• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Anselmo Amaro dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Püschel, Vilanice Alves de Araujo (Presidente)
Becerril, Lucila Cárdenas
Carbogim, Fábio da Costa
Domenico, Edvane Birelo Lopes de
Mendes, Eva Cristina de Carvalho Souza
Título em português
Intervenção Educativa Piloto para o ensino do Pensamento Crítico por docentes de Enfermagem
Palavras-chave em português
Docente
Enfermagem
Intervenção
Pensamento Crítico
Resumo em português
Introdução: Introdução: O investimento desta pesquisa consistiu em colocar em evidência a implementação e avaliação de uma intervenção educativa piloto para docentes de Enfermagem do estágio curricular supervisionado de uma Instituição de Ensino Superior privada para o ensino de habilidades de Pensamento Crítico (PC). Objetivo geral: Criar, implementar e avaliar a aceitabilidade e a viabilidade de uma intervenção educativa piloto para o ensino de Pensamento crítico no estágio curricular supervisionado. Método: Intervenção Educativa piloto com delineamento quase-experimental, desenvolvida em quatro fases. Na primeira fase foi feita uma entrevista semi-estruturada para obtenção e apreensão do conceito de pensamento crítico em um contexto individual de docentes. Na segunda fase, por meio de uma aula expositiva dialogada, foi apresentado o conceito de pensamento crítico e as habilidades de PC. Após, foi feito uma reunião com grupo focal, para discussão do conceito de PC e identificação de situações do estágio curricular que permitiriam trabalhar as habilidades de pensamento crítico. Na sequência, e com divisão em subgrupos, foram organizadas as atividades de ensino e de aprendizagem das habilidades de pensamento crítico sob mediação da Atividade Orientadora de Ensino (AOE). Na terceira fase, os docentes responderam, após intervenção educativa, um questionário que apresenta os indicadores de aceitabilidade e viabilidade da intervenção. Na quarta fase, três meses após a intervenção, os docentes entrevistados responderam novamente a um questionário para apresentarem o conceito apreendido de pensamento crítico e suas habilidades, o significado de cada habilidade e como ensinavam naquele momento as habilidades de PC no estágio curricular. Resultados: o conceito apresentado individualmente se referia apenas à reflexão e era tendencioso aos aspectos clínicos. Coletivamente, os docentes apresentaram o conceito com elementos que permitem compreender o pensamento crítico baseado em processo mental sistematizado, organizado e com capacidade de julgamento. Individualmente citaram que ensinavam pensamento crítico apenas por estudos de casos clínicos, diagnóstico situacional e planejamento estratégico. Coletivamente, citaram elementos que incorporavam as habilidades de pensamento crítico por meio de discussões grupais, questionamentos, priorizando situações que se assemelhavam às habilidades de pensamento crítico. Por meio da AOE, os docentes organizaram as atividades identificando as necessidades, motivos, ações e operações para conduzir os estudantes na melhor forma de aprender cada habilidade. As falas evidenciaram que a implementação da intervenção foi adequada e conveniente. Os recursos materiais, o tempo e, o ambiente foram apontados como satisfatórios para a realização das atividades. Conclusão: PC envolve processo mental e é permeado por postura reflexiva, maturidade emocional, conhecimento teórico e capacidade de argumentação. A intervenção educativa piloto foi importante para organização das atividades de ensino e de aprendizagem, sendo bem avaliada pelos docentes quanto à aceitabilidade e viabilidade. Recomendamos que os resultados da pesquisa sejam propulsores para que novos pesquisadores em Enfermagem desenvolvam estudos de intervenção educativa sobre PC, baseados em metodologias ativas para o avanço das práticas pedagógicas no ensino de Enfermagem.
Título em inglês
Pilot educational intervention for the teaching of Critical Thinking by Nursing Teachers
Palavras-chave em inglês
Critical Thinking
Intervention
Nursing
Teacher
Resumo em inglês
Introduction: The investment of this research consisted in highlighting the implementation and evaluation of a pilot educational intervention for Nursing teachers of the supervised curricular internship of a Private Higher Education Institution for the teaching of Critical Thinking (CT) skills. General objective: To create, implement and evaluate the acceptability and feasibility of a pilot educational intervention for the teaching of Critical Thinking in the supervised curricular stage. Method: Pilot Educational intervention with quasi-experimental design, developed in four phases. In the first phase a semi-structured interview was made to obtain and apprehend the concept of critical thinking in an individual context of teachers. In the second phase, through an expository dialogues class, the concept of critical thinking and CT skills was presented. Afterwards, a focus group meeting was held to discuss the concept of CT and identify situations in the curricular internship that would allow us to work on critical thinking skills. Subsequently, with subgrouping, teaching and learning activities of critical thinking skills were organized under the mediation of the Teaching Activity Guidance (TAG). In the third phase, the teachers answered, after an educational intervention, a questionnaire that presents the indicators of acceptability and viability of the intervention. In the fourth phase, three months after the intervention, the interviewed teachers answered a questionnaire again to present the apprehended concept of critical thinking and its abilities, the meaning of each skill and how they taught at that moment the CT skills at the curricular stage. Results: the concept individually presented referred only to reflection and was tendentious to clinical aspects. Collectively, the teachers presented the concept with elements that allow us to understand critical thinking based on systematized, organized, and judgmental mental process. They individually cited that they taught critical thinking only through clinical case studies, situational diagnosis, and strategic planning. Collectively, they cited elements that incorporated critical thinking skills through group discussions, questionings, prioritizing situations that resembled critical thinking skills. Through the TAG, teachers organized activities identifying needs, motives, actions, and operations to guide students in the best way to learn each skill. The speeches showed that the implementation of the intervention was adequate and convenient. The material resources, the time and the environment were indicated as satisfactory for the accomplishment of the activities. Conclusion: CT involves mental process and is permeated by reflexive posture, emotional maturity, theoretical knowledge and argumentative ability. The pilot educational intervention was important for the organization of teaching and learning activities, being well evaluated by teachers as to acceptability and viability. We recommend that the results of this research be propulsive so that new researchers in Nursing develop studies of educational intervention on CT, based on active methodologies for the advancement of pedagogical practices in Nursing teaching.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Anselmo_Santos.pdf (2.60 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.