• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.7.2013.tde-22082014-152926
Documento
Autor
Nome completo
Aline Talita dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Talarico, Juliana Nery de Souza (Presidente)
Nitrini, Ricardo
Suchecki, Deborah
Título em português
Influência da resposta aguda de estresse no desempenho da memória de idosos saudáveis
Palavras-chave em português
cortisol
eixo hipotálamo-pituitária-adrenal
enfermagem
envelhecimento
estresse
memória
Resumo em português
Vários estudos têm sugerido que o estresse pode ser um dos fatores relacionados com à grande variabilidade cognitiva observada em idosos. Esta associação se explica porque o cortisol, principal classe de hormônios do estresse em humanos, apresenta alta afinidade por receptores específicos localizados no hipocampo, amígdala e região pré-frontal, estruturas associadas ao aprendizado e à memória. Concentrações cronicamente elevadas de cortisol estão associadas à atrofia hipocampal e baixo desempenho cognitivo. Entretanto, o efeito do estresse agudo no desempenho da memória ainda se encontra inconclusivo em idosos. Isto é particularmente relevante, uma vez que, idosos com comprometimento cognitivo patológico apresentam concentração elevada de cortisol, que por sua vez, está associada com rápida progressão da doença. Assim, o objetivo do estudo foi analisar a relação entre desempenho da memória e resposta neuroendócrina e cardiovascular de estresse em idosos saudáveis. Foram selecionados aleatoriamente 100 idosos alfabetizados, predominantemente do sexo feminino, sem prejuízo cognitivo e funcional, moradores da cidade de São Paulo. A resposta neuroendócrina de estresse foi avaliada a partir concentração de cortisol salivar enquanto que a reação cardiovascular a partir da pressão arterial e frequência cardíaca antes, durante e após a exposição do participante a um estressor psicossocial agudo (Trier Social Stress Test TSST). O TSST envolve duas tarefas: falar em público e realizar cálculos aritméticos mentalmente diante de uma banca examinadora. O desempenho da memória foi avaliado mediante aplicação do teste Pares de Palavras (PP) 20 minutos antes do TSST para evocação imediata e aprendizado e 15 minutos após o fim do TSST para evocação tardia. Foi observado aumento de 96% na concentração de cortisol 15 minutos após o TSST, bem como elevação da pressão arterial em relação à situação basal. Ademais, observamos redução significativa do escore do teste PP após o TSST e correlação negativa entre concentração de cortisol, evocação imediata e tardia dos PP. Os resultados revelam influência do estresse agudo no desempenho da memória, particularmente da evocação tardia, de idosos, destacando a vulnerabilidade destes indivíduos aos efeitos neurotóxicos do cortisol na memória e, consequentemente ao desenvolvimento de transtornos cognitivos.
Título em inglês
Influence of acute stress response on memory performance of healthy elderly.
Palavras-chave em inglês
aging
cortisol
hypothalamic-pituitary-adrenal
memory
nursing
stress
Resumo em inglês
Several studies have suggested that stress may be a factor related to cognitive variability observed in the elderly. This association exists because cortisol, the main class of stress hormones in humans, has a high affinity to specific receptors located in the hippocampus, amygdala and prefrontal regions, structures associated with learning and memory. Chronically elevated cortisol concentrations are associated with hippocampal atrophy and low cognitive performance. However, the effect of acute stress on memory performance is still inconclusive in the elderly. This is particularly relevant, since elderly patients with pathological cognitive impairment present high cortisol level, which in turn is associated with rapid disease progression. The objective of the study was to analyze the relationship between memory performance and neuroendocrine as well as cardiovascular response stress in healthy elderly. One hundred elderly randomly selected, literate, predominantly female, with no cognitive impairment and functional, residents of the city of São Paulo were included. The neuroendocrine response to stress was evaluated using salivary cortisol while the cardiovascular reactivity was assessed through blood pressure and heart rate measured before, during and after exposure to a participant's acute psychosocial stressor ("Trier Social Stress Test" - TSST). The TSST involves two tasks: public speaking and performing mental arithmetic in front of an examining board. The memory performance was evaluated by the Pairs of Words test (PW) 20 minutes before the TSST for immediate recall and learning and 15 minutes after the end of TSST for delayed recall. It was observed an increase of 96% in the cortisol concentration 15 minutes after the TSST, as well as increased blood pressure compared to baseline. Furthermore, we observed significant reduction in the PP score after TSST and negative correlation between cortisol concentration, immediate and delayed recall of PP. The results revealed influence of acute stress on memory performance, particularly to delayed recall, of older adults, highlighting the vulnerability of older adults to the neurotoxic effects of cortisol on memory and, therefore, to the development of cognitive disorders.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.