• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
10.11606/D.7.2011.tde-10052011-150138
Documento
Autor
Nombre completo
Emiliane Silva Santiago
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
São Paulo, 2011
Director
Tribunal
Oguisso, Taka (Presidente)
Campos, Paulo Fernando de Souza
Mira, Vera Lucia
Título en portugués
Tradição e modernidade: desanexação da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP)
Palabras clave en portugués
Autonomia.
História da Enfermagem
História das Instituições
História das Mulheres
Resumen en portugués
O presente estudo teve o objetivo de analisar o processo histórico da desanexação da Escola de Enfermagem de São Paulo - EEUSP - da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FMUSP. Para tanto, pretendeu-se apontar alguns antecedentes assim como descrever sumariamente a conjuntura da enfermagem no país e a fundação dessa Escola. Este estudo qualitativo descritivo tem como interesse a garantia da memória da profissão de enfermagem e da EEUSP, incentivando a concretização da identidade desta profissão, através da análise de diversas fontes encontradas sobre o processo de desanexação da EEUSP. Entre essas, o Boletim do SESP, imagens fotográficas, cartas de Miss Tennant e Sr. Sopper da Fundação Rockefeller, edições da Revista Médico-Social, documentos e relatórios da fundação Rockefeller sobre a criação da Escola de Enfermagem de São Paulo, as Atas do Conselho Técnico e Administrativo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e da Congregação da mesma instituição, assim como também as Atas da Associação Brasileira de Enfermagem, Seção de São Paulo (ABEn - SP), Conselho Técnico Acadêmico da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP) e no arquivo da Reitoria, as ATAS do Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (CO-USP). A análise dos diversos documentos encontrados possibilitou realizar um breve apanhado histórico da fundação da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo até sua desanexação. Para tanto, foi necessário ampliar o olhar e conhecer um pouco das instituições e personagens que estão diretamente ligadas a essa história, como a própria Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, alguns de seus diretores e a própria Escola de Enfermagem da USP e suas primeiras diretoras. Com amplo apoio da elite intelectual, política e econômica paulista, a Universidade de São Paulo foi criada pelo Decreto nº 6233, de 25 de janeiro de 1934 e congregou as outras faculdades que já existiam. A Escola de Enfermagem deveria ser criada como universitária conectada a Faculdade de Medicina, ao Instituto de Higiene a ao Hospital das Clínicas, a intenção da construção de importante centro de excelência em saúde, sempre integrado: a Faculdade de Medicina, o Instituto de Higiene e a futura Escola de Enfermagem. O planejamento do mais importante complexo de saúde da América Latina firmava o claro princípio da integralidade. Com a recomendação do Presidente Juscelino Kubitscheck de que as obstetrizes sejam formadas nas escolas de enfermagem num regime de uma fase de ensino comum e outra diversificada e em virtude da USP manter uma conceituada escola de enfermagem, com toda a estrutura necessária para a formação dos dois profissionais e as contribuições de Maria Rosa Sousa Pinheiro foi determinante para concretização do processo de desanexação.
Título en inglés
Tradition and Modernity: detaching the School of Nursing from the University of São Paulo (EEUSP)
Palabras clave en inglés
history of institutions
History of Nursing
History of Women
USP History
Resumen en inglés
This study aimed at analyzing the historical process of the School of Nursings detachment from the University of São Paulo (USP), Medical School (FMUSP) to which it was annexed when created. To this end, a study was done in order to point out some background on nursing status at the time of the foundation of the Nursing School (EEUSP). This is a qualitative, historical and descriptive study. It intends to preserve the memory of the nursing profession and of the School, and to encourage the finding of the professions identity profession, through the analysis of several sources found within the process of detaching the School of Nursing. Among the documentation found, the "Bulletin of the SESP (Public Health Special Service)", photographs, letters from Miss Tennant and Mr. Soper, (representatives of the Rockefeller Foundation), old editions of the Medical-Social journal, reports from the Rockefeller Foundation related to the establishment of the Nursing School of Sao Paulo, Minutes of the FMUSP Technical and Administrative Committee and of the Congregation (its highest body), as well as the minutes of the Brazilian Nursing Association, São Paulo Section (ABEn - SP), of the Nursing School itself found in the file of the Rectory, and the minutes of the University Council, the highest body at the University of São Paulo (USP-CO). Analysis of several documents found facilitated the understanding related to the founding of this School of Nursing, University of São Paulo until its detachment from the Medical School. For this purpose, it was necessary to broaden perspectives and learn a little more about these institutions and their characters directly related to this history, some of their principals and first deans. The University of São Paulo was established by Decree no. 6233, on 25th January 1934, and gathered other colleges that already existed. The School of Nursing was planned to be created within this University, annexed to the Medical School, as Nursing did not have much autonomy at that time. The Medical School needed a hospital for practice of medical students. Therefore a hospital was also founded in the 40s and it became nowadays the largest health complex in Latin America, with thousands of beds and all medical and health specialties, a real excellence center. The principle of comprehensiveness. At the recommendation of President Juscelino Kubitschek that midwives are trained in nursing schools in a system of one phase of education policy and other diverse and because of the USP to maintain a reputable nursing school, with the entire infrastructure necessary for the formation of two professionals and the contributions of Maria Rosa Sousa Pinheiro was crucial to completing the process of detaching.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2011-05-12
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.