health agent, and, finally, the doctor. The therapeutic with medicinal plants were influenced by faith, security, knowledge about its preparing, the easy access to the plants and their efficacy. It was related the use of 62 medicinal plants, to the caring of infectious and parasite diseases; neoplasia; hematological, neurological, nutritional and dermatological diseases, behavior disorders, other diseases of the ear, circulatory, respiratory, digestive, musculoskeletal and genitourinary systems; as anti-inflammatory and contraceptive, totalizing 49 therapeutic indications. The respiratory diseases were the most relevant in the community, with the highest quantitative of plants (n=30) and citations (n=162). The most important and versatile medicinal plant to the community was the catinga de mulata (S. Aeollanthus), an herb with evidences of antimicrobial, anti convulsive, sedative, analgesic and anti-inflammatory actions, used by the community to respiratory, intestinal, dermatological and hemorrhagic diseases, totalizing nine different health disorders. Conclusion: In this community, the riparian sociocultural structure, as their values and beliefs involves the using of medicinal herbs as their first therapeutic choice. The rich pharmacopoeia found can make easier the discovering of new drugs. Besides that, the Cultutal Care Teory enables the preservation of the caring with the species S. Aeollanthus, but randomized pre-clinic and clinic trials with humans are important to use it based on evidence.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.