• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.7.2016.tde-31082016-160123
Documento
Autor
Nome completo
Débora Cristina Silva Popov
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Peniche, Aparecida de Cassia Giani (Presidente)
Baroni, Rubia Aparecida Lacerda
Coutinho, Raquel Machado Cavalca
Mattia, Ana Lucia De
Tronchin, Daisy Maria Rizatto
Título em português
Indicadores para avaliação do cuidado de enfermagem com o paciente na sala de recuperação pós-anestésica 
Palavras-chave em português
Indicadores de qualidade em assistência a saúde. Enfermagem em pós-anestésico. Período de recuperação da anestesia. Avaliação de serviços de saúde.
Resumo em português
Introdução: O cuidado com o paciente na sala de recuperação pós-anestésica com qualidade é uma preocupação dos profissionais envolvidos no pós-operatório imediato. Para garantir um cuidado de qualidade, devem ser desenvolvidas ferramentas que auxiliem na avaliação e possibilitem melhorias na assistência, além de satisfazerem o paciente com o cuidado prestado. Objetivo: Desenvolver instrumentos para avaliar a qualidade de serviços de saúde no período pós-operatório imediato; elaborar indicadores para avaliar as práticas assistenciais em unidade ou sala de recuperação pós-anestésica relacionadas ao monitoramento e à prevenção da dor e hipotermia; e proceder à validação de conteúdo dos indicadores. Métodos: Estudo quantitativo, longitudinal, de validação de indicadores com uso do método Delphi. Inicialmente, selecionaram-se as práticas a serem mensuradas relacionadas à dor e à hipotermia. Foi realizada a fundamentação teórica, sendo construídos os indicadores, e elaborados os Manuais Operacionais para a validação de cada indicador. Um grupo composto por seis juízes foi selecionado para o processo de avalição e validação dos indicadores, que, por sua vez, foram elaborados de acordo com o referencial de Donabedian, constituindo indicadores de estrutura, processo ou resultado. Resultados: Após duas rodadas de avaliação e validação, todos os indicadores foram validados com o mínimo de 83,3% de consenso estabelecido estatisticamente como significativo entre os juízes. Foram propostos e validados dez indicadores, sendo um indicador de avaliação da estrutura relacionado à dor e à hipotermia (Porcentual de Profissionais Enfermeiros Exclusivos e Qualificados na Sala de Recuperação Pós-Anestésica), quatro indicadores de processo (Número de Prescrições de Analgesia ao Paciente ao Chegar na Sala de Recuperação Pós-Anestésica; Número de Administrações de Analgésicos Iniciadas na Sala de Recuperação Pós-Anestésica Após Queixa de Dor; Porcentual de Registro da Avaliação da Dor do Paciente ao Chegar na Sala de Recuperação Pós-Anestésica; Número de Prontuários com Registro das Intervenções de Enfermagem Após o Relato de Dor na Sala de Recuperação Pós-Anestésica) e um indicador de resultado de avaliação da dor (Número de Pacientes sem Dor/ou com Dor Mínima no Momento da Alta da Sala de Recuperação Pós-Anestésica); dois indicadores de avaliação da estrutura relacionados à hipotermia (Número de Equipamentos para Avaliação da Hipotermia na Sala de Recuperação Pós-Anestésica; Número de Equipamentos para Tratamento da Hipotermia na Sala de Recuperação Pós-Anestésica), um indicador de processo (Número de Pacientes com Registro da Intervenção Realizada em Caso de Hipotermia na Sala de Recuperação Pós-Anestésica) e, finalmente, um indicador de resultado relacionado à avaliação da hipotermia (Número de Pacientes Hipotérmicos no Momento da Alta da Sala de Recuperação Pós-Anestésica). Conclusão: Os componentes dos Manuais Operacionais dos indicadores e seus atributos foram julgados, e as sugestões dos juízes, incorporadas, sendo que todos os indicadores atingiram o nível de consenso entre os seis juízes. A elaboração de indicadores específicos na Sala de Recuperação Pós-Anestésica é um desafio, porém, como foi aqui demonstrado, é possível trabalhar com tal ferramenta também nesse setor.
Título em inglês
Indicators for the evaluation of the nursing care with the patient in the post-anesthetic recovery room.
Palavras-chave em inglês
health care. Postanesthesia nursing. Anesthesia recovery period. Health services evaluation.
Quality indicators
Resumo em inglês
Background: The care with quality for the patient in the post-anesthetic recovery room is a concern of professionals involved in the immediate postoperative period. To ensure a care with quality, tools should be developed to assist in the evaluation and enable improvements in the assistance, as well as to satisfy the patient with the care provided. Objective: To develop tools to evaluate the quality of health services in the immediate postoperative period; to develop indicators to evaluate the care practices related to monitoring and prevention of pain and hypothermia in the post-anesthetic care unit/room; and to validate the content of the indicators. Methods: This is a quantitative, longitudinal study for the validation of indicators, using the Delphi method. Initially, we selected the practices related to pain and hypothermia to be measured. With a theoretical background, the indicators were built, and the Operational Manuals were developed the for the validation of each indicator. A group composed of six judges was selected for the evaluation and validation process. These indicators were drawn up according to Donabedian's theory, and they were classified as structure, process or outcome indicators. Results: After two rounds of evaluation and validation, all indicators were validated with a minimum of 83.3% consensus, which was statistically established as significant among judges. Ten indicators were proposed and validated; one indicator was for assessing the structure and it was related to pain and hypothermia (Percent of Exclusive and Qualified Nurses on the Post-Anesthetic Care Unit), four indicators were process indicators (Number of Analgesia Prescriptions for the Patient that Gets in the Post-Anesthesia Recovery Room; Number of Analgesics Administrations Started in the Post-Anesthesia Recovery Room After Complaining of Pain; Pain Assessment Registration Percentage of the Patient that Gets in the Post-Anesthesia Recovery Room; Number of Medical Charts with Registration of Nursing Interventions After the Pain Reporting in the Post-Anesthesia Recovery Room), one indicator was classified as an outcome indicator (Number of Patients Without Pain/or Minimum Pain When Discharged of the Post-Anesthesia Recovery Room); two indicators of structure evaluation were related to hypothermia (Number of Equipment for Hypothermia Evaluation of the Post-Anesthesia Recovery Room; Number of Equipment for Treatment of Hypothermia in the Post-Anesthesia Recovery Room), one indicator was labeled as a process indicator (Number of Patients with Intervention Registration Carried Out in Case of Hypothermia in the Post-Anesthetic Recovery Room) and, finally, a result indicator was related to the evaluation of hypothermia (Number of Patients with Hypothermia When Discharged of the Post-Anesthesia Recovery Room). Conclusion: The Operational Manuals components for the indicators and their attributes were judged, and the judges suggestions were incorporated. All the indicators have reached the level of consensus among the six judges. The development of specific indicators in the post-anesthesia recovery room is a challenge, however, as we have demonstrated, it is possible to work with this tool also in this sector.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DEBORA_POPOV.pdf (3.44 Mbytes)
Data de Publicação
2016-11-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.