• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2006.tde-18052009-105008
Documento
Autor
Nome completo
Beatriz Farias Alves Yamada
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Santos, Vera Lucia Conceicao de Gouveia (Presidente)
Caliri, Maria Helena Larcher
Cruz, Dina de Almeida Lopes Monteiro da
Meneghin, Paolo
Pereira, Julio Cesar Rodrigues
Título em português
Índice de qualidade de vida de Ferrans e Powers: construção e validação da versão feridas
Palavras-chave em português
Confiabilidade
Feridas
Qualidade de vida
Validade
Resumo em português
Diante da indisponibilidade de um instrumento específico de avaliação da qualidade de vida (QV) de pessoas com qualquer tipo de ferida, em nosso meio, o objetivo deste estudo foi construir e validar a versão feridas do Índice de Qualidade de Vida de Ferrans e Powers (IQVFP-VF). Inicialmente, o estudo recebeu autorização das autoras do instrumento original, aprovação pelo Comitê de Ética da EEUSP e autorizações dos campos para a coleta de dados. Classificado como do tipo metodológico, o estudo foi desenvolvido segundo os procedimentos teóricos, empíricos e analíticos, propostos por Pasquali, Os procedimentos teóricos incluíram a definição e análise dos itens por meio de revisão de literatura, avaliações de juizes (especialistas e pacientes) e pré-teste; os empíricos foram realizados por meio da aplicação do instrumento, resultante da etapa anterior, para análise de suas propriedades psicométricas, em amostras de teste (n=362), re-teste (n = 63) e validade convergente (n=179); e os analíticos, por meio das estratégias estatísticas destinadas às análises das propriedades psicométricas do instrumento final dos procedimentos teóricos. A confiabilidade foi obtida por meio da avaliação da consistência interna - CI (alfa de Cronbach 0,70) e da estabilidade do instrumento - duas semanas pós-teste (coeficiente de correlação intraclasse 0,70). Avaliaram-se a validade de conteúdo, pela concordância entre juizes ( 80%); a de critério concorrente, pela correlação entre os escores do item sua satisfação e dos domínios e instrumento total (coeficiente de correlação de Pearson ou Spearman 0,30); a validade de construto convergente, correlacionando-se os domínios e instrumento total do IQVFP-VF e WHOQOL-bref (esperando-se correlações moderadas a fortes 0,30 entre os domínios similares e < 0,30 entre os diferentes) e a validade de construto discriminante, comparando-se os escores dos domínios e instrumento total quanto a idade, número e duração da ferida e intensidade de dor, no momento e na última semana (Testes de Mann-Whitney, Kruskal-Wallis, t-Student e ANOVA). A análise fatorial confirmatória (AFC) foi testada pelo grau de correlação entre os itens e os domínios originais (saúde/funcionamento-SF; sócio-econômico-SE; psicológico e espiritual-PE e família-Fa) e medidas de ajuste de modelo (LISREL). A amostra foi composta de pacientes ambulatoriais com feridas, pertencentes a dezesseis instituições, que se enquadraram em critérios pré-estabelecidos. Os resultados mostram coeficientes alfa de Cronbach 0,90; 0,88; 0,65; 0,81; 0,55 para o instrumento total e domínios SF, SE, PE, Fa respectivamente, na avaliação da CI; para a estabilidade, encontraram-se correlações 0,83 (p < 0,000); para a validade concorrente, correlações de 0,28 a 0,69; para a validade convergente, correlações de 0,17 a 0, 60 e para a validade discriminante, correlações significativas entre: QV geral e número de feridas (p=0,047); PE e duração da ferida (p=0,017); SF (p= 0,043), SE (p= 0,008), PE (p= 0,000) e qualidade de vida geral (p=0,003) para as faixas etárias mais avançadas; e SE e a pior dor da semana anterior à entrevista (p = 0,015). À AFC sugeriu que o modelo é razoavelmente ajustado para o quatro domínios. Concluindo-se o estudo, pode-se considerar que o IQVFP-VF - como um instrumento específico e relacionado à saúde - é válido e tem confiabilidade atestada nos aspectos mais importantes para a população com feridas: a QV geral, a saúde e os aspectos psicológicos e espirituais
Título em inglês
Ferrans & Powers quality of life index : development and validation of the wound version
Palavras-chave em inglês
Quality of life
Reliability
Validity
Wound
Resumo em inglês
The scarcity of a specific tool to evaluate the quality of life (QOL) of persons with any kind of wounds, in our culture, lead to the development of this study. It aimed to develop and validate a wound version of the Ferrans & Powers QOL Index (QLI -WV). The study was authorized by the QLI authors and was approved by the Ethics Committee of Nursing College of the University of São Paulo and authorized by the institutions where data were collected. This methodological research was based on the procedures established by Paquali. The theoretical pole included the selection and analysis of the items to be included in the instrument (literature review, evaluations by specialists and patients committees and pre test). The empirical ones were developed through the application of the resulted instrument (from last step) to test sample (n=362), teste-retest sample (n=63) and convergent validity sample (n=179). And the analytical pole included the statistical strategies to analyse the instrument´s psychometric properties. The reliability was obtained through: internal consistency - IC (Cronbach´s alpha 0,70) and stability, two weeks after the first instrument apllication (Intraclass correlation coeficient 0,70). The content validity was analysed through the concordance level between judges ( 80%); the concurrent validity, through the correlation among the scores of the item your satisfaction and domains and overall QOL (Pearson or Spearman correlation coeficient 0,30); the convergent validity, through the correlation between the domains and overall QOL of QLI -WV and WHOQOL-bref (strong to moderate correlation between similar domains and weak between the different ones) and the discriminant validity through the comparison among the domains and total QOL and age, wound number and durability, and present and the worst last week pain (Mann Whitney, Kruskal-Wallis, t-Student and ANOVA tests). The confirmatory factor analysis (CFA) was tested by the correlation between the QLI-WV items and original domains (health & functioning - HF; socioeconomic - SE, psychological/spiritual - PS and family - Fa) and the adjustment measures model (LISREL). The sample was composed by outpatients who were assisted at 16 Health Services, and who met the pre established criteria. The results showed Cronbach´s alpha coeficients of 0.90; 0.88; 0.65; 0.81; 0.55 respectively for total QOL and domains (HF, SE, PS and Fa) for IC; r 0.83 (p < 0.000) for stability; r = 0.28 to 0.69 for concurrent validity; r = 0.17 to 0. 60 for convergent validity and significative correlation between: overall QOL and number of wounds (p=0.047); PS and wound durability (p=0.017); HF (p= 0.043), SE (p= 0.008), PS (p= 0.000) and overall QOL (p=0.003) for old patients; and SE and worst last week pain (p = 0.015). CFA suggested a reasonable fit for a four original subscale. The author concludes that QLI-WV - as a specific and health related QOL instrument - can be considered reliable and valid as it confirmed their psychometric properties, related to the most important wound care aspects as the total QOL, health and psychological and spiritual issues
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Beatriz_Yamada_DO.pdf (2.33 Mbytes)
Data de Publicação
2009-06-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.