• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2017.tde-19052017-094323
Documento
Autor
Nome completo
Sâmia Gomes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Duarte, Yeda Aparecida de Oliveira (Presidente)
Calache, Ana Lucia Siqueira Costa
Paschoal, Sergio Marcio Pacheco
Santos, Jair Licio Ferreira
Título em português
Constipação intestinal em Pessoas Idosas: Prevalência, fatores associados e impacto na qualidade de vida. Estudo SABE -Saúde, Bem estar e Envelhecimento
Palavras-chave em português
Constipação
Envelhecimento
Idoso
Qualidade de vida
Resumo em português
Constipação é compreendida como um problema crônico relacionado a uma desordem multifuncional que afeta cerca de 20% da população mundial, sendo mais prevalente em mulheres e em idosos. Objetivos: Verificar a prevalência de constipação intestinal (CI) em idosos residentes no município de São Paulo, os fatores associados a essa condição e a relação dessa com sua qualidade de vida.Métodos: Trata-se de um estudo transversal que utilizou a base de dados do Estudo SABE (Saúde, Bem estar e Envelhecimento) do ano de 2010 com uma amostra probabilística de 1345 idosos ( 60 anos) de ambos os sexos, residentes no município de São Paulo. A regressão logística foi utilizada para identificar os fatores associados à CI. A análise da qualidade de vida se deu através de diferenças de médias das variáveis verificando seu impacto quando relacionada a CI. Scores acima da mediana, foram considerados como uma melhor QV. Resultados e Conclusão: Prevalência de CI em pessoas idosas é de 15,24%. Os fatores associados encontrados foram dor articular, osteoporose, uso de laxantes e opióides e, em mulheres, antidepressivos e diuréticos. Ingestão de embutidos e baixa consumo de líquidos (inferior a 3 copos por dia) também se mostraram risco para CI. Na análise da qualidade de vida, observou-se uma menor QVRS na avaliação do componente físico (CF) para os idosos constipados. Para ambos os sexos a média observada foi de 47,6 sendo nos homens, a média para CI 45,5 e nas mulheres, 43,7. A idade para o CF da QVRS, apresenta maior destaque, observando-se uma piora na QV do CF para os idosos constipados ao longo dos anos (45,2 e 38,2).
Título em inglês
Constipation in Elderly: Prevalence, associated factors, and impact on quality of life. SABE Study. Health, Well being and Ageing
Palavras-chave em inglês
Aging
Constipation
Elderly
Quality of life
Resumo em inglês
Introduction: Constipation is understood as a chronic problem related to a multi-functional disorder that affects about 20% of the world population, being more prevalent in women and in the elderly. Objective: Check the prevalence of constipation in elderly people living in São Paulo, the factors associated with this condition and the relationship of this with their quality of life. Methods: This is a cross-sectional study using the SABE Study database (Health, Wellbeing and Aging) of 2010 with a probabilistic sample of 1345 elderly ( 60 years) living in São Paulo city, both male and female. Logistic regression was used to identify factors associated with IC. The analysis of quality of life was through differences in mean variables checking its impact when related to IC. Scores above the median were considered as a better QOL. Results and Conclusion: IC prevalence in older people is 15.24%. The associated factors were joint pain, osteoporosis, use of laxatives and opioids, and in women, antidepressants and diuretics. Ingestion of embedded and low fluid intake (less than 3 cups per day) also showed risk for IC. In the analysis of quality of life, we observed a lower the HRQoL in evaluating the physical component (CF) for constipated elderly. For both sexes the observed average was 47.6. In men, the average for IC were 45.5 and women 43.7. The age for CF related to HRQoL, is more prominent, observing result in a diminished QOL for the elderly constipated over the years (45.2 and 38.2).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.